quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Detran/RN muda sistema de entrega de carteiras de habilitação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN modifica a partir de amanhã, 1º, a forma de entrega das Carteiras Nacionais de Habilitação expedidas pelo Órgão. Agora todas as CNH´s serão entregues Via Sedex e, assim que a Habilitação estiver impressa, no dia seguinte o contribuinte recebe a mesma.

“Essa mudança é importante pois faz com que os habilitados não tenham que retornar ao posto de entrega para ter acesso ao documento, como no caso do posto do Via Direta, recebendo a CNH em sua casa em menos tempo, com maior comodidade, além de não se submeter a fila que, em dados momentos, era formada”, destacou o Diretor-Geral do Detran/RN, Willy Saldanha.

Em virtude da alteração, o Detran não terá mais postos de entrega de Habilitação, como o localizado no Shopping Via Direta, que será desativado no dia 15/02. Os condutores que solicitarem a CNH até hoje, com opção de entrega para o Via Direta, poderão receber o documento normalmente até a desativação. Após a data, a habilitação será remetida automaticamente dentro do novo modelo de postagem.

A modificação também trouxe economia para a Autarquia, já que o serviço contratoanteriormente junto aos Correios era mais oneroso do que o firmado neste novo modelo de entrega. O Diretor-Geral também salientou mais dois pontos em relação a novidade. Primeiro, que após três tentativas de entrega da CNH, ela vai ser guardada pelos Correios, na agência mais próxima à casa do usuário. Segundo, em decorrência disso, é extremamente relevante que o endereço do solicitante esteja atualizado.

“Esse é mais um esforço que o Detran faz para oferecer serviços melhores e mais eficientes. Dentro deste contexto, formamos esta semana novos examinadores de trânsito para realizar os testes práticos de volante, nomeamos em janeiro mais 123 aprovados no concurso público e semanalmente nossas equipes percorrem cidades do interior para realizar os testes de volante. Acredito que a população já esteja sentindo os efeitos destas novas ações”, afirmou Willy Saldanha.


                 

Nenhum comentário: