sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Presidente da Câmara avalia positivamente segunda edição do Seminário Legislativo



A atual legislatura realizou mais um marco na história da Câmara Municipal de Mossoró. Durante toda a semana, vereadores atuais e vereadores eleitos para a próxima legislatura participaram, junto com seus assessores, do II Seminário Legislativo Mossoroense. O evento superou todas as expectativas da organização, contando com a participação de vereadores eleitos e assessores de outros municípios da região, como Paraú e Governador Dix-Sept Rosado, entre outros. Ao todo, o seminário reuniu quase cem participantes.

Pela primeira vez, os futuros vereadores e assessores tiveram a oportunidade de ter contato com o Regimento Interno da Câmara e com a Lei Orgânica do Município antes de assumir o mandato, o que irá ocorrer apenas no dia primeiro de janeiro de 2013. De acordo com o presidente da Câmara, vereador Francisco José Júnior, a expectativa é de que na próxima legislatura, a produção supere a atual. “Observamos muitos avanços nesta legislatura. Aumentamos a produção legislativa, implantamos vários serviços à sociedade e creio venhamos a melhorar ainda mais na próxima legislatura, uma vez que com esta preparação que está ocorrendo pela primeira vez na Câmara Municipal, os novos vereadores já cheguem à Casa cientes dos trâmites, conhecedores do Regimento Interno e da Lei Orgânica”, afirmou Francisco José Júnior.

O presidente ainda agradeceu aos novos vereadores e aos novos assessores pela participação no seminário. “Nós lançamos a proposta, e os vereadores eleitos acataram. Se fosse diferente, o seminário não teria sido o sucesso que foi. Quero agradecer, e ao mesmo tempo parabeniza-los pelo interesse, por terem deixados seus afazeres para se dedicar ao mandato, que só começa no próximo ano. Isso é um sinal da maturidade da próxima legislatura e a certeza de que estamos no caminho certo”, avaliou o presidente, que agradeceu também aos servidores da Câmara e da Escola Legislativa pelo empenho na realização de mais uma edição do Seminário Legislativo.

Esta foi a segunda edição do Seminário Legislativo Mossoroense, e além de Regimento Interno da Câmara e Lei Orgânica do Município, foram trabalhados temas como oratória, liderança, motivação, entre outros.



            

Caern investe R$ 4 milhões na aquisição de 540 bombas


Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte(Caern) está adquirindo 540 conjuntos de bombas, dentro de um arrojado programa de aquisição desse tipo de equipamento, no qual a Companhia vai investir, com recursos próprios, cerca de R$ 4 milhões.
O diretor Administrativo da Companhia, JailtonTinôco, informa que 147 conjuntos foram licitados, com 83 já entregues à Caern e que outros lotes estão sendo adquiridos junto aos fabricantes, para em seguida serem destinados às regionais, para utilização imediata nos sistemas de distribuição de água e coleta e tratamento de esgotos sanitários.
“Esta ação também reforça o setor de manutenção e operação, que passará a dispor de uma maior quantidade de bombas reservas e a Caern está trabalhando com a expectativa de receber todas as bombas até o final de fevereiro próximo”, adianta o diretor.
“Com a aquisição das bombas, a Caern vai evitar, ou com certeza diminuir sensivelmente, em algumas áreas, o transtorno de falta de água causado à população em decorrência de problema no equipamento”, lembra o diretor Técnico da Caern, Ricardo Varela. Ele adianta que a Companhia vai ter condições de garantir o fornecimento de água de forma contínua, haja vista que a produção de água não será interrompida por ocasião de pane na bomba, que será imediatamente substituída, durante o conserto do equipamento danificado.
Equipamentos
Pelos levantamentos realizados pela Caern, 118 bombas serão destinadas às duas regionais que atendem a Natal, a Natal Sul e Natal Norte. Mais 182 serão encaminhados à Regional Litoral Sul, que atende às praias de Natal até à fronteira com a Paraíba e à região Agreste. A Regional Caicó vai receber 37 motobombas e outras 32 unidades serão repassadas à Regional sediada em Assu.

*Com informações do Jornal De Fato


             

Governo convocará em janeiro 1.162 professores aprovados em concurso

A Secretaria de Estado da Educação anunciou hoje (30) que haverá convocação dos professores aprovados em concurso público. A terceira convocação ocorrerá no dia 3 de janeiro, com o chamamento de 1.162 aprovados, com posse coletiva prevista para o dia 4 de fevereiro. De acordo com o Governo do Estado, os professores já iniciarão o ano letivo de 2013, no dia 18 de fevereiro, em sala de aula.

Além do preenchimento de vagas que continuam abertas em algumas escolas, outro fator que contribuiu para a terceira chama foi a saída progressiva dos professores temporários, que devem deixar os quadros da Educação até o início do próximo ano. Os contratos desses professores temporários estão chegando ao fim e não podem ser renovados, uma vez que os profissionais foram contratados por um ano, com prorrogação por igual período, conforme determina a legislação.

Com essa terceira chamada, o Governo do Estado terá convocado, para suprir as necessidades das salas de aulas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, 3.119 professores aprovados no concurso da Educação. No início do primeiro semestre, foram convocados 1.013 educadores e, no segundo semestre, 944.

*Com informações da Tribuna do Norte


                         

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Campanha de Larissa pode ter custado mais de R$ 5 milhões

Campanha rica de Larissa trouxe até o craque Romário. No detalhe, a trás, a câmera enorme da produtora contratada para fazer o programa de televisão

A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) prestou contas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre os seus gastos de campanha com números que em nada correspondem com a realidade que se viu nas ruas. Ora, caro leitor, Larissa declarar que gastou R$ 1,4 milhão é no mínimo um contrassenso. Vamos colocar aqui alguns pontos para que o leitor tenha ideia do quanto a prestação de contas precisa ser melhor esclarecida como forma de não parecer um jogo de faz de contas.

Sem trocadilhos, vamos lá: 1) Uma produtora de vídeo não sai por menos de R$ 500 mil. Quem acompanhou o trabalho feito pela equipe da candidata Larissa Rosado (PSB) viu que foram utilizados recursos de alto nível, como cromaqui, produção de videoclipes de músicos contratados e muita gravação de rua, com direito a grua — plataforma suspensa aonde fica o cinegrafista  ou somente a câmera — e tudo mais. Como homem de mídia e ex-dono de produtora, sei que um trabalho desses não custa menos do que R$ 800 mil. Em grandes centros, poderia custar até dez vezes mais do que isso.


Mais
2) Todo mundo viu que a candidata Larissa Rosado contratou o marqueteiro Phabiano Santos bem antes da campanha começar. Evidentemente, começou a pagar  pelos seus serviços a partir daquele momento. Ora, caro leitor, Phabiano estava há mais de 16 anos com o grupo da governadora Roisalba Ciarlini/prefeita Fafá Rosado. Como profissional gabaritado que é, alguém acredita que ele foi de graça? Evidentemente que não. Custou, por baixo, cerca de R$ 300 mil, afora a estrutura para o seu trabalho que envolve desde equipes de alto escalão até os carregadores de bandeiras.

Outros
Só aí já chegamos bem perto dos gastos declarados pela deputada/candidata. Lá se vão R$ 1,1 milhão. Mas não fica só nisso. Continuemos: 3) A estrutura de mídia montada pela candidata foi algo estrondoso. Ela tinha pelo menos 20 jornalistas contrados direta ou indiretamente para produzir material, divulgar nos veículos de comunicação e/ou fazer o meio de campo com os “indiretos”, ou seja, assessores contratados ou infiltrados dentro dos jornais, rádios e blogs para divulgar o que a interessava. Essa turma recebe, no mínimo R$ 5 mil por campanha. É bem verdade que nem todos recebem, porque existem aqueles que apenas investem no futuro. Mas, se a metade tiver recebido lá se vão R$ 50 mil. Para os indiretos no mínimo a mesma quantia. Afora os espaços em jornais para divulgação de pesquisas de seu interesse. Isso sem falar na estrutura de agências de publicidade — uma em Natal e outra em Mossoró —, a criação da identidade visual da campanha, dentre  outros investimentos. Uma agência dessas não entra num projeto de envergadura por menos de R$ 500 mil.

Estrutura
4) A estrutura de campanha de Larissa foi ostensiva e ostentosa. Só de carros adesivados estima-se que haviam pelo menos mil em Mossoró com as cores do PSB. Para se adesivar um carro gasta-se cerca de R$ 350, dependendo do material utilizado e das suas dimensões. Como o material de Larissa era de alta qualidade, só aí lá se vão, por baixo, R$ 350 mil. Só de carros de som eram 100 rodando na cidade, entre os de maior portes, as baratinhas e algumas motos. Os maiores a cerca de R$ 10 mil por campanha, os menores por até R$ 3 mil durante os três meses. Por baixo, foi um gasto de cerca de R$ 300 mil só com esse tipo de propaganda. Isso sem falar em banneres e outros tipo de divulgação, que estavam sempre em maior quantidade do que as da adversária principal, Cláudia Regina (DEM).

Larissa tinha mais material de campanha do que Cláudia Regina nas ruas de Mossoró


Outros
5) Tem ainda, caro leitor, os gastos com a estrutura da campanha em si, como as carreatas, em que gasolina era distribuída legalmente — conforme entendimento do Tribunal Superior Eleitoral —, os próprios veículos da campanha, dos dos seus coordenadores, além dos prédios alugados, como o da Praça Rodolfo Fernandes, que se estima ter custado R$ 15 mil apenas os últimos dias de campanha.

Jurídico
6) Não nos esqueçamos da assessoria jurídica que trouxe para o embate alguns dos mais bem pagos advogados de Mossoró. O brilhante advogado Marcos Araújo e os seus não menos colegas de escritório não fazem uma campanha por menos de R$ 500 mil, lembrando que o trabalho perdura por outros meses com prestação de contas, entrada de recursos, dentre outras atividades que exigem o trabalho dos advogados. Além de Marcos, é bom lembrar, a coligação contou com outros escritórios que, juntos, estima-se que tenham custado pelo menos a mesma quantia. É claro que assim como nas assessorias de comunicação também nas jurídicas possa ter alguém que tenha trabalhado de graça. Inclusive o grande Marcão. Como isso não está explícito nas contas de Larissa, então vamos entender que ela pagou pelo trabalho dos advogados.

Megaestrutura de campanha de Larissa deu as caras logo na convenção de lançamento do seu nbome


Riqueza
Dá para ver que,  por baixo, a campanha de Larissa pode ter custado mais de R$ 5 milhões, levando-se em conta que todos os números que citei aqui são apenas estimativas e estão todos eles em cima de valores de mercado para os serviços mais simples. Quem acompanhou a trajetória de Larissa em 2012 sabe que de pobre a campanha dela não teve nada. Tinha estrutura, material e muita gente trabalhando para tentar elegê-la prefeita. Mas, é claro, a candidata pode dizer que todo mundo trabalhou de graça e que todos foram tão generosos que seriam capazes de declarar isso na Justiça.


Cláudia Regina recebe sugestões de promotores para o seu mandato


A prefeita eleita Cláudia Regina (DEM) e o vice Wellington Filho (PMDB) se reuniram com os promotores da 18ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró na tarde desta quarta-feira, 28, para discutir ações da gestão da prefeita eleita, a partir do dia primeiro de janeiro de 2013.

Cada promotor apresentou as maiores demandas da sua pasta e, junto com a futura prefeita, discutiram medidas para solucionar as problemáticas. “Essa é uma oportunidade muito rica para diminuirmos a distância e fecharmos parcerias importantes para Mossoró”, defendeu Cláudia Regina.

Estiveram presentes os promotores Flávio Côrte, Guglielmo Marconi, Fábio Weimar Thé, José Hercy Pontes de Alencar e Sacha Alves. Individualmente, eles apontaram questões relacionadas às áreas de Saúde, Educação, Direitos do Consumidor, Acessibilidade, Direitos da Infância, Cidadania e servidor público.

O encontro foi encerrado no começo da noite com a apresentação do projeto “Transporte urbano e população Idosa: construindo uma nova relação”, apresentado pela assistente social Maria Luíza Teixeira, representante da Associação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (AMPERN).

A proposta visa conscientizar uma relação harmoniosa entre os condutores de transporte coletivo com a população idosa, a fim de promover boas práticas de cidadania.

* Fonte: Higo Lima/Da assessoria da prefeita eleita


Reforma do Museu Lauro da Escóssia será concluída em dezembro


A Prefeitura de Mossoró entregará, em dezembro, o Museu Municipal Lauro da Escóssia totalmente reestruturado. O projeto de reforma era uma reivindicação dos mossoroenses e reafirma o compromisso da gestão pública com a preservação da história e cultura local.

De acordo com a prefeita Fafá Rosado, o benefício era muito aguardado pelos cidadãos. Logo após a inauguração da Escola de Artes, a administração municipal conseguiu concretizar esta obra.

“Fico realizada em poder entregar mais um grande benefício na área da cultura. A partir do próximo mês, o Museu estará novamente aberto, com instalações modernas e dignas para receber a população e os turistas”, declarou a prefeita Fafá Rosado.

A reforma do Museu Municipal contou com um investimento de quase R$ 300 mil reais. A previsão é que a obra seja inaugurada na segunda quinzena do mês de dezembro.


                       

              
                 


Governo ganha mais uma emenda ao OGU para cultura

A bancada federal do Rio Grande do Norte acatou sugestão da governadora Rosalba Ciarlini para incluir no Orçamento Geral da União (OGU) 2013, uma emenda para a cultura. Na reunião em que foram definidas as indicações, havia ficado acordado que o Governo teria direito a duas emendas.

No encontro realizado na Câmara dos Deputados, a Governadora anunciou que uma das emendas será para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A outra, para a duplicação da BR 304 (Natal/Fortaleza), trecho da reta Tabajara até a rotatória do Seridó (BR 226).

A inclusão dessa nova emenda permitirá a modernização, restauração e preservação do patrimônio histórico. Entre os equipamentos culturais estão a Fortaleza dos Reis Magos; Palácio Potengi, Casarão dos Guarapes, Teatro Alberto Maranhão, Memorial Câmara Cascudo e Museus Lauro da Escóssia (Mossoró), Arte Sacra (Igreja do Galo-Natal) e Arte Sacra (Caicó). 

As três indicações do Governo do Estado somam R$ 120 milhões. Ao todo, as 18 emendas da bancada totalizam recursos da ordem de R$ 720 milhões. Embora exista uma expectativa que o relator geral do orçamento, senador Romero Jucá, possa reduzir esse montante para R$ 240 milhões, senadores, deputados e a governadora Rosalba Ciarlini vão trabalhar pela manutenção do que foi indicado ao OGU. “Vamos estar unidos também nesse momento, já que na definição das prioridades houve consenso”, adiantou a Governadora.



                  
              

Encerram-se amanhã matrículas para portadores de deficiência em Mossoró




Termina nesta sexta-feira, 30 de novembro, o período de matrícula na rede municipal de ensino para alunos portadores de deficiência.  Segundo informações obtidas junto a gerência de educação, o período de matrículas para esses alunos foi aberto no último dia 5, em todas as unidades educacionais do município.
A coordenadora dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Gerência de Educação, Darlly Noronha, explica que a matrícula de alunos portadores de deficiência é feita de forma antecipada, para garantir que esses alunos consigam vagas nas escolas mais perto de suas casas.
 Terminado o período de matrículas para alunos com deficiência, a Gerência de Educação dará início à renovação das matrículas dos estudantes, que acontecerá em dois momentos distintos. Entre os dias 17 e 27 de dezembro, a renovação das matrículas será realizada nas Unidades de Educação Infantil (UEI’s) e anos iniciais do Ensino fundamental (1º ao 5º ano).
Já as matrículas para os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e das turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) serão renovadas entre 7 e 11 de janeiro.
Os alunos novatos serão matriculados entre 7 e 15 de janeiro em todas as unidades educacionais da rede municipal de educação. Para efetuar a matrícula desses alunos é preciso apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento, cartão de vacina, histórico escolar, comprovante de residência, comprovante de cadastro no programa bolsa família, declaração expedida pela unidade anterior.
De acordo com o senso escolar 2012, a rede municipal de ensino conta atualmente com 21.431 alunos matriculados, destes cerca de 400 são portadores de deficiência.

Procura por vagas nas escolas já começou
A Escola Municipal Professor Manoel Assis, situada no bairro Doze Anos, que comemora a conquista pelo terceiro ano consecutivo do Prêmio Gestão de Qualidade, conta atualmente com 500 alunos e diz que não tem previsão de aumentar o número de vagas para 2013, por falta de condições físicas para abrigar novos alunos.
Até o momento a escola já registrou a renovação de matrícula de 17 alunos portadores de deficiência e a matrícula de dois novatos também com necessidades especiais.
A vice-diretora, Joana Darc Marciel, afirma que anualmente a procura por vagas na escola é muito grande. “Muitos pais ligam perguntando se a gente pode reservar vagas, mas essa é uma política combatida pela gerência de educação do município, e a gente não faz reservas. Por isso, quando começa o período de matrículas, muitos pais dormem na calçada da escola para garantir a vaga dos filhos. Vemos isso como o reconhecimento da população ao trabalho desenvolvido e aos bons resultados obtidos a cada ano”, frisa.

*Fonte: Jornal De Fato


                 


Garibaldi discute melhoria no INSS



A Previdência Social quer comemorar 90 anos - em 2013 - aperfeiçoando ainda mais os serviços que oferece aos seus segurados e ampliando a cobertura previdenciária entre os brasileiros. Em reunião com mais de 400 gestores de agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) localizadas na região Nordeste - da qual participaram o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho; a secretária-executiva adjunta do MPS, Elisete Berchiol da Silva Iwai; e o presidente do INSS, Lindolfo Neto de Oliveira Sales - o principal assunto em pauta foi a melhoria do atendimento prestado aos segurados.

A reunião com o ministro fez parte do Workshop de Planejamento da Superintendência Regional Nordeste do INSS, que está sendo realizado em Gravatá (PE) até a próxima sexta-feira (30). "Cada um de nós tem que assumir sua responsabilidade e ampliar os esforços visando o bem do segurado. O compromisso não deve ser com o ministro ou com o presidente do INSS, mas com o cidadão brasileiro que paga impostos, que contribui com  Previdência e tem o direito de ser atendido da melhor maneira possível", afirmou Garibaldi Alves Filho.

O ministro da Previdência Social comparou que há alguns anos o INSS chegou a ser sinônimo de "fila" no Brasil. "Aquelas filas quilométricas e a necessidade de os velhinhos chegarem durante a madrugada para buscar atendimento no outro dia, essa realidade não existe mais". Porém, Garibaldi Alves Filho alertou para a necessidade de a qualidade do atendimento ser mantida e até melhorada. Para que isso ocorra, ele pediu que cada gestor participante da reunião dedicasse o máximo de esforço possível.



                 

PMDB oficializa candidatura de Poti Júnior para conselheiro do TCE


O PMDB oficializa hoje a candidatura do deputado estadual Poti Júnior na disputa para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Ontem o PR já havia indicado o parlamentar, hoje o ofício que será lido no plenário traz a indicação do PMDB para o mesmo candidato.

A eleição para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado na vaga destinada a Assembleia Legislativa será quinta-feira, em sessão extraordinária e secreta.

Poti Júnior já conquistou o apoio da bancada do DEM, do PMDB e do PR. Nesse momento, conversa com o deputado estadual Ezequiel Ferreira, do PTB.

O outro postulante a vaga de conselheiro do TCE é o deputado estadual Fábio Dantas (PHS).


               

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Transparência no Governo do RN aumentou, diz ONG Contas Abertas


O RN cresceu no ranking dos Estados mais transparentes do Brasil. A constatação é da ONG Contas Abertas, especializada no assunto. De acordo com a medição da ONG, o RN saiu do 25o lugar — antepenúltima colocação — para o 11o. Resultado da política implantada pela governadora Rosalba Ciarlini.

Em 2010, último ano da gestão do governo passado, o portal governamental era um dos piores do Brasil em termos de transparência. O índice teve nota de 3,8, sendo o antepenúltimo Estado da federação. Agora em 2012, a ONG Contas Abertas pontua o Governo do RN com a nota 6,07. O que representa um crescimento de 14 posições e 2,25 pontos a mais, deixando o Rio Grande do Norte na 11ª posição.

“A divulgação do Índice de Transparência 2012, pela ONG Contas Abertas, vem comprovar a significativa mudança do nível de transparência no RN: subimos 14 posições, saindo da 25a em 2010 para a 11a em 2012, dentre as 27 unidades da federação”, comentou a governadora Rosalba Ciarlini.

O Rio Grande do Norte está entre os estado que avançaram na nota e na posição do ranking. Em matéria de crescimento de nota, alguns outros estados que apresentaram boa evolução foram: Rio de Janeiro (4º colocado, 2,71 pontos a mais), São Paulo (1º colocado, 2,33 pontos a mais) e Rio Grande do Norte (11º colocado, 2,25 pontos a mais).

Em relação a saltos de posição, outros Estados que avançaram muitos espaços na classificação foram: Rio Grande do Norte (12 posições ganhas), Rio de Janeiro (9 posições ganhas) e Paraíba (9º colocado, 5 posições ganhas).

“Além disso, fomos o 5o estado que mais aumentou o índice de transparência, saltando de 3,82 para 6,07. O propósito do atual Governo é avançar ainda mais, tornando o Portal da Transparência do RN cada vez mais acessível ao público, abrindo as contas do governo, com informações detalhadas sobre a receita e suas fontes; a despesa e os seus beneficiários; os salários dos servidores; as licitações, possibilitando o efetivo controle social por parte da população potiguar”, disse o secretário de Estado do Planejamento e Finanças (SEPLAN), Obery Rodrigues.


Indicação de Poti pode fazer Miguel Weber primeiro suplente na Assembleia



O nome do deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB), que até o início da semana era tido como o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), está praticamente descartado. É esperada para hoje a definição em torno do nome do deputado estadual Poti Júnior (PMDB) para o cargo, o que, obviamente, obrigaria a ele renunciar o mandato.

Titular
Assim, com a renúncia de Poti, o titular passaria a ser o primeiro suplente Kelps Lima (PR), que está na Assembleia por conta da licença do deputado Nélter, que alegou motivos pessoais. Poti Júnior, em se confirmando o novo conselheiro, assumirá a cadeira deixada pelo também ex-deputado estadual Valério Mesquita. O primeiro suplente da coligação passa a ser o vereador eleito de Natal, Luiz Almir (PV).

Circunstância
Luiz Almir pode assumir a cadeira  de Nélter, caso Poti seja confirmado e tome posse antes do final deste ano. Assim, o vereador natalense não precisaria renunciar à condição de suplente. Só faria isso em 31 de dezembro para que em 1o de janeiro, legalmente, possa assumir o mandato na Câmara Municipal de Natal. Como a licença de Nélter vai até o início de fevereiro, então o terceiro suplente, Dr. Antônio Petronillo (PMDB) seria o próximo a ocupar a vaga.



Curiosidade
Uma curiosidade nessa linha sucessória da coligação PMDB/PV/PR, que em 2010 elegeu nove deputados estaduais é que dois dos cinco primeiros suplentes foram eleitos vereadores em Natal. Portanto, para assumirem a cadeira na Assembleia precisariam renunciar. É o caso do segundo suplente hoje, Luiz Almir, e do quarto Adão Eridan (PR). A sucessão, então, passa a ser Kelps Lima, que é o primeiro e está no exercício do mandato, Dr. Petronillo, que é o terceiro suplente, e depois o quinto suplente, Miguel Weber (PV), marido da ex-prefeita Micarla de Sousa.

Engenharia
Trocando em miúdos, após a possível indicação de Poti para ser conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e da licença de Nélter Queiroz, teremos a partir de primeiro de janeiro de 2013, Miguel Weber como primeiro suplente da coligação de nove parlamentares. Ou seja: ele pode sim ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.


Prefeituras esperam ajuda para pagar 13o. Mossoró, não

Vejo que a maioria dos prefeitos do Brasil está de pires na mão esperando que o Governo Federal libere a parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) extra que foi criada para que no final do ano as prefeituras recebessem recursos a mais com o intuito de pagar o décimo terceiro salário do funcionalismo. Tudo bem, o dinheiro vai entrar de qualquer maneira, porém para algumas prefeituras não vai fazer diferença alguma. Infelizmente, ainda tem prefeito que não entendeu a importância da Lei de Responsabilidade Fiscal e está com os salários dos seus servidores atrasados em vários meses. É o caso de Tibau, por exemplo.

Por outro lado, outras prefeituras chegam ao final do ano sem precisar se preocupar com essa parcela extra — embora a recebam também. É o caso de Mossoró. A prefeita Fafá Rosado vai concluir o seu segundo mandato com a folha completamente em dia e sem ter atrasado um dia sequer, inclusive com a antecipação do décimo terceiro salário, pagando-o de acordo com o mês de aniversário do servidor.


Governo vai distribuir mais 146 ônibus escolares no RN

O Governo do Estado adquiriu 146 novos ônibus para reforçar a frota dos transporte escolar. Serão contemplados agora municípios que não foram beneficiados no primeiro semestre de 2012, quando foram entregues 120 ônibus escolares. Também terão prioridade aqueles municípios que transportam maior número de estudantes.

As empresas vencedoras da licitação estão concluindo a entrega dos novos ônibus, que permanecerão estacionados no Centro Administrativo do Estado, aguardando a posse dos novos prefeitos eleitos, para que esses possam assinar o termo de cooperação entre município e Estado e receber os ônibus.
Até o  dia 18 de fevereiro, quando será iniciado o ano letivo de 2013, todos os ônibus já estarão à disposição dos estudantes.
Com a nova frota, a rede estadual de ensino terá um total de 266 novos ônibus adquiridos somente em 2012, renovando seus veículos e levando transporte escolar de qualidade para todas as regiões do Estado.
Os recursos que garantiram a compra dos 146 novos ônibus, da ordem de R$ 28.479.200,00, são da emenda parlamentar Nº 71210009, do senador José Agripino (DEM).

*Com informações de Eduardo Colin


             

UFRN, Ufersa, Uern, Prefeituras de Mossoró e Natal ganham emenda coletiva da bancada potiguar



Definidas as emendas coletivas da bancada federal potiguar. Foram escolhidas sete consensuais, entre elas, a governadora Rosalva Ciarlini, poderá indicar duas como propostas prioritárias. A governadora já manifestou a preferência de investimentos para a UERN e vai aguardar as demais emendas coletivas para escolher uma segunda prioridade do Rio Grande do Norte, com o apoio da bancada.
A duas universidades federais, UFERSA e UFRN, o Terminal Pesqueiro de Natal e as prefeituras de Natal e Mossoró também serão contemplados com emendas consensuais. Os senadores Paulo Davin (PV) e José Agripino (DEM) anteciparam que apresentarão, respectivamente, emendas para a Liga Norte-Riograndense contar o Câncer e para a compra de ‘’tablets” para as escolas do Rio Grande do Norte.
Cada emenda coletiva poderá chegar aos R$ 70 milhões. Os parlamentares ainda poderão apresentar ao Orçamento Geral da União do próximo ano até 25 emendas individuais, totalizando R$ 25 milhões. A coordenadora da bancada, Sandra Rosado (PSB), tem até a próxima quinta-feira para apresentar as emendas ao relator do OGU 2013.

*Fonte: Panorama Político

            

Ministério Público pede cassação de vereador eleito pelo PSD em Pedro Velho


O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) ajuizou representação por compra de votos contra o vereador eleito de Pedro Velho, Acácio Emanuel de Oliveira Barbosa (PSD). Documentos encontrados em posse do então candidato e depoimentos de eleitores apontam a troca de bens e valores por votos, durante a última campanha. Se julgada procedente a ação, Acácio Emanuel pode ter cassado o registro ou diploma de vereador.
De acordo com a representação, assinada pela promotora que atua junto à 61ª Zona Eleitoral, Danielli Christine de Oliveira Gomes, em 27 de setembro foi recebida uma denúncia anônima a respeito de possível distribuição de bens por parte do então candidato a vereador, no conjunto Portelinha. A representante do MP Eleitoral compareceu ao local e se deparou com vários documentos suspeitos no carro e no bolso de Acácio Emanuel.
Os documentos exibidos pelo candidato, à primeira vista, evidenciavam fortes indícios de compra de votos realizada durante a campanha. Dentre eles, havia exames médicos de várias pessoas, cartão do SUS, além de um caderno de anotações registrando valores pagos a diversos cidadãos (havendo referência, em alguns casos, aos bens doados a cada um, tais como próteses, carteira de motorista, motor, porta, pagamento de exames médicos diversos etc.).

*Fonte: Panorama Político


                      

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Larissa Rosado responde a processos eleitorais; cadê a pressa para julgá-los?

Interessante como a pressa de alguns só pende para um lado. Enquanto alguns poucos bonecos de ventríloquo tentam pressionar a Justiça para julgar logo os processos de registro da candidatura da prefeita eleita Claúdia Regina (DEM), outros não se lembram de questionar a demora da ação que pede a cassação do registro da candidata derrotada Larissa Rosado (PSB) por abuso do poder econômico e por uso indevido dos meios de comunicação de sua propriedade. E agora? Cadê a pressão para que isso seja julgado?

Detalhe: os processos de Larissa estão com a Justiça Eleitoral desde julho passado.


Raibrito era o "Google" dos jornalistas antigamente

Quando comecei a escrever em jornal era comum precisarmos de material de referência histórica. À época, tudo era mais difícil. Não como hoje que basta você colocar no Google e aparecem milhares de referências. A gente tinha de pesquisar no papel mesmo e tinha de ler até encontrar o que queríamos. Tudo isso dentro do mesmo espaço de tempo que se pede hoje para se fazer as matérias. Mas nós jornalistas mossoroenses sempre tivemos na figura de Raimundo Soares de Brito (Raibrito), uma espécie de “santo protetor das horas mais difíceis”. Raibrito tinha na sua hemeroteca praticamente tudo sobre a história de Mossoró. E não demorava muito para saber aonde estava o assunto. O acervo era simplesmente espetacular.

Quando o conheci fui recebido com “honras”, como fazia com todos os colegas. Convidou-me para sentar, perguntou-me o que eu queria e já foi logo “correndo” atrás do assunto. Sabia da urgência do momento e não se fazia de rogado na hora de ajudar. Mais adiante entendi que Raibrito também recebia grande ajuda de nós jornalistas.


Renovação
O nosso trabalho, como o é de verdade, renovava os fatos e os contextualizava naquele novo momento. Lembro-me quando fechou o Banco Mossoró, em 1995. Para fazer duas páginas inteiras sobre o fato, recorri a Raibrito que me entregou vários recortes de jornal sobre o Banco Mossoró que iam de simples reportagens até mesmo à sua expansão. O Banco Mossoró chegou a ter agência em São Paulo.

Recorte
Fiz a reportagem sobre o fechamento e as duas páginas do jornal Gazeta do Oeste foram parar na hemeroteca e possivelmente deve ter sido utilizada por colegas ou estudantes que vieram depois de mim. Essa reciprocidade entre nós jornalistas e Raibrito era acima de tudo uma generosidade sua. Nós estávamos apenas trabalhando, ele nos ajudando a sermos o mais fiel possível à história.

Pasta
Confesso que a minha vaidade foi às alturas quanto vi pela primeira vez a pasta que Raibrito dedicava aos jornalistas da cidade. Na época ainda não escrevia coluna de opinião, mas já havia uma pasta com o meu nome e todas as reportagens que eu havia assinado. E assim ocorria com todos os colegas da época. Raibrito fez por nós o que nem mesmo nossas famílias fizeram: guardou para o futuro a produção que nos custou tanto suor.

Lacuna
Agora, ao saber da morte de Raibrito meu coração sente uma lacuna como jornalista e como cidadão. Pelo fim do seu trabalho como pesquisador e homem da cultura — embora, claro, a sua obra vá permanecer para sempre — e principalmente porque se vai um ser humano daqueles que a gente nunca acredita que um dia nos deixará neste plano eterno, tamanha a importância da sua presença. Para encerrar, lembro aqui a frase que sempre ouvia quando se tratava em fazer matéria histórica: “Tá precisando de informações? Vá lá em Raibrito!”


Prefeita decreta luto oficial pela morte do historiador Raimundo Soares de Brito



A prefeita Fafá Rosado decretou nesta terça-feira, 27, luto oficial de três dias no Município pela morte do historiador Raimundo Soares de Brito, que faleceu neste dia em Natal aos 92 anos.

O velório acontecerá na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, no Salão Marieta Lima
Praça da Redenção Jornalista Dorian Jorge Freire – Centro.

Para a prefeita Fafá Rosado “Raibrito foi um dos maiores historiadores de Mossoró. Um homem abnegado pelo registro da história. Registros que só a partir de seu esforço podem ser rememorados por outras gerações. Mossoró está de luto, perde um dos guardiões do seu passado”, disse.

RAIMUNDO SOARES DE BRITO – Nasceu no dia 23 de abril de 1920, na cidade de Caraúbas - RN. Filho de José Soares de Brito e Raimunda Saúl da Costa. Casado com Dinorah Brito, pais de Socorro Brito de Figueiredo e ‘adotivos’ do sobrinho Marcos Antonio.

Começou sua vida profissional como comerciante, e ingressou na vida pública como Agente de Estatística; posteriormente foi agente postal dos Correios e Telégrafos, Diretor do Museu Municipal de Mossoró e da Biblioteca Pública Ney Pontes Duarte; historiador, pesquisador, palestrante e conferencista.


Sócio das seguintes entidades culturais:

Instituto Cultural do Oeste Potiguar – ICOP;

Academia Mossoroense de Letras – AMOL;

Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte – IHGRN;

Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço – SBEC;

Membro Honorário da Academia de Letras de Uruguaiana – RS.



LIVROS PUBLICADOS:


Notícia biográfica de alguns patronos de ruas de Mossoró. ESAM, 1978.

Estudos de História do Oeste Potiguar. ESAM, 1979.

Alferes Teófilo Olegário de Brito Guerra - Um memorialista esquecido. 1980.

Uma viagem pelo arquivo epistolar de Adauto Câmara. 1981.

Pioneiros da História da Indústria e Comércio do Oeste Potiguar. ESAM/FGD, 1982.

Indústria e Comércio do Oeste Potiguar – Um pouco de história. ESAM/FGD, 1982.

Legislativo e Executivo de Mossoró numa viagem mais que centenária. ESAM/FGD, 1985.

Luiz da Câmara Cascudo e a Batalha da Cultura. FVR/CM.

Apostila do Afeto: Câmara Cascudo. FVR/CM.

Notas genealógicas sobre a família de Dona Amélia de Souza Melo Galvão. PMM/SEC, 1982.

Nas garras de Lampião (Diário do Coronel Gurgel) - (1996).

Ruas e Patronos de Mossoró (Dicionário). FVR/CM.

Eu, Ego e os Outros (Memórias de Tipos Populares). Editora Queima-Bucha / Petrobras.

AMOL – Seus Patronos e Acadêmicos. Editora Queima-Bucha / Petrobras.




                

Inscrições para o PSV da UERN começam sexta-feira, dia 30


No próximo dia 30, começa o prazo de inscrições para o Processo Seletivo Vocacionado (PSV 2013) para preenchimento de 2.602 vagas de cursos de graduação da UERN. Uma das novidades deste ano é a abertura de 50 vagas para o curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia, ofertado no Campus de Natal (CaN).

"A proposta pedagógica da UERN para o BC&T prioriza a formação multidisciplinar sólida, com base científica, ao mesmo tempo em que capacita o indivíduo para assimilar, avaliar, gerenciar e empreender inovações tecnológicas que direcionam os rumos a serem tomados como estratégias de desenvolvimento científico e tecnológico na sociedade contemporânea", explica a diretora do Campus de Natal, Professora Dra. Ana Lúcia Dantas.

Segundo ela, o Campus de Natal escolheu ofertar este curso diante das demandas atuais por profissionais das áreas das ciências tecnológicas. "A UERN não pode mais adiar sua inserção na área das ciências tecnológicas. O BC&T deverá servir de embrião para ampliar o número de cursos das ciências tecnológicas na nossa Universidade", prevê.

O bacharel em Ciência e Tecnologia é um profissional multidisciplinar e, portanto, não há uma demanda específica para o BC&T. Este profissional poderá atuar em organizações públicas, privadas ou do terceiro setor, em especial na área de Ciência e Tecnologia (C&T), como pesquisador, gestor e consultor; poderá trabalhar em atividades de pesquisa em Ciência e Tecnologia, inclusive por meio de estudos em nível de pós-graduação stricto sensu e/ou lato sensu; no comércio (vendas, gerenciamento e serviços relacionados a produtos na área de C&T ou em outras áreas que exijam a postura de um profissional formado em nível superior); empreender seu próprio negócio em C&T; ocupar cargos de tecnologista em instituições de pesquisa; fazer cursos de ensino superior preparados para funcionar como segundo ciclo formação, ou ciclo de formação específica, onde o reingresso é a única forma de acesso; e ocupar cargos de nível superior oferecidos em concursos públicos.

Na UERN, o BC&T terá duração de três anos e será ofertado exclusivamente no Campus de Natal. A UFRN e a Ufersa já oferecem esse curso desde 2007. "O BC&T existe em todas as regiões do País e possui, hoje, mais de 10 mil estudantes matriculados em 26 cursos de graduação em algumas das melhores Universidades brasileiras", contou a professora Ana Dantas.

Sobre a estrutura e corpo docente do novo curso, a diretora do CaN disse que a UERN deverá fazer concurso para complementar o quadro de professores e que apesar de já dispor dos laboratórios de informática, precisará de laboratórios de física, química e biologia, que deverão estar disponíveis de acordo com o cronograma das disciplinas.

SOBRE O PSV 2013

As inscrições para o PSV 2013 deverão ser efetuadas, exclusivamente, via internet, acessando o portal da UERN (www.uern.br) ou no endereço eletrônico da Comperve (www.uern.br/comperve). As inscrições terão início às 9h do dia 30 de novembro e irão até as 23h59 do dia 26 de dezembro de 2012, observado o horário oficial local.

As provas serão realizadas nos dias 03 e 04 de março de 2013. O PSV 2013 será aplicado, simultaneamente, nos municípios de Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, Patu, Natal e Caicó.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 110,00 (cento e dez reais). O boleto gerado até as 23h59 do dia 26 de dezembro poderá ser pago até o dia 28 de dezembro de 2012. O candidato pagante, para confirmar sua inscrição, deverá realizar o pagamento da taxa exclusivamente por meio de boleto bancário, pagável nas agências bancárias e casas lotéricas.

Cotistas

Em cumprimento à Lei Estadual nº. 8.258 de 27 de dezembro de 2002, 50% das vagas iniciais distribuídas por campus, núcleo, curso, habilitação, turno e semestre letivo da UERN são destinados a alunos que tenham cursado integralmente e exclusivamente o ensino fundamental e médio em escola pública (candidatos da modalidade cotista). As demais vagas serão preenchidas em obediência à classificação geral dos candidatos, independente da rede de ensino de origem.

O candidato identificado em sua ficha de inscrição como pertencente ao sistema de cotas e/ou como isento do pagamento da taxa de inscrição, integral ou parcial, ou ainda que solicitou atendimento especial, deverá obrigatoriamente entregar a documentação exigida no edital no período de 21 a 25 de janeiro de 2013, das 8h às 17h. A documentação exigida deverá ser entregue pessoalmente ou através de procuração.

Cartão de Identificação

O candidato deverá imprimir uma via do seu cartão de identificação, que contém dados do candidato e o local de provas. O cartão será disponibilizado a partir do dia 19 de fevereiro de 2013, na página da Comperve (www.uern.br/comperve), e ficará disponível até a data da aplicação das provas. O cartão de identificação deverá ser recortado no local indicado e o candidato deve colar a sua fotografia 3x4 recente e de frente no espaço reservado para tal fim.

A divulgação do resultado do PSV 2013 será feita pela Comperve/UERN no dia 05 de abril de 2013.


*Fonte: www.diariodenatal.com.br



                 

Mossoró está entre os municípios com risco de surto de dengue


Oito municípios do Rio Grande do Norte estão com risco de surto da dengue, de acordo com o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa). Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (27) pelo Ministério da Saúde.

Campo Redondo, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Jardim do Seridó, Mossoró, Parelhas, Brejinho e Pau dos Ferros apresentaram o índice de infestação maior que 3,9, o que representa um risco de surto. Campo Redondo é o município com o maior risco de dengue do Estado, com um índice de 12,1.

Além desses municípios, o Ministério da Saúde ainda mostrou Jaçanã, Cruzeta, Ceará-Mirim e Caicó como em alerta para casos de dengue. O índice de infestação desses municípios variou entre 1 e 3,9.

A pesquisa foi realizada em 1.239 municípios para identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da dengue. Os municípios classificados como de risco apresentaram larvas do mosquito em mais de 3,9% dos imóveis apresentados.

Com base na pesquisa, o Ministério da Saúde anunciou o repasse de R$ 173,3 bilhões para os municípios investirem em ações de vigilância, prevenção e controle da dengue.


Como evitar


O melhor método de se defender da dengue é evitando a procriação do mosquito Aedes aegypti, que é feita em ambientes úmidos em água parada, seja ela limpa ou suja. Para isso, é necessário o envolvimento de toda sociedade e poder público.

A fêmea do mosquito deposita os ovos na parede de recipientes (caixas d’água, latas, pneus, cacos de vidro etc.) que contenham água mais ou menos limpa e esses ovos não morrem mesmo que o recipiente fique seco. Não adianta, portanto, apenas substituir a água, mesmo que isso seja feito com freqüência. Desses ovos surgem as larvas, que, depois de algum tempo vivendo na água, vão formar novos mosquitos adultos.

O combate ao mosquito deve ser feito de duas maneiras: eliminando os mosquitos adultos e, principalmente, acabando com os criadouros de larvas. Para eliminação dos criadouros é importante que sejam adotadas as seguintes medidas:

- Não se deve deixar objetos que possam acumular água expostos à chuva. Os recipientes de água devem ser cuidadosamente limpos e tampados. Não adianta apenas trocar a água, pois os ovos do mosquito ficam aderidos às paredes dos recipientes. Portanto, o que deve ser feito, em casa, escolas, creches e no trabalho, é:

• substituir a água dos vasos das plantas por terra e esvaziar o prato coletor, lavando-o com auxílio de uma escova;
• utilizar água tratada com água sanitária a 2,5% (40 gotas por litro de água) para regar bromélias, duas vezes por semana*. 40 gotas = 2ml;
• não deixar acumular água nas calhas do telhado;
• não deixar expostos à chuva pneus velhos ou objetos (latas, garrafas, cacos de vidro) que possam acumular água;
• acondicionar o lixo domiciliar em sacos plásticos fechados ou latões com tampa;
• tampar cuidadosamente caixas d’água, filtros, barris, tambores, cisternas etc.



             



               

Presidente da Câmara de Mossoró aguarda que TJ cumpra acordo

As colocações do Tribunal de Justiça do Estado de que vai instalar a Escola de Magistratura onde hoje funciona o Fórum Municipal Silveira Martins não foram suficientes para convencer os vereadores de Mossoró a desistirem da unidade para o funcionamento do Palácio Rodolfo Fernandes, que atualmente funciona num prédio alugado na Praça da Igreja Matriz de Santa Luzia, no Centro de Mossoró.

O presidente da Câmara Municipal, Silveira Junior, disse que houve um acordo entre instituições (Estado, Município, Câmara e Poder Judiciário) no dia 28 de dezembro de 2006, para quando a sede própria do Fórum fosse concluída no Conjunto Walfredo Gurgel, o atual prédio seria doado para o funcionamento da Câmara Municipal de Mossoró.
Só que há poucos dias, o vice-presidente do Tribunal de Justiça e futuro diretor da Escola de Magistratura do Rio Grande do Norte, desembargador Expedito Ferreira de Sousa, declarou que será sua primeira missão, ao assumir no dia 4 de janeiro, é transferir a Escola do antigo prédio da Telern, no Centro, para o imóvel onde hoje funciona o Fórum Silveira Martins.
Silveira Junior disse que vai conversar com a governadora Rosalba Ciarlini para adaptar um prédio de uma escola em Mossoró para funcionar a Escola de Magistratura, que segundo ele será uma tarefa bem mais fácil do que adaptar um fórum para funcionar uma escola. Disse que vai apresentar este idéia também a presidente do TJRN, desembargadora Judite Nunes.
“Nós esperamos o cumprimento deste acordo. Temos um acervo de muitas fotos e matérias de jornais, onde o então presidente do Tribunal de Justiça do Estado e outras autoridades do Governo do Estado e do Município dizendo que o prédio do Fórum Municipal seria da Câmara. Não foi um acordo entre cavalheiros. Foi um acordo entre instituições”, justifica o vereador.
Mas caso não seja possível a Câmara se transferir para onde hoje funciona o Fórum Municipal de Mossoró, o presidente Silveira Junior tem um plano para instalar uma sede própria do Poder Legislativo de Mossoró.

*Fonte: Jornal De Fato


         



                            

Paulinho Freire decreta Estado de Calamidade Pública na saúde de Natal




O prefeito de Natal, Paulinho Freire (PP), decretou Estado de Calamidade Pública na rede pública de saúde do Município. A medida vale por 90 dias, prorrogáveis por igual período, e foi efetuada pelo decreto municipal Nº 9.845, de 20 de novembro, publicado no Diário Oficial desta terça (27).
O decreto autoriza a contratação direta dos profissionais necessários à continuidade dos serviços públicos de saúde, "mediante procedimento de Chamada Pública a cargo da Secretaria Municipal de Saúde".
E, considerando a urgência da situação vigente, dispensa de licitação os contratos de aquisição de bens, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a manutenção dos serviços públicos de saúde, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos.
A decisão do prefeito Paulinho Freire leva em conta a iminência do término da intervenção judicial determinada pela Justiça referente ao gerenciamento da Unidade de Pronto Atendimento Dr. Ruy Pereira dos Santos (UPA Pajuçara), que provocaria a interrupção das atividades da UPA, sobrecarregando as demais unidades de saúde da rede municipal e estadual.
O decreto foi justificado, também, por diversas ações judiciais em trâmite na Justiça Estadual, e pela “necessidade imediata de contratação de profissionais de diversas especialidades para a continuidade do atendimento de urgência e emergência prestado pela Unidade de Pronto Atendimento Dr. Ruy Pereira dos Santos”.

*Com informações do Jornal De Fato


                    

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Seminário para novos vereadores da Câmara de Mossoró é um sucesso


Quase cem pessoas, entre vereadores eleitos e assessores, participam até a próxima sexta-feira (30) do II Seminário Legislativo da Câmara Municipal de Mossoró, promovido através da Escola Legislativa Vereador Edmilson Lucena Barreto. O evento teve início nesta segunda-feira (26) e superou a expectativa de público da organização.

Além dos vereadores eleitos e re-eleitos nas últimas eleições em Mossoró, também estão participando do evento vereadores eleitos em outros municípios, como Paraú, Governador Dix-Sept Rosado, Apodi, Marcelino Vieira e Tibau.

No primeiro dia, o presidente da Câmara, vereador Francisco José Júnior, falou sobre o papel do vereador na sociedade e informou aos novos colegas alguns aspectos do funcionamento do Legislativo Mossoroense, de acordo com o Regimento Interno da Casa. Nesta terça-feira (27), o tema será melhor trabalhado pelo ex-vereador Sérgio Coelho, que irá trabalhar também a Lei Orgânica do Município de Mossoró.

Ainda no primeiro dia, a vereadora Cláudia Regina, prefeita eleita de Mossoró, contou um pouco de sua experiência no Legislativo e falou nos projetos desenvolvidos pelo seu mandato fora da Câmara Municipal, como a Caravana da Paz e o Projeto Viver sem Drogas. A vereadora destacou ainda as ações desenvolvidas através da internet e nas redes sociais.

A programação do seminário conta ainda com temas como oratória, motivação e liderança. As palestras têm início sempre às 14h.

O presidente da Câmara avaliou positivamente o evento, que segundo ele, retrata a mudança no Legislativo Mossoroense. “A população de Mossoró tem demonstrado nas urnas que quer mudança. Nas últimas duas eleições estamos vendo uma grande renovação na Câmara Municipal, com um grande número de novos vereadores eleitos. É preciso dar condições a esses novos vereadores, a esses novos assessores para saber como a Câmara funciona, quais os trâmites da Câmara para que não cheguem aqui às cegas, como vimos acontecer diversas vezes. Antes desse seminário já havíamos realizado uma reunião com os novos vereadores, que foi o primeiro contado para muitos com o Regimento Interno da Casa e com a Lei Orgânica do Município. Cada um recebeu uma cópia e agora, estão tendo mais uma oportunidade de se aprofundar no assunto, assim como também estão tendo essa oportunidade os vereadores que já são detentores de mandato”, explicou Francisco José Júnior.

A presidência da Câmara também está preparando o prédio para receber os novos vereadores. Com o aumento no número de vereadores foi necessário tomar algumas medidas, como a redução no número de assessores por vereador, para que houvesse uma adequação, já que o orçamento da Câmara continua sendo do mesmo percentual que hoje é repassado pela prefeitura. Além disso, houve uma reorganização dos gabinetes para acolher os oito novos vereadores, que tomam posse no dia 01 de janeiro de 2013.


Deputado Nélter Queiroz não tem curso superior e isso pode impedi-lo no TCE



O nome do deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) é pule de dez para ser o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, numa indicação da Assembleia Legislativa. Nélter, no entanto, pode ser indicado e não assumir o cargo. Ou assumir e depois ter um problema sério com uma possível contestação devido ao fato de não ter curso superior e, portanto, não ter conhecimento nenhum da área jurídica, como determina a legislação em vigor.

Memória
É interessante lembrar que quando criaram o boato de que a prefeita Fafá Rosado (DEM) poderia ser conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE), uma autoridade do Ministério Público disse à imprensa que se isso acontecesse haveria contestação judicial. A mesma autoridade, até aqui, não se pronunciou sobre o fato. Aguardemos, pois.


Justiça Eleitoral de Mossoró homologará resultado da eleição no próximo dia 18 de dezembro

Está confirmada para o dia 18 vindouro a diplomação dos eleitos na eleição de 7 de outubro deste ano. Na solenidade a ser realizada no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, estarão recebendo a homologação do resultado do pleito deste ano a prefeita eleita Cláudia Regina (DEM), o vice-prefeito eleito Wellington Filho (PMDB), os 21 vereadores eleitos e os três primeiros suplentes de cada uma das sete coligações que elegeram vereadores, ou seja, 21 deles (veja mais detalhes em postagem mais abaixo).

A solenidade foi marcada pelo juiz eleitoral da 33a Zona, Pedro Cordeiro Júnior, que é o responsável pelo registro das candidaturas. Logo após a diplomação, Cláudia Regina deixa de ser prefeita eleita e passa a ser a prefeita de direito da cidade, já que o diploma quer dizer que a sua eleição foi legitimada pela Justiça Eleitoral.

Ela o será de fato, no entanto, quando terminar o mandato da atual, Fafá Rosado, em 31 de dezembro vindouro. Cláudia Regina assumirá a prefeitura com uma missão e tanto: suceder duas grandes administrações, que foram aprovadas e reaprovadas pelo povo de Mossoró. Tem competência para  isso.


Deus seja louvado, sim senhor!


Olha, caro leitor, se existem uma perda de tempo enorme é a ação de um procurador da República que está querendo tirar das cédulas do dinheiro brasileiro a expressão “Deus Seja Louvado!” A ação tem o objetivo de garantir o que diz a Constituição Brasileira, de que o Brasil é um país laico, ou seja, não tem religião oficial e existe liberdade às crenças em geral, sem quaisquer ingerência do Estado na sua escolha.

Diz o procurador — que não vou citar o nome porque acredito que ele quer mesmo é aparecer — que  ao retirar a expressão, a Constituição estará atendida em sua plenitude. Isso é o que o grande Dorian Jorge Freire chamava de besteira besta. Uma profunda falta do que fazer. Ora, caro leitor, assim como o Brasil é um país laico é também um país que tem milhões e milhões de cristãos, temende a Deus e que acreditam nessa força superior. Trocando em miúdos, tirar a expressão não é atender a todos aqueles que não acreditam em Deus, mas desrespeitar a crença de quem acredita.

Portanto, ao invés de entrar com ações desse tipo o senhor procurador bem que poderia procurar uma lavagem de roupa, como diz o nosso povo.


Piso dos jornalistas do RN entra em debate na Assembleia Legislativa


Os jornalistas do Rio Grande do Norte estão convidados a participarem de uma audiência pública sobre o piso salarial da categoria, que é o mais baixo do Brasil. O debate acontece nesta segunda-feira, 26, às 19h30, no auditório da Assembleia Legislativa, por iniciativa do deputado estadual Fernando Mineiro (PT).
São esperadas as presenças da presidente do Sindicato dos Jornalistas do RN, Nelly Carlos, do presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do RN, Djalma Correa e do superintendente da Delegacia Regional do Trabalho do RN – DRT/RN, Jonny Araújo da Costa.

*Com informações da Assessoria da AL