quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Justiça cassa prefeito e vice de Campo Grande


O juiz Flávio César Barbalho de Melo, da comarca de Campo Grande, cassou o mandato do atual prefeito, Francisco das Chagas Eufrásio Vieira de Melo, conhecido como Bibi de Nenca, do vice-prefeito Caramuru de Oliveira Monte de Paiva e Azevedo e do ex-prefeito José Edilberto de Almeida, o Bebeto. A decisão foi por compra de votos, conforme a sentença publicada ontem.

Bebeto teria empregado duas pessoas na prefeitura e ainda dado certa quantia em dinheiro para que elas votassem em Bibi, seu aliado à época. O ato foi considerado pelo magistrado como sendo extremamente grave e criador de vantagem para o prefeito. A sentença de agora tem efeito na atual eleição e também na eleição passada, porque Bibi foi cassado e ainda perdeu os direitos políticos por oito anos, o mesmo acontecendo com Caramuru e Bebeto.

Fato curioso: os três são candidatos na atual eleição e vão continuar na disputa subjúdice. Trocando em miúdos: podem ganhar, mas não levar.


Nenhum comentário: