quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Empresários aproveitam para aumentar preço do álcool

Os donos de postos de combustíveis em Mossoró só estavam esperando o anúncio do reajuste dos combustíveis para aumentar os preços nas bombas. Alguns mudaram as cifras ainda de madrugada.

A gasolina, que em média custava R$ 2,83, passou para uma média de R$ 2,95, chegando ao absurdo de R$ 2,99, um aumento que varia em torno de R$ 0,15 por litro de combustível. O diesel também está mais caro, em média, R$ 0,10, mas em muitos postos passa dos R$ 2,15.

Porém, o aumento no diesel e na gasolina todo mundo ficou sabendo ainda na noite de terça-feira, 29, depois do anúncio do Governo, que divulgou reajuste de 6,6% para as distribuidoras e 4% para o consumidor. O estranho em tudo isso foi o reajuste no preço do álcool combustível, que ficou pelo menos R$ 0,10 mais caro e sem explicação. A média nos postos está entre R$ 2,25 e R$ 2,29. A mudança deixou surpresos até os donos de postos, que esperavam o preço menor por causa da entressafra.

O Procon está de olho em quem decidiu subir o preço do produto imediatamente, mesmo tendo nos tanques combustível comprado ao preço antigo. “A medida é abusiva”, disse o coordenador do órgão, Araken Farias.

*Informações do De Fato


                   

Nenhum comentário: