terça-feira, 24 de junho de 2014

Após dois votos contrários, ministra pede vistas e 'salva' Betinho Rosado

O processo que pede a perda de mandato do deputado federal Betinho Rosado (PP) por ele ter trocado o Democratas pelo seu atual partido, entrou na pauta de julgamentos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite desta terça-feira, em Brasília. Ele chegou a receber dois votos contrários, mas acabou "salvo" pela ministra Luciana Lóssio, que pediu vistas do processo, apesar dele estar na corte há quase um ano.

A atitude da ministra do TSE evitou uma virtual cassação de Betinho, que já havia sido derrotado no próprio tribunal em vez anterior, quando tentou a desfiliação "por justa causa" e não conseguiu. Em Brasília, nos meios jurídicos, o processo é dado como "direito ruim", ou seja, dificilmente Betinho conseguirá reverter.

Mas, agora é aguardar. No meio judiciário de tudo pode acontecer. Betinho, assim, ganha sobrevida. E pode ser beneficiado pelo pedido de vista já que, não perdendo o mandato e muito menos os direitos políticos, poderá fazer campanha normalmente. Se a cassação realmente vier depois da campanha, eleito ou não ele já não precisará mais da decisão.


Nenhum comentário: