sábado, 29 de setembro de 2012

CORREIO DA TARDE publicará pesquisa na terça-feira (2)



O CORREIO DA TARDE registrou a sua terceira rodada de pesquisas, em parceria com o instituto Start. Vai divulgá-la na próxima terça-feira, dia 2, véspera do feriado de Cunhaú e Uruaçu. A informação foi confirmada pelo diretor-presidente do CT, jornalista Walter Fonseca.

A pesquisa vai ouvir 550 pessoas entre domingo (30) e segunda-feira (1º de outubro), em 26 bairros e comunidades rurais de Mossoró. São eles: Abolição, Aeroporto, Alto da Conceição, Alto do Xerém, Alto de São Manuel, Barrinha, Belo Horizonte, Boa Vista, Bom Jardim, Centro, Conj. Vingt Rosado, Conj. Walfredo Gurgel, Costa e Silva, Dom Jaime Câmara, Doze Anos, Hipólito, Jucuri, Lagoa do Mato, Liberdade I, Nova Betânia, Paredões, Passagem de Pedras, Planalto 13 de Maio, Redenção, Sta Delmira e Santo Antônio.

Walter Fonseca informa que o jornal decidiu realizar mais uma rodada de pesquisas por entender que a repercussão do último levantamento foi enorme. “Naturalmente, existiu uma cobrança dos nossos leitores, que acreditam na parceria do CORREIO DA TARDE com o instituto Start”, lembrou.

A pesquisa do instituto Start vai utilizar a metodologia quantitativa, realizada por meio de entrevistas individuais, diretas e pessoais, através de questionários aplicados junto à população dos bairros citados proporcionalmente à sua participação no número geral de mossoroenses, de acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Anteriores
As pesquisas CORREIO DA TARDE/Start têm sido alvo de grande repercussão na cidade. No primeiro levantamento, publicado no dia 22 de agosto, a diferença entre as principais candidatas: Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM) foi de 8,2% na pesquisa estimulada. Já na segunda pesquisa, divulgada no último dia 24, a diferença entre elas foi de 2,6%. Ou seja: empate técnico.

O fato aumenta a expectativa da população em torno dos próximos números. Teremos empate total? Haverá uma virada? Ou Larissa vai conseguir voltar a abrir vantagem? Tudo isso só saberemos na próxima terça-feira, quando os números serão oficialmente divulgados por este jornal.

O número do registro da pesquisa no Tribunal Regional Eleitoral é o 178/2012.



Rosalba convoca concursados da saúde; veja lista

Considerando a necessidade de profissionais para atender a abertura de 40 novos leitos na rede pública de saúde, o Governo do Estado está nomeando os candidatos aprovados em concurso público, realizado em 2010, para provimento dos cargos de Enfermeiro e Técnico de Enfermagem, integrantes do Quadro Geral de Pessoal do Estado, na Secretaria da Saúde Pública. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (29). Os profissionais convocados serão encaminhados para as unidades de saúde da Região Metropolitana de Natal.

O local para Inspeção Médica Adminissional deverá ser feita na Comissão Permanente de Inspeção Médica Oficial, situada na sede da EMATER/RN, Centro Administrativo do Estado e a documentação exigida deverá ser entregue na sede da SESAP, localizada na Av. Deodoro da Fonseca, 730, 9º andar. O setor de recebimento poderá solicitar dos candidatos documentos complementares. Os exames necessários bem como a documentação exigida estão disponíveis no Diário Oficial. Confira a lista dos convocados: 

ENFERMEIRO 
LANA ROSE CORTEZ DE FARIAS [DEF] 
CECILIA OLIVIA PARAGUAI DE OLIVEIRA
FRANCISCO ROGERLANDIO MARTINS DE MELO
CAMILA MARQUES SILVA
FÁBIO CARVALHO SANTANA
JEREMIAS ADELINO ALVES
FERNANDA ELIZABETH MATOS DE QUEIROZ
FERNANDA XAVIER DE MEDEIROS BARROS
CLÁUDIA PATRÍCIA NASCIMENTO DE OLIVEIRA

TÉCNICO EM ENFERMAGEM 
RITA DE CASSIA ALVES DA SILVA
MARCIA MARIA DO NASCIMENTO
DJEANE DA SILVA BILRO
VANUZA MARIA DA SILVA GOMES
POLIANA PEREIRA OLIVEIRA
LUCIANA CORREIA DA SILVA 
KARLANNA CHRISTHIANNA SANTOS RIBEIRO ALVES
DEBORA SAARA FERREIRA DE ANDRADE
ADRIANO HERCULANO DE OLIVEIRA
MARIELE MOREIRA DA SILVA
RAFAELA LETICIA DE LIMA
PATRÍCIA DE OLIVEIRA CAVALCANTI
THIAGO BRUNO VIEIRA DA SILVA
SANDRO AUGUSTO FERREORA DA SILVA
DEMETRIUS E SILVA CAVALCANTI
INGRID ANGÉLICA DE LIMA DEODATO
JOÃO MARIA GONÇALVES DA SILVA
MARIA DE FATIMA MOURA
ANA LÚCIA ESTEVAM DE LIMA
ERLANE MACENA DE MORAIS SENA
JANAINA KELLY ALVES BARBOSA
FRANCISCA LÍVIA ARAÚJO DE LIMA 
NATHÁLIA PRISCYLLA DE SOUZA JATOBÁ 
SERGILENE FONSÊCA TEIXEIRA SANTOS
KELLI CRISTINA TAVARES SILVA
MOISES GOMES DE LIMA
ROBERTO KENNEDY LUCAS BARBOSA
ELAINE CRISTINA ANDRADE DE ARAUJO
LUCY ANDRADE DA COSTA
MARIA EVA OLIVEIRA DE MORAIS
JULIANA DE SOUZA FERREIRA
ANDRE ALVES CAVALCANTI
ANA KARLA GALVÃO
SANDRA DE MELO MENDONÇA
JOÃO PAULO MENEZES QUEIROZ
CLÉRISTON ARAÚJO MENDES
RUBIANO MAIA DA NOBREGA
FRANCISCO JAIROM MORAIS DA SILVA 
KELLY FRANCY DE SOUZA RIBEIRO SILVA
MARIA MICLECIA DA SILVA
ALEXANDRE DA SILVA FONSECA
VANESSA ANDRADE PINHEIRO


Rosalba assina edital para construir ponte do Riacho dos Cavalos, em Macau


“A construção dessa ponte representa o início de uma nova rota de turismo no Rio Grande do Norte”, disse a governadora Rosalba Ciarlini, na tarde desta sexta-feira (28), na solenidade de lançamento do edital para a contratação de serviços de construção da ponte sobre o Riacho dos Cavalos, localizado na RN-221, no município de Macau.

Com recursos próprios da ordem dos R$ 8 milhões, a nova ponte terá 178 metros de extensão e terá grande impacto na região, que é uma das principais produtoras de sal marinho, petróleo e pescados do Brasil.

“É novo roteiro turístico que vai promover o desenvolvimento do RN. A ponte irá ligar Macau a Porto do Mangue e para chegar até Areia Branca irá diminuir mais de 40 quilômetros de distância do caminho atual. Isso para a atividade do sal, da carcinicultura e para o turismo será de grande importância”, concluiu Rosalba Ciarlini.

O edital para contratação dos serviços será publicado no Diário Oficial do Estado deste sábado (29) e a previsão é que no dia 14 de novembro seja divulgado o nome do vencedor para que as obra sejam iniciadas ainda este ano. “O Governo do Estado entende que essa é uma das obras mais urgentes que o Estado precisa”, disse o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Demétrio Torres.


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Greve dos bancários: Mossoró funciona normalmente; Natal e região fecham

A greve dos bancários teve ontem um desfecho parcial. Em Mossoró, todos os bancos aceitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (FENABAN), seguida pelos bancos públicos. O funcionamento agora pela manhã foi normal. Já em Natal, os bancos públicos - Caixa, Banco do Brasil e BNB - continuam fechados, o mesmo acontecendo nas cidades de sua circunscrição sindical, como é o caso de São Gonçalo, Parnamirim, Guamaré, até Natal.

Isso acontece porque no RN são dois sindicatos diferentes. O de Natal abrange todas as cidades metropolitanas até Macau. De Assu para cá, quem comanda é o Sindicato dos Bancários de Mossoró. Os trabalhadores dos bancos públicos da primeira entidade permanecem parados, enquanto que no segundo todo mundo já voltou ao trabalho.

Daí o porquê de haver diferença no posicionamento da categoria.


Ideia de vídeo foi de Sandra Rosado e não do marketing, diz César Santos

Veja o que escreveu o jornalista César  Santos em sua prestigiada coluna no Jornal de Fato, edição de ontem (26):

"A equipe de marketing da campanha da candidata Larissa Rosado (PSB) foi contra a decisão de baixar o nível da campanha. A edição de um vídeo com acusações caluniosas contra a adversária Cláudia Regina (DEM) foi imposição da deputada Sandra Rosado (PSB), mãe da candidata. O comando do marketing argumentou que a estratégia não deu certo no passado e que poderia ser fatal no momento. Sem sucesso. Agora, Larissa vai responder a uma queixa-crime na Justiça Eleitoral, com obrigação de provar as acusações feitas no seu programa".

Em tempo: César é irmão do marketeiro Phabiano Santos, que assessora a candidatura de Larissa Rosado à Prefeitura de Mossoró.



Jornalista Neto Queiroz coordena reunião de campanha

O jornalista Neto Queiroz, um dos coordenadores da campanha da candidata Cláudia Regina (DEM), coordenou agora pela manhã uma importante reunião que traçou as estratégias para a mobilização deste sábado, a ser realizada no bairro Santo Antônio. Neto falou rapidamente com o blog.

"Vamos fazer a maior mobilização daquela região batendo o nosso recorde de há duas semanas, quando a governadora Rosalba Ciarlini definiu o comício como 'um mar de gente'", contou Neto.

Ele não quis especificar as estratégias para evitar ações dos adversários, mas lembrou que boa parte será dentro do que já se viu anteriormente, com muita participação da militância especialmente dos candidatos a vereador. "Sem dúvida será um grande evento, porque a militância está empolgada", acredita.

Neto Queiroz lembrou que na terça-feira, véspera do feriado estadual dos mártires de Cunhaú e Uruaçu, a descida da Avenida Presidente Dutra acontecerá com a participação de lideranças estaduais. Os nomes serão anunciados nas próximas horas.


Meta de assessoria jurídica é prender 50 eleitores por advogado

Já tem estratégia montada em determinada assessoria jurídica numa cidade que conheço bastante: a meta de cada membro da assessoria é “prender” pelo menos 50 eleitores no dia da votação.

Se os cerca de 40 contratados conseguirem isso, serão dois mil votos a menos. Para quem tem a campanha como vencida...

Mas tenham calma, caro leitor, isso não acontece em Mossoró, Natal ou Macau, cidades-base deste blog. Talvez em França, Oropa ou Bahia.

Em tempo: o termo "prender" não quer dizer que os causídicos vão sair por aí com camburão. Mas sim que eles vão usar o máximo possível de denúncias para botar o povo na jaula. Tá vendo?


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Pesquisa mostra que 23,5% ainda estão indecisos para vereador

A segunda rodada de pesquisas CORREIO DA TARDE/Start, publicada hoje, mostra que o caminho para a Câmara Municipal de Mossoró ainda pode mudar nestes 12 dias que faltam para o dia do pleito. Cerca de 23,5% dos eleitores pesquisados ainda não sabem quem vão votar para vereador. E esses votos da reta final podem ser decisivos para quem está atrás na disputa. Em termos quantitativos, 23% representavam cerca de 40 mil votos.

O levantamento contratado por este jornal foi feito entre os dias 15 e 16 deste mês, ouvindo 550 pessoas em 26 bairros e comunidades rurais. São eles: Abolição, Aeroporto, Alto da Conceição, Alto de São Manoel, Belo Horizonte, Boa Vista, Bom Jardim, Centro, Conjunto Vingt Rosado, Conjunto Walfredo Gurgel, Costa e Silva, Dom Jaime Câmara, Doze Anos, Lagoa do Mato, Liberdade I, Nova Betânia, Paredões, Planalto 13 de Maio, Redenção, Santa Delmira, Santo Antônio, Barrinha, Alto do Xerém, Hipólito, Jucuri e Passagem de Pedras. A margem de erro é de 4,2% e a confiabilidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TER), sob o número 131/2012.

Neste levantamento, quem aparece em primeiro lugar é o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Júnior, do PSD, com 21 citações. Francisco José Júnior apareceu também entre os primeiros na pesquisa anterior. É fato que em todas as sondagens até aqui ele sempre aparece entre os primeiros, o que aponta a possibilidade de uma votação expressiva.

Novidade

A grande novidade da pesquisa foi a presença do Palhaço Fuxiquinho entre os mais citados. Ele foi lembrado por 13 eleitores (2,4%). Dentre todas as pesquisas publicadas até aqui esta é a primeira vez que ele aparece com tanto destaque. A presença de Fuxiquinho não é definitiva diante das variáveis de uma pesquisa para vereador, porém cria a ideia de que o eleitor de Mossoró pode estar querendo protestar assim como fez o de São Paulo, que elegeu o Palhaço Tiririca como o deputado federal mais votado do país.

Além dos dois, a pesquisa também mostra entre os primeiros alguns nomes que já vinham sendo lembrados, como o ex-secretário Alex Moacir (PMDB) e o vereador Zé Peixeiro (PMDB).

Variáveis

Pesquisa para vereador não aponta um quadro definitivo, até pelo modelo que a eleição proporcional brasileira adota. Há muitas variáveis que devem ser levadas em conta. Se em determinado bairro aonde tem base eleitoral candidato A ou B não foi citado, isso deve ser motivo de preocupação. A pesquisa pode servir para redefinir a estratégia ou fazer um trabalho de recuperação desse voto. 

RespostaNº.% a
Nenhum/Branco/Nulo12923,5
NS/NR12923,5
Francisco José Júnior213,8
Fuxiquinho132,4
Alex Moacir101,8
Zé Peixeiro101,8
Izabel da Caixa091,6
Tassyo Mardonny091,6
Tomaz Neto091,6
Ricardo de Dodoca081,5
Lairinho071,3
Manoel Bezerra071,3
Arlindo061,1
Cícera Nogueira050,9
Aluízio Feitosa040,7
Carlinhos Silveira040,7
Claudionor040,7
Daniel Gomes040,7
Dão040,7
Flavinho040,7
Genivan040,7
Gilson040,7
Hero040,7
Jorio Nogueira040,7
Miranda040,7
Niô040,7
Vingt-un Neto040,7
Francisco Carlos040,7
Alcivan030,6
Alex030,6
Assunção030,6
Eliézio030,6
Fernando Martins030,6
Gerson Nobrega030,6
Josimar Caraúbas030,6
Luiz Carlos030,6
Maria das Malhas030,6
Narcízio030,6
Nega Rita030,6
Pastor Jorge030,6
Abraão020,4
Alex do Frango020,4
Ariosvaldo020,4
Arlene020,4
Celso Lanche020,4
Cláudio Rodrigues020,4
Emílio020,4
Galego020,4
Giovane020,4
Kakinha020,4
Lucélio020,4
Miguel Mossoró020,4
Moura020,4
Mourinha020,4
Pereira020,4
Raimundinho020,4
Ramiro020,4
Silas020,4
Anchieta010,2
Ângela010,2
Anny Rezielly010,2
Aremir010,2
Babalú010,2
Carlos010,2
Chagas010,2
Chico da Prefeitura010,2
Chico Sales010,2
Claudione010,2
Cordeiro010,2
Costinha010,2
De Assis010,2
Dr. Abrãao010,2
Edson Lobão010,2
Edvaldo010,2
Evilásio010,2
Fatinha010,2
Francisca Sousa010,2
Genilce Alves010,2
Gerson Lopes010,2
Gilberto010,2
Glorinha010,2
Gracinha010,2
Gumércia010,2
Ítalo010,2
Ivan010,2
Jacira Guimarães010,2
Jader010,2
Jomar010,2
Juninho010,2
Lamarque010,2
Legena010,2
Medeiros010,2
Naelson010,2
Nazareno010,2
Nico010,2
Nilson Baixinho010,2
Ogenildo Silva010,2
Paulo Fernandes010,2
Pedro Eugênio010,2
Plínio Sá010,2
Sargento Marcos010,2
Serafim010,2
Soldado010,2
Toinho do Lanchão010,2
Vandanete010,2
Wellington Barreto010,2
Zélia Piató010,2
TOTAL550100,0


Tendência é de que greve dos bancários termine hoje

As duas maiores centrais sindicais do país, que representam os trabalhadores bancários, orientam pelo fim da greve da categoria a partir de hoje, retornando o trabalho normal nas agências amanhã. Tanto a Contraf quanto a Contec entenderam que a proposta de 7,5% (2% de aumento real) apresentada ontem pela Federação Nacional dos Bancos tem avanços e deve ser aceita. A proposta prevê também aumento de 8,5% no valor dos tickets refeição e alimentação, além de 10% de reajuste no teto da Participação de Lucros e Resultados. O piso da categoria iria para R$ 1,5 mil.

Para os bancos privados, a proposta é boa e pode por fim à greve. Já para os públicos, é uma proposta razoável. É possível conseguir muito mais, entendo, porém devido à orientação do comando de greve acho difícil que os colegas da Caixa e Banco do Brasil acabem não aceitando a proposta.

Quem decidirá isso são as assembleias de hoje à noite, em várias cidades do país, incluindo Natal e Mossoró. Aguardemos, então.


terça-feira, 25 de setembro de 2012

Máfia dos Sanguessugas ganha o horário eleitoral gratuito do rádio e TV



Desde hoje começou a ser veiculado no horário eleitoral destinado à coligação Força do Povo um vídeo-denúncia que trata da Máfia dos Sanguessugas, tema que até bem pouco tempo estava proibido na campanha eleitoral.

O vídeo trata do envolvimento do ex-deputado federal Laíre Rosado no escândalo de pagamento de propina descoberto no Mato Grosso e aqui no Rio Grande do Norte pelo Ministério Público Federal. Veja o vídeo e entenda porque a coligação que Laíre apoia tentou de todas as formas evitar que o vídeo fosse ao ar.


Perguntinha do dia

Quem tem coragem de fazer a postagem abaixo, tem medo de mostrar o rosto?

Para reflexão!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Ponto a ponto, o vídeo bombástico que não passou de um traque

A campanha da candidata Larissa Rosado (PSB) publicou hoje no horário eleitoral gratuito da TV um vídeo aonde faz uma série de acusações contra a campanha da candidata Cláudia Regina (DEM). O blog decupou tudo que se fala no vídeo e vai tratar, ponto a ponto. Vamos a ele:

Entra caracteres com voz de locutor: "Notícia de interesse público"

Apresentadora: "Todos são testemunhas de que Larissa está fazendo uma campanha limpa e propositiva. Ao contrário de sua adversária que já foi punida mais de uma vez pela Justiça Eleitoral  por ofender e agredir Larissa. Agora, desesperado com a derrota que se aproxima, o grupo que comanda a prefeitura implantou na cidade uma rede de boatos, agressões, difamações e calúnias contra Larissa. Equipes contratadas pela campanha de Cláudia Regina estão percorrendo os bairros de Mossoró, mentindo e enganando os eleitores. As imagens que vocês verão agora foram gravadas por uma pessoa que trabalhava em uma das equipes e se revoltou com o que está acontecendo. Veja como funciona a rede de mentiras do 25"

NOTA DO BLOG: O texto da apresentadora fala em campanha limpa e agressiva. Não é isso que entende a Justiça Eleitoral, que já condenou a própria deputada, sua mãe, Sandra Rosado, o pai Laíre Rosado e jornalistas empregados seus por vários crimes eleitorais nesta campanha. As multas ultrapassam R$ 160 mil. Isso afora casos isolados de violência não cometidos pela candidata, mas por aliados seus, difamando, mentindo e caluniando quem é ligado ao DEM - inclusive a governadora Rosalba Ciarlini - e até partindo para a depredação, como aconteceu com a kombi do candidato Laurinho Rosado. Vamos ao que dizem esses primeiros trechos do vídeo.

Suposto militante de Cláudia: "A gente está reforçando esse voto para Cláudia Regina porque se comparar as propostas a gente vê que são propostas que não se pode cumprir, né? Tipo, a outra diz que vai colocar ar-condicionado em paradas de ônibus. Aí virou chacota e ela tirou do programa eleitoral. Ela administrou o jornal O Mossoroense e o jornal quebrou. Administrou o Hospital Dix-sept Rosado e está aí: quebrado com o salário atrasado". 

NOTA DO BLOG: O texto da apresentadora fala que essa seria a equipe de Cláudia Regina. Mas não diz em que lugar foi, na casa de quem, não dá endereço. O vídeo em nenhum momento focaliza ninguém. Portanto, essa história de que foi alguém que se revoltou precisa ser melhor contada.  Foi alguém que se revoltou ou é uma montagem mesmo? Isso é para a Justiça apurar. Apenas questiono como jornalista. 

Sobre o conteúdo do vídeo em si, aonde está a rede de mentiras? Quem não sabe em Mossoró que Larissa foi diretora do jornal O Mossoroense e da Casa de Saúde Dix-sept Rosado? Todo mundo sabe disso, inclusive eu. Larissa foi retirada da administração do jornal pelo próprio pai, Laíre Rosado, para que o consultor de empresas José Cristóvão de Lima salvasse a empresa.  Foi levada de lá para a Dix-sept Rosado. E há várias matérias de jornais da época mostrando como foi sua administração por lá. Outra coisa: por que é proibido falar de Larissa como administradora? Não está se falando da mulher ou da mãe, mas da administradora. E é isso que uma prefeita é: administradora. Portanto, verídico ou não, o vídeo não traz em seu conteúdo qualquer tipo de mentira ou crime eleitoral. É nada mais nada menos do que uma tentativa de convencimento ao eleitor. Ou alguém acha que os partidários chegam falando diferente sobre a administração municipal e estadual ao abordarem eleitores de Cláudia Regina? Não há crime nem mentira nisso.

Continuemos com o vídeo...

Apresentadora: "Vários eleitores de Larissa também relatam que estão sofrendo ameaça com a oferta de compra de votos".

Entra vídeo com Joelma Ribeiro, moradora do Tranquilim: "Meu pai recebe leite e ele chegou em casa dizendo que disseram lá onde entra o leite que iria mandar cortar o leite porque lá no Tranquilim é todos Larissa. Foi uma pessoa de Cláudia Regina na minha casa, me ofereceu dinheiro e eu disse que não mudaria"

NOTA DO BLOG: A moradora que faz a denúncia é a mesma que aparece na foto abaixo, que retirei do Facebook, segurando uma das faixas do Dia dos Excluídos. Ela é militante da campanha de Larissa e participou da algazarra que aconteceu no dia 7 de Setembro, aonde deu até polícia. Se a acusação é verdadeira ou não, repito a Justiça é quem vai dizer. Mas poderiam ter procurado alguém neutro. Tem mais: essa é uma acusação gravíssima, sem nada mais do que o depoimento de uma militante. Faltou qualquer prova documental a respeito disso.




Continuemos...

Apresentadora: As equipes da rede de mentiras se reúnem no Shopping Park Center, em duas salas alugadas pelo coordenador da campanha de Cláudia Regina, Neto Queiroz. No vídeo a seguir, você verá uma mulher identificada como Aparecida Delfino, funcionária da prefeitura que no horário dessa gravação deveria estar dando expediente. Aparecida explica como as equipes devem agir caso perguntadas sobre o trabalho que estão realizando:

Entra vídeo com Aparecida: "A empresa que vocês estão trabalhando é a Quixote, é a de Neto. Que Neto agora tem uma agência de publicidade chamada Quixote. O aluguel dessas salas é dele. O que vocês estão fazendo é uma pesquisa sobre a possibilidade de instalar um shopping no Alto de São Manoel. Como vocês estão entrando e saindo está dando na vista. Triste da pessoa que pensar que se esconde de alguma coisa".

Apresentadora: "Nesta gravação de áudio, Aparecida fala que coisas muito piores vão acontecer na véspera das eleições".

Entra áudio com foto de Aparecida congelada: "Porque pode ser que no dia 2 ou no dia 6 de outubro a gente precise fazer algum trabalho de bastidores...  até ideia de Alexandre assim: você quer é ir para lá fazer o que eu não tenho coragem de fazer? Porque o serviço que eles estão fazendo eu não tenho coragem de fazer. Ave Maria, se você não tem coragem de fazer é de matar para lá".

Apresentadora: "Escute novamente: é muito grave o que está sendo tramado".

Repete a fala que supostamente seria de Aparecida.

NOTA DO BLOG: Temos aí vários pontos, caro leitor.O primeiro deles: a estratégia de não dizer que aquele era escritório de campanha não tem nada de errado. Coisa alguma. A campanha de Larissa mesmo tem vários escritórios, inclusive dentro de empresas e de casas de empresários, que funcionam a seu favor e não têm na fachada explicitado: aqui tem um escritório de campanha. O vídeo é um embuste. Tenta apenas criar algum factoide em cima de Neto Queiroz e nada mais. Coisa de amador.

Sobre o áudio, fica difícil de saber se a voz é mesmo a de Aparecida. Escutei com atenção e há indícios fortes de que não seja a mesma pessoa. Além disso, por não  haver imagem, não podemos saber em que contexto foi feita a gravação. Se foi em uma mesa de bar, entre quatro paredes ou ao ar livre. A primeira coisa que deve se esclarecer é se o áudio realmente é de Aparecida. Ouvindo várias vezes, não dá para dizer categoricamente que é dela mesmo. Veja bem: trata-se de áudio e de apenas um trecho de uma conversa. Em nenhum momento é citado o nome de ninguém, muito menos da candidata. Que a Justiça retire a dúvida de nossas cabeças. O áudio é ou não de Aparecida? É coisa para perito. Aproveite e ouça o áudio no vídeo para tirar as suas conclusões. Fica só uma pergunta: por que a parte que não diz nada está em vídeo? E a que tem a suposta ameaça - a ninguém especificamente - está em áudio?

Como o caso está na Justiça, vamos aguardar pelas próximas novidades.



Pesquisa CORREIO DA TARDE/Start mostra queda de 7,6% de Larissa em relação a Cláudia; empate técnico


A eleição de Mossoró está tecnicamente empatada. É o que mostram os números da segunda rodada de pesquisas do instituto Start, publicada na edição de hoje pelo CORREIO DA TARDE. De acordo com o levantamento, a diferença entre as duas candidatas está abaixo da margem de erro, o que aponta para um quadro a ser definido nos próximos dias. Com relação ao levantamento anterior, publicado no dia 22 de agosto, houve queda significa nas intenções de voto das candidatas Larissa Rosado e Cláudia Regina: de 8,2% na estimulada, caiu para 2,6%, enquanto na espontânea caiu de 10,9% para 3,1%. Em termos totais, a queda na estimulada foi de 5,6% e na espontânea de 7,6%.

A segunda pesquisa CORREIO DA TARDE/Start ouviu 550 pessoas entre os dias 15 e 16 deste mês em 26 bairros e comunidades rurais. São eles: Abolição, Aeroporto, Alto da Conceição, Alto de São Manoel, Belo Horizonte, Boa Vista, Bom Jardim, Centro, Conjunto Vingt Rosado, Conjunto Walfredo Gurgel, Costa e Silva, Dom Jaime Câmara, Doze Anos, Lagoa do Mato, Liberdade I, Nova Betânia, Paredões, Planalto 13 de Maio, Redenção, Santa Delmira, Santo Antônio, Barrinha, Alto do Xerém, Hipólito, Jucuri e Passagem de Pedras. A margem de erro é de 4,2% e a confiabilidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TER), sob o número 131/2012.

Estimulada 
Nesta segunda rodada de pesquisa, o instituto Start aponta na pesquisa estimulada que Larissa Rosado está com 47,3%, contra 44,7% de Cláudia Regina. A estimulada é aquela em que o entrevistador mostra um disco com os nomes dos candidatos. O resultado dá uma vantagem, pró-Larissa, de 2,6%.

O resultado está dentro da margem de erro e mostra o mesmo quadro que foi demonstrado nas pesquisas Perfil e Vox Populi, divulgadas no final de semana por um jornal local, e que apontam empate técnico.

Com relação à primeira rodada de pesquisas, o Start mostra que a diferença entre Larissa e Cláudia caiu consideravelmente. Exatos 5,6%. Na pesquisa anterior, publicada em 22 de agosto, a diferença entre as duas na estimulada era de 8,2%.

A pesquisa estimulada atual também mostrou o candidato Cinquentinha tem 1,1% das intenções de voto, contra 0,9% do professor Josué Moreira e 0,2% do professor Edinaldo Calixto. 4,9% disseram que votariam nulo, em branco ou não votaria e 0,9% se mostraram indecisos.

Espontânea
A pesquisa espontânea também mostra acirramento entre as candidatas Larissa Rosado e Cláudia Regina. De acordo com os números do instituto Start, Larissa apareceu na espontânea – aquela em que o nome do candidato não é citado – com 42,7% das intenções de voto, contra 39,6% de Cláudia Regina. A vantagem pró-Larissa é de 3,1%.

Comparando esta primeira pesquisa com a pesquisa anterior, Cláudia Regina tirou 7,6% de diferença entre ela e a sua adversária. Em 22 de agosto, a pesquisa Start mostrou diferença de 10,9% para Larissa: 44,2% contra 33,3% de Cláudia.

Voltando à pesquisa atual, o candidato Cinquentinha aparece com 1,1% dos votos, Josué Moreira com 0,4% e Edinaldo Calixto com 0,2%. 9,8% disseram estar indecisos e 6% votaram branco ou nulo. O nome do vereador Lairinho também foi citado com 0,2%.

Definições
A pesquisa Start mostra que a campanha não apenas está empatada tecnicamente como aponta que o período de definições já chegou. A queda na vantagem de Larissa acirra a disputa e aponta que ganhará a disputa quem errar menos. E mais: ainda existem eleitores indecisos que podem decidir na reta final quem será o novo prefeito ou prefeita de Mossoró.

* Fonte: CORREIO DA TARDE


Cláudia Regina e Larissa Rosado lideram índices de rejeição

No item rejeição, as candidatas Cláudia Regina (DEM) e Larissa Rosado (PSB) lideram. Neste segmento, Cláudia tem 29,8%, enquanto Larissa tem 24,2%. A rejeição é medida com a pergunta: “Ainda olhando para esses candidatos – mostra disco com os nomes – em qual deles o senhor não votaria de jeito algum para prefeito de Mossoró?”

A rejeição alta tanto de Cláudia quanto de Larissa é natural para o fim de uma campanha eleitoral. Como neste momento existe uma cristalização alta de votos, é natural que quem vota numa não vote na outra de jeito nenhum.

Sobre cristalização, a pesquisa CORREIO DA TARDE/Start mostra que 84,2% dizem ter cristalizado o voto e não mudariam de maneira alguma. Por outro lado, 9,1% apontam que poderiam mudar o voto e outros 6,7% responderam talvez ou depende.

A rejeição também serve para apontar quais os percentuais máximos que cada candidata pode chegar.

Ainda sobre rejeição, o candidato Cinquentinha aparece com 8,2%, Professor Edinaldo Calixto com 4,6% e Josué Moreira com 2,6%. 14,4% não souberam ou não responderam a essa pergunta e 10% disseram que poderiam votar em todos. 6,4% não votariam em ninguém.


A verdade dos fatos: Julierme Torres desmente blog comprado

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) propôs parceria ao ao Jornal de Fato, para registro e divulgação das duas pesquisas de intenção de votos que a instituição contratou sobre a disputa pela Prefeitura de Mossoró. A proposta acabou não sendo aceita pelo amigo jornalista César Santos, diretor-presidente do De Fato, e as pesquisas acabaram sendo registradas pela Gazeta do Oeste.

Pelo que o blogueiro sondou, dois fatores pesaram na decisão de César Santos de recusar a parceria com a FIERN. O primeiro é que já havia uma deliberação do Jornal De Fato de só publicar pesquisas contratadas e pagas pela própria empresa. A única exceção aberta foi para a CERTUS/TCM, pois foi previamente anunciado um pacote de quatro pesquisas, o que demonstrava um interesse de acompanhar o processo eleitoral como um todo, e não apenas um despertar pela reta final da disputa.

Outro fator que pesou na decisão de César foi o instituto de pesquisa escolhido. A FIERN optou por trabalhar com o Vox Populi, empresa mineira que tem ligações com o Partido dos Trabalhadores (PT). É o Vox que faz as pesquisas internas do PT, já há bastante tempo. Por causa dessa ligação, o Vox Populi já teve várias vezes seus números questionados.

Fonte: Julierme Torres (www.juliermetorres.com.br)

NOTA DO BLOG:  Um blogueiro comprado - ou vendido, como queiram - inventou semana passada mais uma mentira, com o objetivo de insinuar que o Jornal de Fato não teria aceito a pesquisa porque teria sido oferecida pela candidata Cláudia Regina. Um tiro no pé. Porque, como sempre, as mentiras que escreve são sempre desvendadas com a verdade dos fatos. Julierme conhece bem o jornal e o seu proprietário e tem trânsito livre na empresa, aonde trabalhou. Sabe o que está dizendo. 


sábado, 22 de setembro de 2012

Perfil mostra diferença de 2,14% entre Larissa e Cláudia


De acordo com o instituto Perfil, divulgada na edição deste domingo – mas já disponível na Internet – pelo jornal Gazeta do Oeste, as candidatas Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM) estão tecnicamente empatadas na disputa pela prefeitura de Mossoró.

A diferença entre as duas é de 2,14% na estimulada e 2,28% na espontânea.

Veja os resultados abaixo:

DESTES NOMES, EM QUAL O(A) SR(A) PRETENDE
VOTAR PARA PREFEITO DE MOSSORÓ ESTE ANO?
(ESTIMULADA)
LARISSA
41,57 %
CLAUDIA REGINA
39,43 %
INDECISO
13,29 %
BRANCO/NULO
3,29 %
CINQUENTINHA
1,14 %
PROFESSOR JOSUÉ
1,14 %
EDNALDO CALIXTO
0,14 %
Valores totais:
100,00%


EM QUEM O(A) SR(A) PRETENDE VOTAR PARA
PREFEITO DE MOSSORÓ ESTE ANO? (ESPONTÂNEA)
LARISSA
38,57 %
CLAUDIA REGINA
36,29 %
INDECISO
20,57 %
BRANCO/NULO
3,43 %
PROFESSOR JOSUÉ
0,57 %
CINQUENTINHA
0,43 %
OUTROS
0,14 %
EDNALDO CALIXTO
0,00 %
Valores totais:
100,00%



Wanderlânia Lima comemora dois anos de colunismo no CORREIO DA TARDE


Acontece hoje, dia 22, às 22h22, a festa promovida por Wanderlânia Lima para comemorar os 2 anos da coluna “Na Berlinda” no jornal CORREIO DA TARDE. Para essa ocasião especial, a colunista escolheu o tema Fé para receber seus convidados.

O amarelo foi a cor escolhida por Wanderlânia para nortear a ambientação do evento. A talentosa Socorro Paiva está responsável pelo banquete de delícias que será servido pelo buffet da festa. A boa gastronomia que já é marca registrada do Requinte Buffet será mais um atrativo da noite de Fé.

Outro ponto alto da gastronomia será o típico café da manhã oferecido pelo Villa Real Fazenda Resort no final da festa, já pela manhã. O empreendimento estará patrocinando esse super café para recarregar as energias dos convidados. A Master já planejou um lugar especial, com um toque bem sertanejo.

Os ritmos mais animados estarão presentes na comemoração de Wanderlânia. Serão cinco atrações musicais representando os mais diversos ritmos. Sobem ao palco a cantora Renata Falcão, a banda natalense I’m Not Cat Now, Radiola Club, Salsalada e Dj Balinha.


Em defesa da indústria salineira de Mossoró

Olha, caro leitor, não defendo e nunca defenderei qualquer tipo de cartel. Se ele existe, deve ser punido, sem dúvida alguma. Porém, observando a ação ontem do Cade em torno de empresas do ramo salineiro de Mossoró, considerei frágeis os argumentos de que existiria um cartel na cidade. Primeiro, porque são dezenas de empresas do setor. Segundo, porque a indústria do sal não se resume a Mossoró. Aliás, é bom que se diga, tem muito empresário forte no Rio de Janeiro e em outros estados brasileiros, que se utilizam do nosso sal para ganhar até mais dinheiro do que as nossas salinas produzem.

O que me deixou com uma pulga atrás da orelha — claro, sem colocar em dúvida a seriedade do trabalho do Cade, um órgão competente — é que nenhuma das grandes empresas foram vítimas da busca e apreensão. Ora, caro leitor, como é possível um cartel sem a participação das “gigantes” do setor? Esse assunto precisa ser melhor explicado.

E, diante da dúvida, fico com quem tem compromisso com a cidade e com a região, gerando milhares de empregos, no caso, a indústria salineira.


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Advogado entra com reclamação contra juiz eleitoral de Mossoró



O advogado Humberto Fernandes, que faz parte da assessoria jurídica da Força do Povo, encaminhou uma reclamação ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedindo que “restabeleça a autoridade da decisão daquele colegiado”. O foco principal da reclamação é o suposto não-cumprimento de decisão do TRE que autorizou o uso do tema Máfia dos Sanguessugas no horário eleitoral gratuito de rádio e televisão. Humberto critica a postura do juiz eleitoral Herval Sampaio Júnior, que considera estar contribuindo para desequilibrar a disputa.

“Nós encaminhamos uma reclamação para que o Tribunal determine o cumprimento da decisão e restabeleça a autoridade da sua decisão que permite que esse (sanguessugas) e outros temas sejam tratados no horário eleitoral gratuito”, informou ao CORREIO DA TARDE, na manhã de hoje.

Humberto Fernandes se mostrou indignado ontem, via Twitter, com a postura do magistrado, que ele considera fugir da racionalidade. “As decisões indicam que um lado pode criticar o Governo do Estado e a Prefeitura de Mossoró, mas o outro não pode falar sobre os desmandos na Casa de Saúde Dix-sept Rosado, na administração de Sandra quando foi prefeita de Mossoró e no caso dos sanguessugas”, criticou.

O advogado lembra que, assim como decidiu o TRE, são temas de domínio público e que precisam ser levados à maioria da população. “Isso em nada tem a ver com ataque pessoal. Até porque fazem parte de informações e processos que toda Mossoró conhece. O processo dos sanguessugas é público, já foi amplamente divulgado pela imprensa. O que isso tem a ver com ataques pessoais?”, indagou.

Direitos
Outro questionamento feito pelo advogado é quanto ao fato de que todos os direitos de resposta pedidos tanto pela administração municipal quanto pela estadual foram negados. Porém, no primeiro direito de resposta pedido pela oposição, segundo ele, houve deferimento. “Falamos sobre a votação da Favela do Tranquilim e o juiz decidiu que os vereadores citados teriam direito de resposta. A outra coligação já falou inúmeras inverdades sobre as administrações e nada foi possível corrigir através do direito de resposta”, enumerou.

Para Humberto Fernandes, as decisões quebram a isonomia do pleito, na medida em que permitem que um lado faça campanha livremente, enquanto o outro lado estaria tendo o seu direito de fazer o programa eleitoral cerceado. “Ele tem dito que as coligações devem fazer uma campanha propositiva, mas isso não é o juiz quem decide. Quem tem de decidir isso é a coligação. Mostrar o que a outra coligação fez de errado também é importante, porque as pessoas precisam saber disso”, disse.

O advogado contou que há pouco tempo, em uma reunião, o magistrado queria impedir que a propaganda de caveletes fosse colocada nos canteiros. “Isso foge da racionalidade. Não há nenhum dispositivo legal que proíba isso”, reclamou.

"Durante o processo eleitoral, os protagonistas são as coligações. O juiz está querendo aparecer mais do que os candidatos", finalizou.

* Matéria redigida por mim e publicada na edição de hoje do jornal CORREIO DA TARDE, já nas bancas


Juiz eleitoral garante que tem tomado decisões com isenção



O juiz da propaganda eleitoral no pleito de Mossoró, Herval Sampaio Júnior, negou que tenha descumprido a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a respeito do uso do tema Máfia dos Sanguessugas  no horário eleitoral gratuito de rádio e televisão. Ele classifica como inverídicas as reclamações do advogado Humberto Fernandes, da coligação Força do Povo.

“A decisão chegou na quarta-feira à tarde, através dos colegas dele (Humberto). E imediatamente eu suspendi a minha decisão e avisei tanto no rádio quanto na televisão que se chegasse material com esse tema (sanguessugas) poderia colocar no ar”, garantiu.

Herval Sampaio explicou que vetou o tema por entender que ele atinge a imagem da candidata Larissa Rosado (PSB), já que se trata de ilação entre ela e o seu pai, o ex-deputado federal Laíre Rosado (PSB), envolvido na Máfia dos Sanguessugas. “No meu convencimento as inserções eram ilegais porque denigrem a imagem da candidata. A campanha para mim deve ser de propostas e não de calúnia e de difamação. Mesmo assim, tão logo recebi a decisão do TRE, dei pronto cumprimento”, garantiu.

Herval refuta veementemente o que ele entende serem insinuações de que estaria agindo de forma tendenciosa. “Eu já condenei Larissa, já condenei Laíre, já condenei Sandra (deputada federal, mãe da candidata e mulher do ex-deputado), a TV Mossoró, Jório (Nogueira, vereador aliado de Larissa) e vários outros. Eu decido pelo meu convencimento”, assegurou.

O juiz eleitoral revela que tem sofrido pressão de todos os lados quanto às suas decisões, mesmo assim têm decidido de acordo com as suas convicções de magistrado. “Eles (advogados das coligações) pressionam de todos os lados. Estou fazendo o meu trabalho de consciência tranquila”, reafirmou.

“A sociedade tire as suas próprias conclusões. Na minha vida e nas minhas decisões não há descumprimento nenhum da legislação eleitoral”, finalizou.


Irmão Lamarque é nome forte na coligação PTN/PSDB


O líder evangélico Lamarque Oliveira é um nome forte dentro da coligação PSDB/PTN, que em boa parte tem os nomes que foram do PSL na campanha passada e elegeram dois vereadores. O trabalho social dele no Centro Social Heróis da Fé o credencia a buscar uma das 21 vagas na Câmara Municipal de Mossoró.

Lamarque é filho do pastor Francisco Oliveira e genro do pastor Francisco Vicente, hoje vice-presidente da Assembleia de Deus de Mossoró e braço direito do pastor Martin Alves por muitos anos quando este era pastor em Mossoró. O trabalho de Lamarque tem sido feito, do ponto de vista político, ligado ao nome da candidata a prefeito Cláudia Regina (DEM). Ele é um dos candidatos que sempre pede o voto  casado.


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Sindicatos do sal e Fiern emitem nota repudiando operação

O Sindicato dos Moageiros de Sal do Rio Grande do Norte (SIMORSAL), o Sindicato dos Extratores de Sal (SIESAL) e a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) emitiram nota de repúdio contra operação da Polícia Rodoviária Federal e do Conselho de Administração e Defesa Econômica (CADE). Veja na íntegra:


         NOTA DE REPÚDIO


A FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS, O SINDICATO DA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DO SAL E O SINDICATO DE MOAGEM E REFINO DE SAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, na data de hoje, foram surpreendidos com medidas judiciais de Busca e Apreensão, promovidas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE, com o propósito de reunir elementosdestinados à comprovação de suposta prática de cartel pelas empresas produtoras de sal doEstado do Rio Grande do Norte, através de liminares concedidas por Juízes Federais das Seções do Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Os representantes da entidade pública em apreço, acompanhados de Oficiais de Justiça e de Força Policial fortemente armada, invadiram dependências dos próprios Sindicatos, signatários da presente, e de diversas empresassalineiras, quadro que, além de desnecessário e intimidador, ensejou constrangimentos para os empregados que,  na oportunidade, lá se encontravam .

Repudia-se as medidas truculentas tomadas pela Autarquia Federal em tela, sob os auspícios de meros e infundados indícios, assinalados na Averiguação Preliminar nº 08012.005882/2008, instaurada pela Secretaria de Direito Econômico -SDE do Ministério da Justiça, com a motivaçãode, simplesmentemelhor apurar os fatos, sem sequer, portanto, a constatação de qualquerirregularidade.

Percebe-se, a mais não poder, não só a própria desnecessidade das medidas judiciais, como igualmente as diligências violentamente concretizadas, inclusive, repita-se, com força policial munida de armamento de alto calibre, o pior que, unicamente para buscar e apreenderaleatoriamente, papéis de qualquer natureza, computadores e arquivos eletrônicos, cujos materiais poderiam facilmente terem sido solicitados pelo CADE diretamente a cada uma das empresas e dos Sindicatos salineiros, os quais, com toda certeza, não se negariam a traditá-los.

Não é demais lembrar da importância da indústria salineira para o Estado do Rio Grande do Norte, que alcança milhares de empregados, além de ser também uma das principais contribuintes de impostos, federais, estaduais e municipais.


A Federação das Indústrias, o Sindicato da Indústria da Extração de Sal e o Sindicato de Moagem e Refino de Sal do Estado do Rio Grande do Norte, vêm a público e junto às autoridades governamentais do país e do Estado do Rio Grande do Norte, manifestar os seus veementes protestos pelas agressões sofridascomprometendo-se, outrossim, colaborar para que a justiça seja restabelecida.


Natal, 20 de setembro de 2012.  


FIERN - FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SIESAL – SINDICATO DA INDÚSTRIA DA EXTRAÇÃO DO SAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SIMORSAL – SINDICATO DE MOAGEM E REFINO DE SAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Candidata tenta evitar que Máfia dos Sanguessugas seja explorada na TV, mas TRE nega

Larissa tentou evitar divulgação do escândalo que envolve o pai, Laíre Rosado

A candidata a prefeito pela coligação Mossoró Mais Feliz, Larissa Rosado (PSB), tentou evitar que o tema “Máfia dos Sanguessugas” fosse explorado no horário eleitoral gratuito de rádio e TV. Após o tema ser citado pelo candidato Ednaldo Calixto (PRTB), ela conseguiu uma liminar em primeira instância em que era proibida a menção ao assunto. Na terça-feira à noite, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou o pedido e liberou o tema.

Larissa Rosado alegou que o tema traria prejuízo à pessoa do seu pai, o ex-deputado federal Laíre Rosado (PSB), apontado pela Justiça Federal em Mato Grosso e no Rio Grande do Norte, como participante de um esquema de desvio de dinheiro público, que deveria ter sido usado na compra de ambulâncias e remédios para atender à população de Mossoró.

Além de Laíre Rosado, pai da candidata Larissa, também é réu o ex-marido dela, o comerciante Francisco Andrade Silva Filho. A Justiça Federal acusou os dois de crimes como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e ocultação de bem público. Ambos já foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) nos estados do Rio Grande do Norte e em Mato Grosso.

Na decisão do TRE, os desembargadores entenderam que "a divulgação sobre o fato de alguém estar sendo processado não configura ofensa capaz de autorizar a reapresentação da propaganda, nos termos do art.3, incisos 1º e 2º da Lei nº 9.504\97, pois é natural que se exponha o candidato ao público com todas as circunstâncias que lhe rodeiam, inclusive as que se referem a seus familiares".


Máfia dos Sanguessugas foi descoberta pela PF e envolve Laíre e Múcio Sá

A Máfia das Sanguessugas foi descoberta em investigações da Polícia Federal e envolvia deputados e senadores que desviavam dinheiro do Ministério da Saúde através da compra de ambulâncias a empresas ligadas a Luiz Antônio e Darci Vedoin, peças centrais do esquema. Os ex-deputados federais potiguares Laíre Rosado e Múcio Sá foram denunciados na Justiça por envolvimento com a máfia. Só no núcleo montado no Rio Grande do Norte, mais de R$ 1,2 milhão teriam sido desviados.

Contra Laíre correm processos em Mato Grosso e no Rio Grande do Norte, todos por suposto desvio de dinheiro público que deveria ter ido para o atendimento às famílias carentes de Mossoró. Em Mato Grosso, a denúncia é centrada na alocação - por parte do ex-deputado - de emendas para compra de ambulâncias.

De acordo com os procuradores, Laíre indicava emendas para compra de ambulâncias para a sua fundação, a Vingt Rosado, e recebia, em troca, propina. O valor das ambulâncias, de acordo com a denúncia recebida pela Justiça, era superfaturado para que o excedente fosse liberado para Laíre e outras dezenas de parlamentares e ex-parlamentares.


Processos mais graves dos sanguessugas de Mossoró correm aqui no RN

Os processos mais graves, no entanto, correm no Rio Grande do Norte. Denunciado pelo Ministério Público Federal do Estado, ele é acusado de "trocar papéis" com empresa de Mato Grosso, como forma de ficar com o dinheiro. O esquema é revelado pelo empresário Ronildo Pereira Medeiros, em depoimento ao próprio MPF, valendo-se da delação premiada.

Segundo ele, os medicamentos nunca eram entregues. Na verdade, havia apenas uma troca de papéis, aonde se simulava uma licitação aonde apenas a Frontal ganhava. O dinheiro era dividido entre as partes. Segundo o MPF, depósitos foram feitos na própria conta de Laíre e de outros "laranjas". Mais de 1,2 milhão teriam sido desviados pelo esquema montado pelo ex-deputado federal Laíre Rosado e o ex-marido da candidata Larissa Rosado, Francisco Andrade Filho, que na época dirigia a Associação de Proteção Materno Infantil (APAMIM), investigada também pela Polícia Federal.




Perda da Faculdade de Medicina da Ufersa é inexplicável


Inexplicável a perda da Faculdade de Medicina da Ufersa para Caicó. Nada contra os seridoenses, que merecem ter a sua faculdade, porém os argumentos apresentados pelo reitor Arimatea Matos são fragilíssimos. Ora, caro leitor, estrutura de saúde maior do que a de Mossoró, Caicó não tem. Não tem mais leitos, não tem demanda maior, não é mais polo do que Mossoró, que congrega em torno de si mais de um milhão de habitantes, de cerca de 60 cidades. O que, então, justifica a ida da Faculdade de Medicina para Caicó: vontade política, nada mais do que isso.

Versão
Não acredito na versão de que a Faculdade de Medicina foi levada pela deputada Fátima Bezerra (PT) para enfraquecer a candidatura a prefeito do ex-reitor Josivan Barbosa (PT), que tentava carreira solo em Mossoró. O que aconteceu, verdadeiramente, foi má-vontade política do ministro Alexandre Padilha.

Mossoró
Quem não se lembra que Padilha vem segurando os equipamentos da UPA do Belo Horizonte desde o ano passado? Ele prometeu que enviaria os equipamentos em fevereiro de 2011. Eis que agora, em setembro de 2012, eles não chegaram e nem vão chegar.

Estranhas
Fala-se que forças estranhas estão segurando os equipamentos em Brasília. E Padilha aceita como se fosse um cordeirinho.


Wal-Mart e Prefeitura selecionam para novo Maxxi Atacado

O grupo Wal-Mart, no empreendimento Maxxi Atacado, reforça a parceria com a Gerência do Trabalho. De acordo com Vera Cantídio, gerente do Trabalho, todo o processo seletivo está sendo feito pela Gerência. A seleção já está acontecendo desde o último dia 17 na Agência II.

Para a gerente é mais uma oportunidade de emprego, considerando que estão sendo disponibilizadas vagas para diversas funções destinadas a profissionais que atendam aos requisitos exigidos pela empresa.

Estão sendo oferecidas vagas para operador de caixa, conferente (frente de caixa), fiscal de caixa, operador – piso de loja (repositor), operador de empilhadeira, auxiliar administrativo (recebimento), conferente (depósito), operador/auxiliar administrativo de televendas, técnico de manutenção, analista de estoque, operador de estacionamento, auxiliar de açougue, fiscal de segurança alimentar, entre outras funções.


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Câmara de Mossoró aprova fim do voto secreto


O plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou nesta quarta-feira (19) o Projeto de Resolução nº 04/2012, de autoria da Mesa Diretora, que altera o Artigo 247 da Resolução 01/97 (Regimento Interno), incluindo o painel eletrônico em todas as votações e acabando com as votações secretas no Legislativo Mossoroense.

De acordo com a nova redação dada ao Artigo 247, passam a existir apenas dois processos de votação na Câmara de Mossoró: simbólico, onde o presidente convida os vereadores a se manifestarem ou não para a votação de matéria e contagem dos votos; e nominal por chamada ou por processo eletrônico, onde haverá a apuração dos votos favoráveis e contrários, com consignação expressa do nome e do voto de cada vereador.

A votação nominal será aplicada nos seguintes casos: votação dos pareceres do Tribunal de Contas sobre as contas do Poder Executivo e Poder Legislativo; composição das comissões permanentes; eleição da Mesa Diretora; cassação do mandato do prefeito e vereadores; concessão do título de cidadania e outras homenagens do Legislativo; apreciação de vetos por parte do Executivo ou na abertura de processo de cassação de cassação de prefeito e vereador.

Ainda de acordo com a nova redação do Regimento Interno, toda a votação será feita por meio do painel eletrônico da Casa, instalado durante a atual gestão, presidida pelo vereador Francisco José Júnior. Este sistema de votação garante segurança na autenticação de todos os acessos através do reconhecimento digital. O sistema trouxe agilidade, transparência e organização nos processos de votação. Além disso, garante mais segurança na apuração dos resultados.

O presidente da Câmara, vereador Francisco José Júnior ressaltou a importância da aprovação da nova redação do Artigo 247 do Regimento Interno. “É um grande passo que estamos dando para garantir a transparência nesta Casa. É um marco no Rio Grande do Norte e também no país. A Câmara de Mossoró foi a primeira a adquirir o painel eletrônico e também a primeira a acabar com as votações secretas no Rio Grande do Norte”, afirmou Francisco José Júnior.