segunda-feira, 29 de abril de 2013

Rosalba publica edital da Roberto Freire nesta terça-feira (30)

A governadora Rosalba Ciarlini e a secretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, receberam a imprensa na tarde desta segunda-feira (29), na Governadoria, para uma coletiva sobre as obras de mobilidade urbana da avenida Engenheiro Roberto Freire. Um dos principais corredores turísticos do estado terá o edital publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (30) e a abertura do certame licitatório será no dia 21 de junho deste ano na Secretaria de Estado da Infraestrutura. O valor da obra é superior a R$ 200 milhões.

A obra tem o objetivo de eliminar os pontos de congestionamento da via por onde trafegam cerca de 110 mil veículos por dia. A previsão é que o prazo para finalização do processo licitatório ocorra entre 60 e 90 dias. A reestruturação dos 4 km da avenida está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC) e será realizada através do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), o que na prática significa o encurtamento do prazo licitatório e redução dos custos dos projetos. 

Segundo informou a governadora Rosalba Ciarlini, os recursos para as obras já estão garantidos e as intervenções serão realizadas em etapas para não impactar o grande fluxo de veículos do corredor. “Antes de começarmos as obras vamos fazer todos os desvios de tráfego em 30 ruas, melhorando as vias paralelas para que a população tenha um menor transtorno com as intervenções. Isso dará maior segurança ao tráfego e melhores condições de mobilidade para Natal. O transtorno será passageiro, mas a obra será para sempre”, garantiu.

A titular da SIN adiantou quais são os objetivos da reestruturação da avenida Engenheiro Roberto Freire. “A intenção é que no futuro Natal fique melhor em termos de mobilidade dos seus corredores. Essa obra vai trazer benefícios, melhorando a segurança, qualidade de vida dos potiguares e dando maior fluidez ao trânsito”, disse Kátia Pinto.

A “nova” Roberto Freire sofrerá a intervenção já na descida do “Viaduto de Ponta Negra” e será finalizada antes da feirinha. A primeira Via Expressa de Natal terá 12 faixas de rolamento, sendo seis para cada sentido, corredor exclusivo de ônibus, ciclovia, três túneis cada um com três faixas de rolamento para cada sentido, bicicletário e redução de nove para apenas quatro semáforos.


Nenhum comentário: