quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Crise na área de petróleo em Mossoró é gravíssima; demissões acontecem às milhares


A Petrobras segue desmontando suas obras na cidade e a perspectiva é extremamente negativa. Empresas grandes, que empregavam centenas de trabalhadores ou estão quebrando ou simplesmente estão indo embora. A maioria para o Rio de Janeiro, aonde a exploração petrolífera está de vento em popa. Tenho conversado com ex-trabalhadores de empresas e ouvido uma só versão: a atual presidente da Petrobras, Graça Foster, está por trás de tudo.

Ela teria a missão de moralizar a empresa, diante de supostos desmandos e denúncias de beneficiamento. Porém, suas ações têm sido vistas como radicais, como diminuir drasticamente os investimentos em novas obras, garantindo assim mais produção. A região de Mossoró foi afetada significativamente.

A Tenace,  por exemplo, quebrou após ter perdido contratos e não recebido obras realizadas. Novos critérios de pagamento por obra estariam inviabilizando as empresas. Só desta, nada menos do que 600 trabalhadores perderam seus empregos. Alguns retornaram ao mercado por outras empresas, mas tivera de sair de Mossoró. Muitos saíram da Tenace e tiveram de ir morar em Macau, Guamaré e Alto do Rodrigues.

Grandes
Grandes empresas do setor, mais sólidas, estão no caminho do “abandono”, deixando a cidade para ir ao litoral fluminense. A Skanska demitiu cerca de 900 funcionários que mantinha em várias obras na cidade. O desemprego tem provocado muitas dificuldades para a economia de Mossoró e região. São pessoas que vão ficar recebendo seguro-desemprego.

Êxodo
Um impacto forte na nossa economia é a saída dos trabalhadores do petróleo para outros centros. Mossoroenses natos estão fazendo o caminho de Macaé, Campos, Niterói e outras cidades do litoral fluminense, em busca de emprego. Técnicos especializados já estão sendo levados desde o ano passado e a tendência é de que muitos outros também sigam o mesmo caminho. O grande nó é que junto com eles vão seus salários, seu poder aquisitivo, portanto isso enfraquece deveras a nossa economia.

Reação
O grande problema que estamos vendo é que não há reação alguma nem da classe política, muito menos do Sindicato dos Petroleiros. Parece que está tudo numa boa, que ninguém está sendo demitido. O que há por trás dessa letargia, eu não sei, mas já já Mossoró vai sentir isso na pele. Justo agora que tínhamos tão boas perspectivas na cidade. Lamentável, sem sombra de dúvidas.


Zaca Louca está sozinha; e agora?


A Zaca Louca ficou sozinha. A possibilidade de identificação do seu IP deixou seus patrões umas araras porque isso pode levar a envolvê-los no assunto. Porém, o pedido de identificação junto à Justiça de Mossoró deve acontecer a qualquer momento. O assunto pode ter vários desdobramentos. Inclusive para outras pessoas, que não somente a própria Zaca Louca, tendo em vista que ela também contou com a ajuda de outros.

Explicando
Para quem pegou o barco agora, explico: foi identificado um número de telefone no Alto da Conceição que fazia a atualização do fake @karolinadetarso no Twitter. Este, foi criado em plena campanha eleitoral com o objetivo de atacar gente de bem, como a prefeita Cláudia Regina e a governadora Rosalba Ciarlini. Utilizou, inclusive, adjetivos sujos contra a maior autoridade do Estado. Afora o que fizeram com outras pessoas, especialmente militantes do Democratas. O caso promete render muito ainda. E a Zaca sozinha. Coitadinha dela.


Cláudia Regina assume amanhã presidência da Amorn

A prefeita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), assume amanhã a presidência da Associação dos Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte (AMORN), em solenidade a ser realizada no Hotel Thermas, em Mossoró, a partir das 11h. Cláudia Regina foi eleita presidente por unanimidade, em janeiro deste ano. A governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, confirmou presença na solenidade.

A associação tem importância estratégica para o desenvolvimento dos municípios da região Oeste do Estado. Em seu raio de atuação estão 49 municípios potiguares, respondendo por quase 1/3 da população do Rio Grande do Norte. Atualmente, 15 municípios estão associados à Amorn, mas após a escolha da prefeita para presidir a associação, diversos prefeitos demonstraram interesse de retomar a participação no grupo.

“Estamos cientes da responsabilidade e do desafio, mas queremos o apoio dos colegas prefeitos para contribuir com o desenvolvimento de toda a região. Buscando parcerias e mantendo uma discussão permanente sobre a solução de problemas graves nestes municípios poderemos reforçar o papel da região no desenvolvimento do Estado”, disse a prefeita.



             

Deputado Leonardo Nogueira cobra liberação do Nogueirão



O deputado Leonardo Nogueira (DEM) pediu a liberação de parte interditada do estádio Manoel Leonardo Nogueira, o Nogueirão. O parlamentar citou a lotação do espaço, no último domingo (24), durante o clássico “Potiba”, jogo entre o Baraúnas e o Potiguar, mas que poderia ter comportado mais torcedores.

“Cerca de 50% do estádio está interditado pelos bombeiros e pelo que presenciei não é possível que Mossoró continue com um estádio tão grande, erguido com tanto sacrifício, mas interditado em boa parte para seus torcedores”, disse o deputado, afirmando em seguida que foi bastante abordado por ambulantes e torcedores indagando sobre a reforma.

Com a reforma anunciada pelo governo, o Nogueirão receberá cerca de R$ 39 milhões para ampliação e melhoria das instalações. A atual capacidade de nove mil torcedores, passará para 17.500 segundo a secretaria de Infraestrutura.



                 

Glauber Rêgo entra com mandado de segurança contra decisão do CNJ

O advogado Glauber Rêgo entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do Conselho Nacional de Justiça que suspendeu a lista do Quinto Constitucional. Glauber havia sido eleito para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, vago com a saída de Caio Alencar.

O mandado de segurança foi protocolado no dia 26 de fevereiro e encaminhado ao ministro Celso de Mello, que será o relator do processo no STF.

Glauber Rêgo havia sido escolhido pela governadora Rosalba Ciarlini para ocupar uma das vagas da OAB no TJRN. Procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE, ele não quis comentar o processo, disse apenas que está esperando sua conclusão.


*Com informações da Tribuna do Norte



               

Nova Central de Regulação agilizará serviços de saúde



Foi inaugurado nesta quinta-feira (28/02) o novo Complexo Regulador da Secretaria Municipal de Saúde. A partir de agora, o serviço funcionará no Centro Administrativo da Cidadania no bairro Aeroporto (zona sul da cidade), dando mais conforto e agilidade ao processo de marcação de consultas, exames (média e alta complexidade) e cirurgias eletivas.

A Prefeita Cláudia Regina visitou o Complexo e aprovou as modificações realizadas pela Secretaria de Saúde. “Prometemos melhorar a Central de Regulação e entregar o novo serviço ainda em fevereiro e estamos cumprindo. Melhoramos as instalações e agora vamos lutar para ampliar o nosso teto de exames, diminuindo assim o tempo de espera. Para isso estamos montando uma força-tarefa”, falou a prefeita solicitando ao presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilberto Pedro que coloque essa pauta já na próxima reunião que acontecerá na próxima semana.

Vereadores que compõem a bancada governista também se prontificaram a participar das mobilizações e negociação com o Governo do Estado.

De acordo com a Secretária de Saúde Jacqueline Amaral, várias medidas estão sendo adotadas a fim de reduzir o tempo de espera para a realização de exames e cirurgias.

“Melhoramos não só a estrutura física, mas também nossos equipamentos. O Complexo Regulador não marca só exames como muita gente pensa. Ele é responsável por oferecer a melhor alternativa de serviço de saúde ao usuário, em tempo hábil e com menor deslocamento possível. No ano passado mais de 16 mil pessoas foram beneficiadas com o transporte social e diariamente mais de 100 pessoas recebem atendimento direto”, explicou Jacqueline.

Para atender a essa população, o Complexo dispõe de uma frota com 06 ambulâncias, 01 microônibus e 02 sprint.

Além de Mossoró, o Complexo de Regulação atenderá 64 Municípios da região Oeste, Alto Oeste com serviços de marcação de exames (raio-x, ultrassonografia, mamografia, etc) e consultas especializadas tais como cardiologia, dermatologia, psiquiatria, entre outros.


CONSULTAS MARCADAS ON-LINE OU POR TELEFONE

As novas instalações do Complexo Regulador da Secretaria de Saúde agilizará as marcações de exames e consultas especializadas. Para isso, foi montado uma central com videofonistas e operadores de informática para marcações por telefone e internet.

“A população saberá com antecedência o local, dia e hora de realização do seu procedimento. Mas o usuário não precisará se preocupar em fazer essa marcação direta na Central porque isso é responsabilidade da Unidade Básica de Saúde. Ele vai procurar o atendimento na sua unidade de referência e ela marca com a gente”, explicou a enfermeira Adriana Cunha, coordenadora do Complexo Regulador de Mossoró.


Ela acrescenta que o usuário só irá ao Complexo Regulador em casos específicos, como cirurgias e alguns exames que exigem autorização pela auditoria local pela junta médica de Mossoró.

Adriana esclarece que apesar de haver ‘estrangulamento’ em alguns procedimentos, em outros não há sequer fila de espera como é o caso de procedimentos como cateterismo, citilografia e colposcopia.

NÚMEROS
PRINCIPAIS EXAMES (Atendimento mensal 2013)
Ø Tomografia- 100 exames

Ø Ressonância magnética- 65 exames

Ø Colposcopia- 50 exames

Ø Cateterismo- 35 exames

Ø Citilografia- 30 exames

TRANSPORTE SOCIAL (Atendimento mensal 2013)
Ø 40 crianças transportadas para fisioterapia

Ø 42 adultos transportados para fisioterapia

Ø 90 pessoas transportada para hemodiálise

ATENDIMENTO EM 2012
Ø 14.200 pessoas viajaram para tratamento de saúde em Natal/RN

Ø 2.400 pessoas viajaram para tratamento de saúde em Fortaleza/CE

ATENDIMENTO DIRETO AO CIDADÃO
(84) 3315-4846

(84) 3316-3706



                  

Garibaldi Filho e Henrique Alves são absolvidos de acusação de improbidade



A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) julgou improcedente, à unanimidade dos votos, a condenação do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e do deputado federal Henrique Eduardo Alves em sentença proferida pelo Juízo da 3ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Natal, na Ação Civil de Improbidade Administrativa nº 001.014007-0.

O julgamento ocorreu nos autos da Apelação Cível nº 2011.011953-0, de relatoria do desembargador Dilermando Mota, contra decisão de primeira instância que julgou procedente pretensão do Ministério Público para condenar os réus à suspensão dos direitos políticos por três anos; ao pagamento de multa no valor de três vezes a remuneração percebida pelos demandados no ano de 2001; e à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefício ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

Segundo o acórdão, os apelantes argumentaram por meio de seu advogado que não houve dano ao erário, bem como a efemeridade da lesão aos princípios da Administração Pública, uma vez que a propaganda institucional na qual apareceram teria sido veiculada, no máximo, duas vezes. À época da veiculação, Garibaldi Alves era governador do Estado e Henrique Eduardo, secretário de Estado.

Alegaram também que a conduta foi cometida por erro, não tendo qualquer finalidade ímproba ou desonesta, não existindo assim a figura do dolo ou má-fé, não sendo portanto passível de punição, nos termos da Lei nº 8.429/92. Aduziram ainda que as sanções aplicadas são desproporcionais ao suposto injusto cometido, pedindo finalmente a improcedência da pretensão condenatória.

Já o Ministério Público ressaltou em suas contrarrazões haver a efetiva ocorrência de lesão ao patrimônio público pelos atos imputados aos réus, uma vez que teriam realizado promoção pessoal às custas de verbas estaduais, requerendo o enquadramento da conduta dos demandados no artigo 10 da Lei nº 8.429/92.

Voto
Em seu voto, o desembargador Dilermando Mota aponta que a questão de fundo dos recursos “reside em qualificar juridicamente a conduta dos réus de promoverem a veiculação de suas imagens em publicidade oficial do Estado do Rio Grande do Norte, na qualidade de Governador e Secretário Estadual”.

Expõe que o MP, por um lado, defende que a conduta caracteriza improbidade administrativa causadora de prejuízo ao erário, motivo pelo qual as sanções aplicadas aos réus deveriam ser majoradas – o Juízo de primeiro grau entendeu que os atos ofenderam os princípios da Administração Pública. Já os apelantes entendem que sua conduta não teve dolo e não causou dano.



            

Pedro e Aldo reúnem imprensa e apresentam propostas para o futuro da Uern


Os candidatos a reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim, respectivamente, apresentaram sua trajetória de trabalho na instituição e suas propostas para o futuro da Universidade a jornalistas nesta quinta-feira (28).

Os presentes receberam a Carta Proposta dos candidatos e ouviram um pouco de suas trajetórias. O candidato a vice-reitor Aldo Gondim, professor da instituição há 26 anos, citou algumas lutas das quais participou em defesa do crescimento da Uern, como a reconhecimento do curso de Educação Física e a implantação do bacharelado em Educação Física. “Tenho muito orgulho da minha trajetória na Uern e por ter contribuído para que hoje a instituição fosse primordial para a formação de milhares de pessoas no interior do Rio Grande do Norte”, afirmou.

O candidato a reitor, professor Pedro Fernandes, que está na instituição há 15 anos, destacou a importância da Uern para o Estado do Rio Grande do Norte e seu crescimento nos últimos anos, em especial, no que diz respeito à realização de pesquisa. Ele ainda falou sobre os desafios a serem enfrentados, ressaltando as qualidades da instituição. “Temos muita coisa boa nessa instituição. Ninguém mais, além da Uern, está presente em todas as mesorregiões do Rio Grande do Norte. Nenhuma outra instituição pública oferece cursos de graduação em várias áreas, como saúde e educação, no interior do Estado. Nenhuma outra oferta cursos de mestrado em todas as áreas nesta região. Nossos egressos são os melhores profissionais que estão no mercado. Tudo isso é fruto do trabalho que está sendo feito por professores, técnicos e estudantes. O que queremos é continuar essa história vitoriosa, trazendo mais avanços para a Uern”, afirmou.

A Carta Programa dos professores Pedro e Aldo, com propostas para o ensino, pesquisa e extensão, bem como gestão de pessoas e infraestrutura, está disponível no www.pedroealdo.com.br. Os candidatos já assumiram o compromisso de, caso eleitos, registrarem o documento no Conselho Universitário para pautar toda a gestão nas propostas apresentadas na campanha à sucessão da Universidade do Estado do RN.


           

Jornalista Paulo Araújo lança livro dia 7 em Natal



O jornalista Paulo Araújo lança na próxima quinta-feira, (7), a partir das 18h, no Solar Bela Vista, o livro “Como Se Fossem Letras”, uma coletânea de reportagens, entrevistas, perfis, ensaios e crônicas escritas e publicadas em diversos jornais, revistas e sites na última década.

Dividido em cinco capítulos, o livro traz um panorama, com explicações didáticas e exemplos práticos, das várias maneiras de fazer jornalismo sem a preocupação com o factual.

No capítulo de entrevistas, por exemplo, o leitor vai encontrar uma longa conversa travada entre Paulo e o escritor paraibano Ariano Suassuna no Recife. “Ariano falou de coisas inéditas nessa entrevista, tais como o tempo em que morou em Natal, os bastidores da construção literária da peça “O Auto da Compadecida” e o projeto para nunca morrer, diz Araújo.

Em 2008, Paulo Araújo fez parte da equipe de jornalistas brasileiros que criou o primeiro jornal de economia e finanças de Luanda. A experiência acabou resultando num longo panorama sobre a cultura africana, publicado em 2009 na revista da Livraria Cultura. No livro, além dessa reportagem, comparece um bem humorado “Dicionário Angolano” para entender o país africano que mais se parece com o Brasil e os causos de confusão linguística entre brasileiros, angolanos e portugueses.

No Rio Grande do Norte, o jornalista lançou o olhar sobre a região do Seridó, palco de uma das três maiores festas religiosas do Brasil, o desenvolvimento econômico e cultural da cidade de Mossoró e fez uma adaptação da história de Chapeuzinho Vermelho para o Rio Potengi, em Natal, escrita na época em que Araújo era aluno do curso de Estilos Jornalístico, do professor Vicente Serejo, autor do prefácio.



              

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Rosalba condenada por improbidade administrativa em Mossoró


A Justiça do Rio Grande do Norte acatou ação civil pública de improbidade administrativa do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e condenou a governadora Rosalba Ciarlini. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (27) e é relativa ao período no qual a governadora exercia a função de prefeita do município de Mossoró – entre 2001 e 2004.

Com a condenação, a governadora terá que pagar uma multa civil no valor de R$ 30 mil, assim como ressarcir o município de Mossoró com os custos referentes a confecção de placas publicitárias e também arcar com as custas processuais.

O objeto da ação – movida em 2002 pela 7ª Promotoria de Justiça de Mossoró, com atribuição em Patrimônio Público – foi a autopromoção realizada pela então prefeita em placas publicitárias de obras públicas do município.

“Nestas placas, constavam os nomes de Rosalba Ciarlini e ainda de vereadores que de alguma forma tivessem envolvimento com a obra ou com a comunidade onde a obra estivesse sendo realizada”, destacou o promotor Fábio de Weimar Thé, subscritor da ação.

A publicidade dos nomes, nas placas, caracteriza improbidade administrativa e fere o princípio constitucional da impessoalidade. A condenação foi determinada pelo juiz Airton Pinheiro.

* Fonte: Ministério Público/RN


Ricardo Motta propõe fim dos décimo quarto e décimo quinto salários na Assembleia Legislativa



O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ricardo Motta (PMN), aproveitou o debate em torno do fim do benefício dos décimo quarto e décimo quinto salários parlamentares federais, e já anunciou que vai propor a mesma coisa no Rio Grande do Norte. Os deputados potiguares também recebeu o valor de um salários — que hoje é de R$ 20 mil — no início e no final da legislatura, o que junta no mesmo mês três proventos.

A função dessa verba seria colaborar com os deputados especialmente no início e fim do mandato, quando eles precisam gastar com o deslocamento e mudança. A proposta de Ricardo Motta é a de manter o benefício apenas no início e no final da legislatura, assim como a Câmara dos Deputados fez a partir da decisão de ontem. Sem dúvida, um avanço, que a Assembleia precisava promover.

O assunto ainda vai tramitar na Casa mas, diante da repercussão positiva junto à opinião pública, deve ser colocada em votação dentro em breve.


Professores da rede municipal de Mossoró recebem salários nesta quinta-feira com reajuste de 7,97%


Os professores da rede municipal de ensino receberão os salários de fevereiro com reajuste de 7,97%. Com o aumento, o município atende ao previsto no Piso Nacional do Magistério, definido pelo Ministério da Educação (MEC). Os professores aposentados e pensionistas da previdência também são atendidos pelo aumento.

O reajuste foi aprovado pela Câmara Municipal de Mossoró (CMM), na sessão dessa terça-feira. O requerimento pedindo a apreciação do reajuste foi enviado pela prefeita Cláudia Regina (DEM) em regime de urgência especial. Na reunião com o Sindicato dos Servidores Públicos de Mossoró (SINDISERPUM) (foto), a prefeita já havia se comprometido em aplicar o reajuste.

Para a secretária municipal da Educação e Desporto, Iêda Chaves, a proposta atende ao que prevê o MEC e faz parte do projeto de valorização do servidor público, marca da gestão da prefeita Cláudia Regina.


Câmara dos Deputados põe fim aos décimo quarto e décimo quinto salários

IOLANDO LOURENÇO
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, por unanimidade, projeto de decreto legislativo que acaba com a chamada ajuda de custo para os parlamentares no início e no final de cada ano, conhecido como décimo quarto e décimo quinto salários dos deputados e senadores. Essa ajuda de custo é equivalente ao valor do subsídio de cada congressista.

Pelo projeto aprovado, o benefício continuará a ser pago apenas no primeiro e no último mês dos mandatos de deputados e senadores, como uma ajuda de custo destinada a compensar despesas com mudança e transporte. De autoria da senadora e hoje ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffman (PT-PR), o projeto já foi aprovado pelo Senado e, com a votação na Câmara, será promulgado pelas mesas diretoras das duas Casas.

Ao discursar no plenário, o deputado federal Newton Cardoso (PMDB-MG) disse que estava votando o projeto com medo da imprensa. Segundo ele é uma deslealdade com os deputados que precisam dessa ajuda, mesmo assim ele votou pelo fim do benefício.


Vereador Francisco Carlos propõe medidas em favor da segurança pública


O vereador, professor Francisco Carlos, proferiu pronunciamento no grande expediente da 3º Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Mossoró para tratar da questão da insegurança na cidade de Mossoró. O vereador lembrou que o tráfico e consumo de drogas que é um dos principais causadores da violência e da insegurança, e que esse problema requer a atuação combinada de todos os níveis governo, cada um com suas atribuições específicas, para combater a produção e distribuição de drogas e realizar ações de repressão, prevenção, tratamento e recuperação dos usuários.

Segundo o vereador, os governos municipais possuem uma ação limitada as atividades de prevenção, tratamento e recuperação dos usuários, podendo fazer muito pouco no combate a produção e distribuição ou na realização de ações repressivas ao tráfico. O professor Francisco Carlos parabenizou a administração municipal por iniciativas que contribuem para melhoria da segurança como a municipalização do trânsito, com realização de concurso, elaboração de Plano de Cargos da ategoria, a realização de concurso para Guarda Municipal e a implantação dos CAPS.

Lembrou, ainda, que a prefeita Claudia Regina, fez constar em sua Mensagem Anual, que seu governo dirigiria atenção especial à segurança pública. Por, isso, visando contribuir para o alcance dessas metas, o professor Francisco Carlos utilizou o plenário da Câmara para propor que Prefeitura realize estudo de viabilidade técnica e orçamentária para:

1) Realizar a ampliação da Guarda Municipal
2) Elaborar Plano de Cargos, Carreira e Salários da Guarda Municipal
3) Formalização de convênio com a Secretaria de Estado da Segurança Pública para que o efetivo possa prestar serviços à municipalidade
4) Reavaliação do sistema municipal de saúde mental, o que implica a revisão dos investimento, em especial da execução de um Plano Municipal, do investimento em formação de pessoal e da melhoria da infraestrutura, especialmente dotando a cidade de uma sede própria para o Hospital São Camilo de Lellis, da implantação de um setor especial para a tratamento de dependentes químicos e da formalização de convênios com instituições especializadas
5) Ampliar a atuação dos NOPS, que funcionam nas escolas municipais
6) Ampliar a participação do município no PROERD, importante programa de prevenção ao consumo de álcool e outras drogas realizado pela Polícia Militar.


Mossoró perde a alegria de Alacoque Moura



Mossoró teve uma terça-feira mais triste ontem, com o falecimento de Alacoque Moura, esposa do bancário aposentado Pedro Moura, um nome próximo da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e do ex-deputado Carlos Augusto Rosado. Alacoque era servidora da Prefeitura de Mossoró, carnavalesca das mais animadas da cidade, além de pessoa de um grande círculo pessoal. Eu, particularmente, gostava muito dela. Seu marco, sem dúvida alguma, era a alegria contagiante.

Alacoque foi vítima de infarto do coração e faleceu pouco após dar entrada no Hospital Wilson Rosado. Seu corpo começou a ser velado ontem à noite, em sua residência, no bairro Nova Betânia. Até o fechamento desta postagem, após a meia-noite, não conseguimos confirmar o local do sepultamento nem o horário. Traremos a informação ainda nesta quarta-feira. Minhas condolências a toda a família.


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

PMDB/DEM: nota oficial provoca alívio e desconfiança


A nota divulgada ontem por lideranças políticas de que não haverá neste momento qualquer rompimento envolvendo o PMDB com o Governo Rosalba provocou alívio em alguns e desconfiança em outros. Os rosalbistas entenderam que foi bom porque se o rompimento não veio agora, ficou claro que o PMDB ainda vê algum futuro na aliança.

Outros, mais céticos, entenderam que o PMDB estava apenas ganhando tempo para tentar conseguir mais espaços no Governo e depois, às vésperas da eleição, abandonar o barco. Se isso vai acontecer ou não, só o tempo dirá. Mas é fato que na Assembleia Legislativa o deputado estadual Nélter Queiroz não se fez de rogado e bateu fortemente em Rosalba, inclusive dizendo que o seu partido não a apoiará em 2014. Praticamente deu de ombros para o encontro de segunda-feira.

Como já escrevi aqui, repito: tudo passa pela avaliação do Governo Rosalba. Com a governadora bem, o PMDB revê o seu projeto. Com ela mal, será o primeiro a abandonar o barco. Aguardemos.


Zaca Louca não está mais doidinha como antes

A Zaca Louca passou o dia pedindo perdão pelas burradas que fez quando adotou o perfil @karolinadetarso em plena campanha eleitoral com o objetivo de atacar autoridades e eleitores da então candidata a prefeito Claúdia Regina (DEM). O “fake” criado pela Zaca foi tão longe, que criou até amizade com uma parente de um político importante de Mossoró com o objetivo de colher informações em plena campanha. E olha que a Zaca e o tal político votavam na mesma pessoa na disputa pela chapa majoritária. Trocando em miúdos, caro leitor, ele agia em favor do grupo que comandava a aliança, mas contra outro de seus membros.

Mas, o dia de hoje foi de muito chô-rô-rô. Ligou para um, ligou para outro, pediu paz e até insinuou que falassem comigo para que eu parasse de divulgar o fato. Ora, bolas. O bicho — ou a bicha — é tão sem vergonha na cara que não tem coragem sequer de me pedir perdão pessoalmente. Quer que eu pare de tratar do assunto, que as pessoas atingidas não entrem na Justiça nem questionem o que ele fez de ruindade com tanta gente. Mas não é esse o desejo das pessoas vitimadas.


Perfis
Com o perfil da @karolinadetarso e o seu próprio, a Zaca Louca ofendeu a governadora Rosalba Ciarlini por inúmeras vezes. Com o fake usou palavras de baixo calão. No episódio em que Rosalba trocou os cartazes de uma candidata pelo de Cláudia Regina, chamou-a de “nojenta”. E classificou o ato como “bandidagem”. Essas expressões foram vistas por vários seguidores do Twitter, gente que monitorava as redes sociais. E há “print” — foto da tela — do que foi escrito.

Envolvendo
O maior problema da Zaca Louca, a meu ver, está no fato de ter envolvido tanta gente na sua rede de fakes. Ele agrediu a governadora, a hoje prefeita, advogados, jornalistas, enfermeiras, dentistas e muitas outras pessoas. Não faltam vítimas. O problema maior é que ele acabou envolvendo outras pessoas que talvez por não entenderem a gravidade do fato, também incorreram em falsidade ideológica. E podem acabar respondendo por formação de quadrilha também, já que as investigações apontam para outros fakes. Os IPs que serão solicitados envolvem nada menos do que seis perfis.

Operandi
Interessante é que o modus operandi, ou modo de operar, dos fakeds capitaneados pela Zaca Louca é igualzinho ao comandado por um filhote de sanguessugas. Todos passam o dia inteiro no Twitter agredindo e difamando pessoas de bem. Incluindo rato borra-botas que não merece nem a letra maiúscula. Até onde isso vai, só a Justiça dirá. Aguardemos, pois, os desdobramentos.


Câmara vota fim do 14º e 15º salários nesta quarta-feira

Os líderes partidários da Câmara dos Deputados decidiram hoje (26) que a proposta de acabar com os chamados décimo quarto e décimo quinto salários parlamentares será votada amanhã (27) no plenário da Casa. O projeto de decreto legislativo já foi aprovado pelo Senado, mas espera votação pelos deputados desde setembro do ano passado.

“O Senado já tinha aprovado e a proposta recebeu parecer da comissão especial da Câmara em setembro passado. Todos os líderes assinaram o requerimento de urgência que será votado amanhã. Essa não é uma decisão do presidente, mas de todos os líderes para o bem da Casa, do Parlamento e do país”, disse o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Ele explicou que a proposta não acaba definitivamente com o benefício. Pela regra a ser votada, cada parlamentar terá direito a receber dois salários extras ao longo do mandato: um no início e outro no final da legislatura. Atualmente, o benefício, no valor de R$ 26,7 mil, é pago anualmente em fevereiro e dezembro.

“É uma vergonha nacional, indefensável e inexplicável”, frisou o líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP). “Temos que ter uma situação equânime com todo o cidadão brasileiro”, reforçou o líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Os líderes também decidiram hoje que na primeira semana de abril serão colocados em votação temas relacionados à reforma política, mesmo que não haja consenso. “O que desgasta a imagem da Casa é a omissão. Quero que a Câmara passe a votar. O que dita a Casa e a sua imagem é a indecisão e isso tem que acabar. Temos que colocar em pauta os projetos e quem tiver voto para ganhar, ganhe e quem não tiver que respeite o resultado”, ressaltou Henrique Alves.



           

MPRN apura má prestação de serviços no Centro de Diálise de Mossoró

Ausência de manutenção de equipamentos, falta de solução para filtragem do sangue, salários atrasados e máquinas quebradas. Essa seria a realidade enfrentada por pacientes do Centro de Diálise de Mossoró, que será alvo de investigação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 1ª Promotoria de Saúde da Comarca de Mossoró.

O Promotor de Justiça, Flávio Côrte, instaurou inquérito civil para averiguar as informações sobre a má prestação de serviço para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no tratamento de insuficiência renal no referido Centro de Diálise.

O quadro de irregularidades estaria obrigando pacientes a dividirem as máquinas, impondo, portanto, redução no período do tratamento de hemodiálise. “Tomamos ciência do caso por meio da imprensa e vamos apurar essas possíveis irregularidades”, apontou Flávio Côrte.

Para tanto, o representante do MP Estadual vai requisitar do Centro de Diálise esclarecimentos sobre os fatos apontados por jornal com circulação na cidade. Além disso, também vai solicitar ao Conselho Regional de Medicina (CRM), Conselho Regional de Enfermagem (Coren), Vigilância Sanitária e Auditoria do SUS que realizem inspeção no estabelecimento hospitalar e remetam à 1ª Promotoria de Saúde laudo conclusivo da fiscalização realizada.



               

Integrantes do MST interditam trechos da BR 304 e BR 406

Ninguém entra e ninguém sai, é essa a ordem do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) que estão bloqueando trechos na BR-406, em Ceará-Mirim, na Grande Natal e em Mossoró, na BR-304.

Representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Rio Grande do Norte (Incra/RN) se deslocaram até os pontos obstruídos onde tentam negociar a saída dos manifestantes e o desbloqueio das rodovias.


Na BR-304, o MST só permitia a passagem de veículos com pessoas enfermas, mas nem todos os casos poderão passar pela barreira.

O médico Diogo, de Mossoró, se dirigia a Fortaleza para participar da cirurgia de um de seus pacientes, mas não foi autorizado a seguir viagem. Ao ver o estado de saúde de alguns dos manifestantes, o médico propôs uma hora de atendimento médico em troca de sua passagem rumo ao Ceará.

O Padre Flávio Augusto, da Diocese de Mossoró, também se dirigia à Fortaleza para a realização de alguns exames, mas teve que voltar para casa ao ser impedido pelo MST.



            

Prefeitura e Sebrae firmam parceria



A Secretaria do Desenvolvimento Social e Juventude, em parceira com a Subsecretaria do Trabalho, Turismo, Indústria e Comércio e Sebrae vão realizar uma capacitação com comerciantes de Mossoró, denominada “Oficina Sebrae de Empreendedorismo”.

O evento será ministrado no período de 18 à 22 de março no Ginásio de Esportes Dr. Pedro Ciarlini. De acordo com a titular do Desenvolvimento Social e Juventude, Patrícia Leite, a oficina se destina aos comerciantes e pequenos empresários. “A nossa parceria visa principalmente capacitar os cidadãos que possuem o próprio negócio, com conhecimentos sobre empreendedorismo para que os mesmos possam expandir seus comércios e pequenos negócios”, disse a secretária.

Na manhã desta terça-feira, 26, profissionais do CRAS (Centro de Referência daAssistência Social) de cada bairro, estiveram no auditório do Centro Administrativo Prefeito Alcides Belo para apresentar aos funcionários do Sebrae a relação de cada comerciante e pequeno empresário das comunidades.

“Os nossos CRASs realizaram previamente um levantamento, em suas áreas de atuação, sobre o número de pessoas que ganham a vida com o próprio negócio. A partir desse perfil repassado ao Sebrae, será realizada uma visita e o convite será feito para que esses cidadãos possam participar da capacitação”, explicou Patrícia Leite.

Segundo a secretária, a capacitação acontecerá dentro do programa “Territórios da Cidadania” do Sebrae e privilegia as orientações da prefeita Cláudia Regina. “Tudo será desenvolvido levando em consideração os apontamentos da prefeita Cláudia Regina, que nesse caso específico, diz respeito a oportunizar ao mossoroense condições mais dignas de trabalho e possibilidades de crescimento econômico das famílias”, concluiu.


                

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Processo contra Laíre Rosado em Mato Grosso chega à fase das alegações finais


A sentença da Justiça Federal do Mato Grosso no processo que tem o ex-deputado federal Laíre Rosado como réu, intitulado de Máfia dos Sanguessugas, chegou à fase das alegações finais. Há a previsão de que a sentença saia ainda neste primeiro semestre.

O processo se arrasta desde 2006, mas depois de muitos recursos finalmente sairá a decisão da Justiça mato-grossense. Para os leigos em Direito, esclareço que as alegações finais, como o próprio nome já diz, é a apresentação dos últimos argumentos da defesa e da acusação. Portanto, a decisão do juiz responsável, Paulo Cézar Alves Sodré, da 7a Vara Federal de Cuiabá, é o próximo passo do processo.

Lembrando
Laíre Rosado é acusado de ter se locupletado de recursos de emendas parlamentares a partir da compra de ambulâncias superfaturadas no esquema que tinha como pivô a empresa Planam, sediada em Mato Grosso. Além de Laíre, outras dezenas de parlamentares e ex-parlamentares também foram acusados pelo Ministério Público. Afora esse processo, o ex-deputado também responde a pelo menos outros seis em Mossoró, por desdobramentos da tal máfia. Em nenhum deles o processo ainda está em fase de sentença.

Para consultar o processo em Mato Grosso, basta acessar www.jfmt.jus.br e procurar pelo nome do ex-deputado.


Saiba como 'fake' @karolinadetarso foi descoberta; Zaca Louca estava por trás

A descoberta da identidade do verdadeiro atualizador do “fake” @karolinadetarso se deu graças ao trabalho de investigação de duas pessoas que devem depor na Polícia Federal, caso sejam convocadas a desmascarar o salafrário que estava por trás de tudo.

Tudo começou por causa da sanha desse idiota de se aproximar de uma parente de um político local, para tentar colher informações sobre a campanha dele na campanha de 2012. Fazendo-se de amiga da vítima da tal Karolina construiu toda uma amizade, inclusive fornecendo número de telefone para contato direto com a pessoa.

O detalhe é que o fake era atualizado por um homem, que envolveu a namorada na patuscada contra a vítima. Quando a enganada ligava e o fake estava sozinho, não atendia. Mais tarde, ao lado da namorada, colocava-a para se fazer passar pela tal Karolina. A falsidade ideológica, portanto, foi praticada por duas pessoas e não apenas uma. Portanto, Zacarias tinha uma cúmplice nessa história que mais parece roteiro de filme de cinema. A “esperteza” da Zaca Louca, no entanto, acabou se revelando uma grande burrada. Nesses contatos, a vítima salvou o telefone.


Descoberta
E foi a partir deste telefone que a Zaca Louca foi descoberta. A partir do número fornecido pela vítima, amigos acionaram o serviço do Google que encontra uma pessoa pelo número do celular. Eis que o número fornecido estava pulsando em uma casa do Alto da Conceição, nas proximidades da Churrascaria Mossoró. Infelizmente, não posso dizer agora o endereço exato. Mas é só questão de dias. Aguardemos, pois.

Entregando-se
A Zaca Louca, que não honra as calças que veste — se é que ele gosta mesmo de usar calças —, anda se borrando toda e pedindo a Deus e o mundo para parar com o noticiário. Ora, caro leitor, como é que pode alguém que tanto espinafrou gente de bem, pessoas que nunca lhe fizeram mal algum, querer o perdão agora?

Joelhos
Eu, que também fui vítima da Zaca Louca, não abro nem para um caminhão cheio de pólvora com um doido — sem trocadilhos — em cima, fumando. Só tenho uma coisa a dizer: o assunto não vai ficar por aqui. Dentro das próximas horas deveremos ter pronunciamentos da Justiça e da polícia.

Borra-botas
Para mim, quem menos importa é o borra-botas. Quero saber a quem ele serve, quais são seus financiadores e o que eles querem com essa rede de fakes que tem muito mais do que apenas a @karolinadetarso. Pelo menos outros seis fakes estão sendo investigados e devem ser encontrados dentro em breve. Uma questão de tempo. Há um grupo por trás da Zaca Louca. Aguardemos para ver se ela, a Zaca, tem coragem para segurar tudo sozinho ou se vai entregar quem agora lhe abandona.


Pedro Fernandes e Aldo Gondim dizem que assistência estudantil será prioridade

Os professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim, candidatos à reitoria da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), reunidos com um grupo de estudantes de Ciências Sociais, na última sexta-feira (22), disseram que investir em assistência estudantil será prioridade.

Segundo o professor Pedro Fernandes, os alunos precisam ser bem assistidos pela instituição e incentivados a permanecer nela. “O nosso Programa de Gestão foi todo baseado em priorizar a assistência estudantil. Na nossa gestão, priorizaremos ações que visem a permanência do aluno na instituição. O que acontece hoje é um alto índice de evasão. Para evitar a evasão ,o aluno precisa encontrar um ambiente que possibilite-o a passar o dia todo na universidade”, disse.

O professor Aldo Gondim, que tem grande experiência na docência da universidade e é diretor da Faculdade de Educação Física, falou de propostas que visam melhorar a estrutura, com destaque para as bibliotecas. Segundo o professor, encontrar uma biblioteca com amplo acervo favorece a permanência do estudante na universidade. “A nossa estrutura precisa ser modernizada, a começar pelas bibliotecas. No Programa de Gestão, assumimos o compromisso de climatizar, ampliar e adequar as estruturas das bibliotecas, dentro dos padrões de acessibilidade”, finalizou.



            

Ministério da Educação anuncia investimento de R$ 56 milhões para a Ufersa

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido terá incorporado ao seu orçamento mais R$ 56 milhões. A garantia foi dada pelo Ministério da Educação durante audiência do reitor da Ufersa, professor José de Arimatea de Matos, com a equipe do MEC. O pleito da Universidade do Semi-Árido foi apresentado ao secretário de Ensino Superior, Amaro Lins; a diretora de Desenvolvimento das Instituições Federais de Ensino Superior, Diana Weska e, ao secretário Executivo do MEC, José Henrique Paim.

O reitor voltou otimista da audiência, em Brasília, com a aprovação do maior pleito realizado pela instituição junto ao MEC. “Uma audiência bastante proveitosa para a Universidade que teve o seu pleito atendido na sua plenitude”, afirmou Arimatea de Matos. O reitor explicou que uma parte dos recursos será utilizada no decorrer desse ano e a outra em 2014.

“Dos R$ 56 milhões previstos, R$ 34 milhões terão a liberação imediata”, frisou. A liberação dependerá apenas da apresentação dos projetos que será feita até o próximo mês de junho. Os recursos serão utilizados na construção de restaurantes e residências universitárias nos campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros, além de uma residência feminina na Ufersa Mossoró. Só com assistência estudantil serão investidos R$ 15 milhões.

Também de imediato serão construídos na Ufersa Mossoró novos blocos de salas de aulas e de professores, laboratórios, bem como a expansão da rede de fibra óptica e a rede elétrica. Os recursos contemplam ainda a perfuração de um poço profundo na Fazenda Experimental Rafael Fernandes. Além das obras estruturantes, parte dos recursos, R$ 11 milhões, será utilizada na aquisição de equipamentos.

O reitor elogiou a disposição do Governo em atender as demandas da Universidade. Segundo ele, no planejamento para 2013, apresentado pelos departamentos para os cursos de graduação da Ufersa, o montante ficou em R$ 25 milhões. “Atendemos inicialmente R$ 10,3 milhões”, frisou, justificando a importância dos recursos extras para a universidade. “Para ser ter ideia da importância dessa aprovação, com o Reuni, a Ufersa foi contemplada com R$ 18 milhões e, agora com esse pleito, teremos três vezes mais esse valor, ou seja, R$ 56 milhões”, enfatiza o reitor Arimatea de Matos.



         

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Grupo de Mossoró monta rede de fakes para atacar adversários


Um grupo de Mossoró montou uma rede de fakes para atacar adversários e tentar criar uma série de factoides envolvendo a última campanha eleitoral. Foi o que o nosso blog apurou após investigação que contou com a ajuda de duas outras pessoas. O ponto inicial foi a localização de um fake de nome @karolinadetarso, que se passava por uma suposta filha do ex-deputado e ex-secretário do Estado, Paulo de Tarso Fernandes, que é advogado.

Uso
O crime dessa turma começa com a falsidade ideológica. O blog apurou que Paulo de Tarso não tem filha, portanto o perfil criado no Twitter é falso — ou fake, como queiram. Chamou a atenção, o fato do perfil atacar ferozmente a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e a então candidata Cláudia Regina (DEM) na campanha eleitoral de 2012. O teor das declarações, fortíssimas, era sempre retuitado — que quer dizer repetido na linguagem do Twitter — por membros da mesma facção — ou quadrilha.

Localizando
O autor do perfil foi localizado a partir de um sistema do Google que aponta o lugar aonde a pessoa está twitando naquele momento. Um internauta que se comunicava com o perfil fake usou o sistema a partir de um telefone fornecido. O endereço caiu em cima de uma residência do Alto da Conceição. O usuário já foi identificado. Conversei com um advogado e ele alertou para não divulgar o nome agora, só depois que a Justiça confirmar o IP. Mas posso adiantar que durante a última campanha ele ganhou o apelido de Zacarias.

Mais
O que torna o caso grave é que o perfil se utilizava de uma foto de uma mulher loira, muito bonita, que já foi usado por outros fakes Brasil afora. Além das agressões e da forma irresponsável com que provocava as pessoas, por vezes até entrando em sua vida pessoal, a @karolinadetarso que não existe também se aproximou de algumas pessoas com o objetivo de conseguir informações políticas. Portanto, fica claro que se trata de uma ação orquestrada, inclusive com a participação de outras pessoas e fakes.

Vereador
Uma pessoa da família de um vereador foi atraída pela falsa Karolina de Tarso — uma espécie de alterego do sujeito que ainda vive no armário — e se tornou sua amiga. Interessante é que essa pessoa perguntava de tudo sobre a campanha do vereador, que acabou sendo reeleito. Detalhe: tanto o fake quanto o vereador eram do mesmo lado na época da campanha. Claramente, tratava-se de fogo amigo. Portanto, abre-se a suspeita de que o também perfil falso também era usado para colher informações com o intuito de prejudicar “aliados”.

Mais
O assunto não termina por aqui. Vai chegar à Justiça nos próximos dias, acionado por um grupo que vinha sendo atacado. O nosso blog quer divulgar os nomes, mas vai seguir a orientação do advogado. Pelo menos por enquanto.


Alex Moacir alerta para alto número de acidentes na Av. Rio Branco


O vereador Alex Moacir indicou à Prefeitura Municipal de Mossoró a elaboração e a realização de um calendário de palestras sobre educação no trânsito nas escolas da cidade, além de melhoria na sinalização horizontal e vertical e ações de educação no trânsito ao longo da Avenida Rio Branco. Estas indicações foram feitas com base no relatório anual com dados estatísticos sobre os acidentes ocorridos no ano de 2012, divulgado pelo 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (2º DPRE), que apontou a quantidade de 1.675 acidentes com 11 vítimas fatais na cidade, tendo 141 deles ocorridos na Av. Rio Branco.

"Mossoró cresce a cada dia e a quantidade de veículos segue seu ritmo. Priorizar a melhoria da mobilidade urbana é fundamental", explicou o vereador.

Alex Moacir também solicitou segurança em tempo integral para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Alto de São Manoel e Santo Antônio, para atender a solicitação dos funcionários e pacientes ouvidos em visitas a estes locais.


Larissa é condenada mais uma vez; montante já ultrapassa R$ 100 mil

A deputada Larissa Rosado, candidata derrotada nas eleições do dia 7 de outubro de 2012, perdeu mais uma na Justiça Eleitoral. O TRE entendeu que ela contribuiu com propaganda antecipada em seus veículos de comunicação e a condenou a pagar R$ 5 mil de multa. Já são mais de R$ 100 mil somando todas as condenações.

Além dos processos por propaganda irregular, Larissa Rosado também responde por abuso de poder econômico por uso indevido dos veículos de comunicação. Ela teria utilizado abertamente sua rádio, televisão e jornal para vender sua campanha à prefeitura.


Cláudia e Wellington serão ouvidos em processo que já venceram na primeira instância

A prefeita Cláudia Regina e o vice-prefeito Wellington Filho serão ouvidos no processo que pede a cassação dos seus diplomas na próxima quarta-feira, 27, na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). É a segunda etapa do processo, que Cláudia e Wellington já venceram na primeira instância.

A oitiva também terá a participação de testemunhas. O Ministério Público Eleitoral quer que os diplomas de Cláudia e Wellington sejam cassados por suposta prática de abuso de poder econômico. O juiz da 34a Zona Eleitoral, de Mossoró, Pedro Cordeiro Júnior, entendeu que não houve infração da prefeita e vice.


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Cornélio Alves na lista para escolha de novo desembargador

A Secretaria Geral do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte tornou pública a lista com os nomes dos juízes que estão concorrendo ao cargo de Desembargador. A vaga é decorrente da aposentadoria do Desembargador Rafael Godeiro, que ocorreu no último dia 1º e a escolha será feita pelo critério de Merecimento.

Para tanto, a Corte potiguar vai realizar a escolha com base na Resolução 64/2008-TJRN e na Resolução 106/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que avalia, entre outros critérios, o desempenho, a produtividade, a presteza no exercício das funções e o aperfeiçoamento técnico.

Segundo a Resolução, a escolha também avaliará a adequação da conduta do magistrado ao Código de Ética da Magistratura Nacional. A expectativa, segundo a Secretaria Geral, é que a escolha ocorra no próximo mês de março. A lista está disponibilizada no Diário da Justiça Eletrônico e é composta pelos seguintes juízes:

• Ada Maria da Cunha Galvão • Carmen Verônica Calafange • Cícero Martins de Macedo Filho • Cornélio Alves de Azevedo Neto • Eustáquio José Freire de Farias • Francimar Dias Araújo da Silva • Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho • Gustavo Henrique Silveira Silva • Henrique Baltazar Vilar dos Santos • Ibanez Monteiro da Silva • Jarbas Antônio da Silva Bezerra • João Batista da Silva • Jorge Carlos Meira Silva • José Dantas de Paiva • Maria Neize de Andrade Fernandes

NOTA DO BLOG: Sem demérito para os demais, o magistrado Cornélio Alves de Azevedo Neto (foto), juiz de Direito de Mossoró há décadas, tem preparo, moral e serviço prestado para ficar com a vaga. É um nome extremamente respeitado e reconhecido pelas decisões justas e abalizadas que sempre tomou. Merece e muito.


Só Jesus Cristo salva relação DEM/PMDB no RN


Olha, caro leitor, já achei que PMDB e Democratas estivessem mais próximos, porém diante de tudo que tenho lido a partir de declarações dos cabeças peemedebistas e de outros membros importantes do partido, só mesmo um milagre ou a  interseção de Jesus Cristo. A meu ver, um ponto é crucial para a situação só piorar: a falta de ação do Democratas para modificar o quadro atual. O partido da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) comete os mesmos pecados que cometia quando administrava a Prefeitura de Mossoró: acha que é autossuficiente e que vai resolver tudo com populismo e grandes obras.

O problema é que ao contrário do que aconteceu em Mossoró no seu tempo, hoje ela está no Governo, o que já muda radicalmente a situação. Além disso, os tempos são outros. Rosalba foi prefeita com praticamente dois jornais fazendo a cobertura do seu mandato. Ela anulava um e ignorava o outro, que era muito mais frágil justamente por causa do apoio financeiro dado ao concorrente. Dentre as rádios, tinha um controle quase total.

Agora, a questão é outra. Estamos falando de uma era em que um médico pode incomodar mais do que um jornalista.


Estabilidade
E o médico tem estabilidade, assim como os professores e outras categorias, que encontram nas redes sociais verdadeiros megafones, aonde podem gritar tão alto quanto qualquer jornalista pode fazê-lo. Assim, as vozes das ruas vão se tornando cada vez mais altas e é necessário se adaptar a essas mudanças. Rosalba parece ter parado no tempo, ao lado do seu marido, o secretário-chefe do Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado.

Arrogância
Para piorar, a cúpula governista dá a entender que a aliança com o PMDB não é importante e, através de assessores, vende a ideia de que o partido estaria querendo lotear o Governo e fazendo pedidos inaceitáveis. Já ficou claro que tudo teria como objetivo usar a estrutura do Governo para eleger Walter Alves deputado federal. O PMDB, obviamente, reage com todas as suas forças.

Henrique
O fato é que o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) é hoje o fiel da balança dessa aliança. Ele se valoriza com declarações fortes contra Rosalba de olho em um projeto ousado, que pode alçá-lo à condição de candidato ao Governo com apoio do PT e do PSB. O problema, no entanto, vai ser convencer o aliado socialista. Os petistas adorariam ver Henrique — ou o seu primo, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho — candidato ao Governo, apoiando Fátima Bezerra (PT) para o Senado. Mas, repito: é preciso primeiro convencer os socialistas, que veem em Wilma de Faria uma boa possibilidade de voltar à administração estadual.

Conclusão
O fato, caro leitor, é que tudo conspira pelo fim da aliança. E tudo começa na má avaliação da governadora. Se estivesse voando em céu de brigadeiro, tudo isso nem seria citado. É fato que mesmo o PMDB local sendo muito beneficiado pela administração federal do PT, se Rosalba estivesse bem, o partido daria de ombros e ficaria fielmente ao lado de Rosalba. Mas, como a situação é totalmente diferente, cabe ao PMDB, oportunista, romper e buscar o poder estadual. Ninguém duvide disso. Se vai ganhar ou não, aí são outros quinhentos.


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Moradores da Abolição apontam sugestões à prefeita


A prefeita Cláudia Regina reuniu uma comitiva composta pela secretaria do Desenvolvimento Urbano e vereadores de Mossoró para um mutirão de vistoria e oitiva dos moradores da Abolição II e mediações. Acompanhada também do ouvidor do Município, Jorge Henrique, a prefeita ouviu as necessidades da comunidade e pediu aos parlamentares que encaminhassem as providências para os pleitos.

O titular da secretaria de Desenvolvimento Urbano, Alexandre Lopes, ressaltou a importância da Gestão acompanhar de perto os serviços que estão sendo ofertados. “É uma recomendação da prefeita Cláudia Regina que conferimos o andamento dos serviços do município de forma a aprimorarmos a qualidade do que é ofertado à população”, destaca o secretário.

A prefeita Cláudia Regina recomendou os moradores que procurem os vereadores para encaminhar os pleitos da população. “Vamos trabalhar com o apoio de todos: comunidade, secretários e vereadores. A população tem contribuições importantíssimas e precisamos estar próximos para atender as necessidades e também acompanhar a qualidade dos nossos serviços prestados”, ressaltou a prefeita Cláudia Regina .