domingo, 26 de janeiro de 2014

Sandra e Larissa pressionam Wilma para conversar sobre aliança proporcional

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) passará a dar prioridade também a coligações proporcionais, em reunião nesta segunda-feira (27), às 17h, em Natal. Detalhes do encontro foram acertados entre a presidente estadual do PSB, Wilma de Faria, a deputada federal Sandra Rosado (PSB) e a deputada estadual Larissa Rosado (PSB), em Tibau, hoje (26). As parlamentares estão de olho nas alianças por conta do enfraquecimento da legenda na busca pela renovação dos seus mandatos.

O problema é que o PSB aparece forte para a aliança proporcional, mas está prejudicado na proporcional. Hoje, por exemplo, não teria potencial para renovar o mandato de Sandra em Brasília. A não ser que Wilma fosse candidata a deputado federal, o que parece cada vez mais difícil, já que ela toma gosto pela disputa ao Governo.

 A reunião contará com todos os deputados estaduais do PSB no RN, entre outras lideranças, e norteará estratégia do partido à eleição para Assembleia Legislativa. “Queremos fortalecer ainda mais nossa bancada no Parlamento e, para isso, precisamos dar atenção também, nesse momento, à formação da coligação proporcional”, diz a deputada Larissa.

Segundo a parlamentar, o PSB vem avançando no diálogo para a chapa majoritária, com o nome de Wilma de Faria bem lembrado para Governo do Estado e Senado. “Porém, precisamos também evoluir nas conversas com partidos para a chapa proporcional, e não só para a Assembleia Legislativa, mas para a Câmara dos Deputados”, frisa a deputada.

Afinidades
Larissa, com Sandra Rosado, foi anfitriã de Wilma de Faria em almoço neste domingo, que reuniu em Tibau prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e outras lideranças políticas de vários municípios. Entre os presentes, a vereadora Izabel Montenegro, presidente em Mossoró do PMDB, com quem o PSB continua avançando para aliança em 2014.

Em entrevista à TV Mossoró, Wilma de Faria destacou avanço de conversas com o PMDB, e revelou disposição pessoal de concorrer ao Senado. “Mas, não é projeto individual nem existe nada decidido. O diálogo está avançando, com o PMDB e outros partidos, e esperamos que até o final de abril tenhamos definições”, disse a vice-prefeita de Natal.


Nenhum comentário: