segunda-feira, 29 de abril de 2013

Mineiro só conversa com PMDB depois de rompimento com Rosalba


O deputado estadual e pré-candidato a governador pelo PT, Fernando Mineiro, deixou claro hoje as condições da aliança com o PMDB para o pleito deste ano: o partido precisa romper com o Governo Rosalba Ciarlini. Permanecendo aliado e "principal sustentáculo político do Governo do DEM", usando suas palavras, o PT não alimenta esperanças quanto a uma parceria para 2014.

Mineiro falou hoje ao Jornal de Hoje, da capital, e dentre outras coisas lembrou que o compromisso com o PMDB em nível nacional não obriga o PT local a firmar a aliança. Até porque, garante, ela depende primeiro do distanciamento da legenda do atual governo.

"Não vou ficar alimentando especulação sobre isso. Se e quando o PMDB romper com o governo Rosalba, nós vamos discutir o programa que eles têm para o RN. O PMDB hoje é responsável pelo governo Rosalba e quer ser alternativa ao governo Rosalba? É corresponsável e ao mesmo tempo quer ser alternativa?”, indaga o petista, defendendo que o PMDB “apresente quais suas linhas de alternativa. Em qual programa, em qual projeto, em qual proposta o PMDB terá candidato? Terá candidato como situação? Ou como oposição ao governo Rosalba? Essa pergunta só o PMDB pode responder".

Veja a matéria na íntegra, NESTE LINK.




Nenhum comentário: