quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Dnit anuncia obra da BR-110 para este mês; Rosalba cobra obra da Francisco Mota


A governadora Rosalba Ciarlini recebeu a confirmação nesta quarta-feira (30), em Brasília, que em dezembro começam as obras da BR-110, trecho Mossoró/Upanema/Campo Grande. A noticia foi dada pelo diretor do Dnit, general Jorge Fraxe, que faz questão de ir ao estado para autorizar o início dos serviços juntamente com a governadora Rosalba Ciarlini.

Além de integrar esses municípios da região oeste, a rodovia é considerada obra fundamental de ligação entre os estados do Rio Grande do Norte e a Paraíba. “São 78 km de rodovia que possibilitarão o desenvolvimento da região e do Estado”, explica a secretaria de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto.

“A construção desse trecho da BR-110 traduz um sonho de mais de 20 anos dos oestanos”, lembra a governadora, que também solicitou ao diretor do Dnit a abertura do processo licitatório para a duplicação do trecho urbano da BR-110 em Mossoró, denominado Avenida Francisco Motta. O projeto conta com duplicação de via, canteiro central, passarelas, acostamentos e vias marginais, proporcionando estrutura adequada de segurança e conforto aos usuários.

O Governo do Estado apresentou emenda de R$ 30 milhões ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2012 para a duplicação da Francisco Motta. A avenida é o principal acesso à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Também é a única ligação para o município de Areia Branca de onde saem diariamente centenas de caminhões transportando sal e petróleo. “A Avenida Francisco Motta tem um tráfego intenso e, por conta disso, a incidência de acidentes com mortes é grande”, observa a secretaria Kátia Pinto, lembrando que o projeto de humanização e melhoria no transito foi iniciado em 2004, pela então prefeita Rosalba Ciarlini, na Avenida Presidente Dutra, entrocamento com a BR-110.


terça-feira, 29 de novembro de 2011

Câmara aprova dez emendas ao Orçamento 2012 de Mossoró

A Câmara Municipal de Mossoró realizou hoje (29) a primeira votação das emendas ao Orçamento Geral do Município para o exercício 2012, de acordo com o Projeto de Lei nº 1061/2011. Do total de 42 emendas apresentadas pelos vereadores, 30 receberam parecer favorável e 12 foram rejeitadas pela Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade da Câmara, que teve como relator o vereador José Domingos Gondim (Zé Peixeiro).

A bancada da situação apresentou requerimento para a votação em separado de 20 emendas de autoria dos vereadores da bancada da oposição, que foram todas rejeitadas pelo placar de 7 a 5. As outras 10 emendas foram aprovadas, sendo 5 aditivas e 5 modificativas.

A segunda votação do Orçamento será realizada na próxima quarta-feira (7).


Câmara de Mossoró e Fecam promovem Seminário Legislativo


A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) e a Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM) realizam nesta sexta-feira (02), a partir das 8h, a primeira edição do Seminário Legislativo Mossoroense, com o objetivo de oferecer capacitação para presidentes de Câmaras, vereadores, assessores legislativos, servidores das Câmaras Municipais, presidentes de partido e pré-candidatos de Mossoró e região, estudantes e demais interessados. 

O encontro contará com a presença do vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte, o presidente estadual do PSD, Robinson Faria, que será um dos palestrantes, com o tema: “Experiência Legislativa para a Sociedade”. Ainda durante o encontro, serão trabalhados os temas: Oratória e Direito Eleitoral. As inscrições são gratuitas e estarão sendo feitas no local.

Além do vice-governador, o presidente da FECAM, vereador Edivan Martins, presidente da Câmara Municipal de Natal, já confirmou presença, assim como outros presidentes de Câmara da região.

O presidente da Câmara de Mossoró, vereador Francisco José Júnior, destacou a importância do evento, que deverá reunir mais de 150 pessoas de toda a região. “Estamos em um ano pré-eleitoral e cada vez mais, notamos a necessidade de qualificação, por isso, nos preocupamos em oferecer cursos como oratória e direito eleitoral. Em parceria com a FECAM, estamos realizando este seminário, que será apenas o primeiro de uma série, e que é também o primeiro passo para a implantação da Escola Legislativa. Uma oportunidade imperdível, em especial, para os futuros candidatos a um cargo no próximo ano”.


Dilma anuncia apoio a Larissa. E agora, Josivan?


A presidente Dilma Rousseff anunciou que virá a Mossoró apoiar a candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) nas eleições do ano que vem. Disse isso com todas as letras durante a sua passagem por São Gonçalo, ontem. A declaração é um balde de água fria na pré-candidatura do reitor da Ufersa, professor Josivan Barbosa, que depois de receber “apoio irrestrito” do presidente da legenda, deputado Rui Falcão e do deputado federal cearense José Guimarães (PT) ontem teve seu ímpeto freado pela presidente.

Conclusões
O blog chega a duas conclusões que são óbvias: Dilma desautorizou o presidente nacional do PT, que chegou a dizer em Mossoró que a imagem dela e do ex-presidente Lula só poderiam ser utilizadas por Josivan, como candidato legítimo da legenda. E mais: Josivan está no caminho da fritura, em fogo brando, via Brasília. Vamos aguardar para ver o tamanho da repercussão disso.

Presença
Sobre a presença da presidente de Larissa acredito que não vai fazer grande diferença. Não que não seja importante, claro que é. Porém, todo mundo lembra que o presidente Lula, muito mais popular e um dos maiores políticos do mundo hoje, também esteve por aqui. E o efeito nas urnas foi mínimo. A verdade é que essas lideranças nacionais não pesam suficientemente para decidir uma eleição. A eleição de Mossoró é localizada e tem vários ingredientes que “espantam” o poder de influência dos forasteiros.


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Flávio Veras mostra a sua força e já coloca Kerginaldo na liderança de pesquisa


E o prefeito de Macau, Flávio Veras (PMDB), mostra porque é o maior eleitor do município no momento. Pesquisa do instituto Teledata, de Assu, aponta que o seu candidato — ainda não-lançado oficialmente, mas que todo mundo já sabem que é ele — Kerginaldo Pinto, já lidera as pesquisas locais. Kerginaldo apareceu com 22% das intenções de votos dos eleitores que responderam ao questionamento no sábado passado, dia 26.

É claro que é cedo para dizer que a campanha será vencida por Kerginaldo. Porém, devido à sua baixa rejeição e ao fato de ter o prefeito Flávio Veras empenhado em seu sucesso, ele parte bem e se mostra com potencial de vencer a eleição. O que muita gente duvidava, diga-se de passagem, mas que Kerginaldo vem conseguindo superar.

Veja abaixo o resultado da pesquisa, que foi publicada em primeira mão pelo blog da jornalista Thaísa Galvão (www.thaisagalvao.com.br).

Kerginaldo – 22%
Odete Lopes – 15%
Zé Filho – 14%
Eduardo Lemos – 12,3%
Bosco Afonso – 3,3%
Champirra – 2,5%
Candidato do PT – 2%
Indecisos – 6,3%
Brancos/Nulos – 6,5%
Não Responderam – 16,3%


As vaias a Rosalba em São Gonçalo e a falta de humildade

Já escrevi aqui e repito: confio na governadora Rosalba Ciarlini (DEM) como boa administradora, uma pessoa bem intencionada. Porém, também volto a repetir: falta humildade na hora de entender que o Governo precisa de ajuda. Ora, caro leitor, as vaias recebidas pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em São Gonçalo do Amarante, ontem, durante a passagem da presidente Dilma pelo lugar, não são apenas dos moradores daquele município. Elas representam o sentimento da grande maioria dos municípes potiguares.

Em Macau, onde estou morando durante a semana, tenho ouvido diariamente reclamações quanto ao Governo que vão desde o sucateamento da Central do Cidadão aos problemas com os servidores. Creio que Rosalba deveria, ao invés de ficar achando supostos mentores das vaias, ter humildade e arregaçar as mangas.

Postura
Tudo deveria começar com relação à postura junto aos aliados. O episódio Robinson Faria (PSD) revelou um ar de superioridade que só trouxe prejuízos para o Governo. Ao contrário do que pensa o seu mentor, o ex-deputado Carlos Augusto, a fritura de Robinson trouxe mais prejuízo para Rosalba do que para o próprio vice-governador, do ponto de vista da imagem. Robinson saiu como vítima, como perseguido. Enquanto Rosalba saiu como a mulher que tem um carrasco por trás dela.

Administração
E o que isso influencia na administração? Muito, caro leitor. Sem um clima político de paz, Rosalba vai sendo minada em sua popularidade, o que prejudica o andamento do trabalho. Repito: Rosalba é uma boa administradora e pode fazer muito ainda pelo Rio Grande do Norte, mas vai ter de se desvencilhar — ela e Carlos Augusto, diga-se de passagem — da velha mania de perseguição. No Governo do Estado não dá para continuar repetindo a endemoninhação de aliados e adversários como se eles fossem responsáveis pelos erros que são exclusivamente da atual administração.

Concluindo
Rosalba precisa entender que só se conquista o Estado com resultados. E até aqui, os resultados do seu Governo são pífios. Claro que tem a crise financeira, mas esse discurso já está cansado e pode criar um desgaste que se tornará irreversível. A luz amarela está acesa. É hora de tomar alguma atitude que a transforme em verde brevemente.


Se Lauro levava dinheiro para Wilma, por que isso só apareceu agora?

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB) bateu duro no Ministério Público, acusando-o de “pirotecnia jurídica” no caso da Operação Sinal Fechado. A resposta veio à galope e mais dura do que a própria peça acusatória do MP.

De acordo com os promotores envolvidos na investigação, Wilma receberia os valores das propinas através do filho, o advogado Lauro Maia. A declaração, evidentemente, caiu como uma bomba no meio político.

Ora, caro leitor, Lauro aparece como beneficiário de outros supostos esquemas de corrupção. Na Operação Hígia, que apurou escândalo na área da saúde, o advogado chegou a ser preso, atuando como suposto recebedor de dinheiro de propina. Interessante é que naquela oportunidade no nome de Wilma não apareceu como beneficiária do esquema. Tanto que só foi citada por ser a titular do Governo.

Agora, no entanto, Lauro seria o atravessador de Wilma. Afinal de contas, caro leitor, alguma coisa nos foi escondida na Operação Hígia. Aguardemos os desdobramentos.


Começam as apostas para a Mega Sena da Virada, que pode pagar R$ 170 milhões

As apostas na Mega da Virada 2011 começaram hoje (28) em todas as 11 mil lotéricas do país. A previsão inicial da Caixa Econômica Federal é que o prêmio ultrapasse os R$ 170 milhões, tornando-se um dos maiores da história das loterias no Brasil.

Até o momento, já estão acumulados mais de R$ 56 milhões, relativos a 5% do total destinado a prêmios de todos os concursos da Mega-Sena de 2011, que ficam automaticamente guardados para o sorteio especial de fim de ano. Esse montante se acumula até o último concurso, antes do sorteio da Mega da Virada, quando então esse valor é somado às vendas paralelas da edição de fim de ano, feita por meio de volante especial. 

Assim como aconteceu nas duas primeiras edições, o sorteio será realizado na noite do dia 31 de dezembro e não vai acumular. Se não houver ganhadores na faixa principal, seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores da quina e assim por diante.

As apostas na Mega da Virada ficarão abertas até o dia do sorteio e custam o mesmo que as apostas na Mega-Sena. Apesar de as lotéricas começarem a registrar apostas para o sorteio da Mega da Virada no dia 28 de novembro, os sorteios regulares da Mega-Sena continuam a ser realizados normalmente.

Em 2010, a Mega da Virada pagou o maior prêmio da história das loterias na América Latina. Na ocasião foram sorteados R$ 194,3 milhões. Quatro apostadores acertaram os seis números e dividiram a premiação. Cada um levou pra casa mais de R$ 48,5 milhões.

As Loterias Caixa cresceram 8% no acumulado até outubro, em comparação com o mesmo período de 2010. Até o fechamento do mês passado, a arrecadação bateu os R$ 7,63 bilhões, contra R$ 7,05 bilhões do ano anterior.


domingo, 27 de novembro de 2011

Larissa foi a líder do Governo que articulou projeto do Consórcio Inspar na Assembleia


Uma dose de memorex para os nossos leitores: quem foi que articulou na Assembleia Legislativa a aprovação do projeto de lei que abriu as portas para o Consórcio Inspar fazer a famigerada inspeção veicular no Rio Grande do Norte?

A resposta está na ponta da língua: a líder do Governo à época, responsável pela articulação que garantiu a aprovação do projeto, era Larissa Rosado (PSB).

Detalhe: o projeto teria sido elaborado pelo próprio Consórcio Inspar, que não apenas o teria redigido como o direcionado para que ele ganhasse a licitação.

O post é apenas para registro, na medida em que não existe qualquer indício de envolvimento de Larissa no golpe aplicado ao Detran. Mas que seria bom ela se pronunciar, isso seria. Né não, caro leitor?


A desfaçatez de Fátima Bezerra sobre a Operação Sinal Fechado

É incrível a desfaçatez de alguns políticos da nossa terra. Ora, caro leitor, como é que a deputada federal Fátima Bezerra (PT) tem condições de cobrar críticas do senador José Agripino à Operação Sinal Fechado? Ela deveria dar primeiro o exemplo e começar a dizer o que acha do envolvimento dos ex-governadores Wilma de Faria e Iberê Ferreira de Souza, a quem apoiou e subiu ao palanque.

São posicionamentos como esse de Fátima que nos fazem crer que infelizmente na política potiguar são cada vez mais raros os que se salvam em suas posições.

No final, é o que escrevi aqui no blog: todos só pensam nas suas conveniências, mudando o discurso da água para o vinho de acordo com o que lhes é favorável. Nada mais do que isso. E tenho dito.


Sonhos e pesadelos da pré-candidata Larissa Rosado



De um fafazista, sem pedir segredo: Ruth Ciarlini é a candidata dos sonhos da deputada Larissa Rosado. Cláudia Regina é a candidata dos pesadelos.

Assino embaixo.


Flávio Veras assedia Rosalba em busca de apoio do DEM em 2012


Raposa política, o prefeito de Macau, Flávio Veras (PMDB) trabalha a régua e compasso a atração do partido da governadora Rosalba Ciarlini, o Democratas, para o seu palanque em 2012. A estratégia de Flávio tenta alcançar dois objetivos que para ele são importantes: o primeiro é colocar Rosalba no seu palanque. O segundo é tomar para si o comando do DEM e “aposentar” politicamente a vereadora Odete Lopes, hoje um dos nomes da oposição que tentará tomar dele o poder na prefeitura. Odete trocou recentemente o PPS pelo DEM.

A presença de Flávio na convenção do DEM de Carnaubais, sexta-feira passada, foi mais um movimento político para tentar garantir o sucesso da articulação. Há quem diga que o prefeito de Macau é persona non grata para a governadora Rosalba Ciarlini, devido ter lhe aplicado uma derrota importante na cidade salinésia. Outros, no entanto, lembram que Rosalba, ao se aliar a Flávio, pode passar a ter consigo a maior liderança do município.

O blog entende que diante do que o DEM fez com o vice-governador Robinson Faria (PSD) em nível nacional, o partido em Macau deve ficar de orelha em pé. O partido da governadora e o seu próprio grupo político não tem solidariedade aos aliados. Tem conveniência. E para a legenda pode ser mais conveniente se manter no poder e ganhar um apoio “de graça” do que investir numa campanha cara e sem grandes certezas de vitória.


O que mais esperar dos políticos potiguares?

Continuo sem digerir essa história de que adversários políticos estariam envolvidos nas falcatruas da Operação Sinal Fechado. Ora, caro leitor, será que eles estavam fazendo a gente de idiota ao quadrado? Primeiro, vendendo a imagem de quase inimigos e depois ao negociar propinas de bastidores que são tão vergonhosas que me recuso a repeti-las.

Como pode, segundo a denúncia do Ministério Público, Wilma e Iberê, que são do PSB estarem “dividindo” propina com o suplente de senador do PSDB, João Faustino? E ainda tem a suspeita de envolvimento de políticos do DEM.

Vale lembrar o grande Renato Russo: que país é esse? Onde está a verdade naquilo que os políticos dizem ou defendem? É tudo faz de conta para enganar os bestas que ainda se matam por eles, essa é a constatação a qual cheguei. Extremamente lamentável, mas a realidade.


sábado, 26 de novembro de 2011

PSB convida PTN, mas partido ainda não se decidiu

O PSB de Mossoró conversou quinta-feira com o PTN. Propôs que o partido faça parte do leque de aliados da deputada estadual e candidata a prefeito Larissa Rosado. O problema é que foi muita conversa e pouca proposta. Muita promessa e nada de concreto. Por enquanto, o partido que pretende fazer até quatro vereadores — a coluna aposta em no máximo duas — mantém-se ouvindo as propostas.

O PTN é formado por ex-suplentes do PSL, que nas eleições passadas elegeu os vereadores Flávio Tácito (Flavinho) e Maria Auxiliadora do Nascimento (Maria das Malhas). Insatisfeitos com os parlamentares, os suplentes resolveram ficar com o diretório municipal do PTN e se fecharam em um grupo que têm chances de conseguir cadeiras

Avançando
Enquanto o governismo não decide quem será o seu candidato a prefeito, a oposição avança. O PSB já conversou com PTN e PTB, partidos em teses aliados do governismo. Do outro lado, o PT trouxe para si o ex-governista PDT e está tentando angariar os apoios do PR e do PCdoB.

É bem verdade que os acordos de agora podem ser substituídos por novos acordos no ano que vem. Mas que existe uma inquietação na base governistas, isso existe.


quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Aeroporto de Mossoró receberá R$ 15 milhões em investimentos

Os aeroportos e aeródromos localizados no interior do Rio Grande do Norte receberão investimentos para serem reestruturados. A garantia foi dada pelo ministro Wagner Bittencourt, da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, à governadora Rosalba Ciarlini durante reunião em Brasília, nesta quinta-feira (24).

Para Pau dos Ferros, Currais Novos e Assu, os aeródromos devem receber investimentos estruturais. Já em Caicó, o aeroporto precisa além da reforma, receber a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para voltar a registrar pousos e decolagens.

O maior investimento acontecerá no aeroporto de Mossoró, baseado em um estudo de adequação de aeroportos regionais desenvolvido pela Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (ABETAR), em 2011, por solicitação do Ministério do Turismo. A obra é estimada em R$ 15 milhões e vai contemplar a ampliação do terminal de passageiros, que passará a receber mais de 400 mil pessoas/ano; revitalização do pavimento do pátio de aeronaves; implementação do módulo de combate a incêndio e aquisição de raio-x de segurança para verificação de bagagens.

Na próxima terça-feira (29), a governadora Rosalba Ciarlini deve voltar à Secretaria acompanhada pela secretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, para apresentar ao ministro Wagner Bittencourt detalhes dos projetos e, assim, viabilizar o convênio para liberação dos recursos em 2012.


Inspeção veicular: seríamos roubados duas vezes

Esse país se não existisse precisaria ser inventado. Já pensou, caro leitor. A tal da inspeção veicular iria nos roubar duas vezes. Primeiro, obrigaria-nos a gastar mais de R$ 130 todos os anos. Isso para uma frota de veículos de mais de 700 mil unidades. Depois disso, ao invés de o dinheiro ser aplicado em alguma coisa de futuro, iria para o bolso de alguns espertalhões. O povo brasileiro é o mais rico da face da terra. Este país, se conseguisse estancar a roubalheira sem dúvida não faltaria dinheiro para nada. Viveríamos em um paraíso. Que coisa!

Explicando
Para quem não acompanhou desde o início: a inspeção veicular iria nos obrigar a gastar R$ 130 mensais sob o pretexto de diminuir a emissão de gases poluentes por parte dos nossos veículos. Tudo muito bonito, né não? Só que foram com muita sede ao pote. Na pressa de botar a mão no dinheiro de nós, pobres motoristas, fizeram um edital cheio de buracos. E para piorar: perderam a eleição. Como o novo Governo não embarcou nessa, eis que se começou a destruir o castelo de cartas.

Reafirmando
Portanto, para que não fique dúvida: a gente iria pagar, caro leitor, para termos o ar mais puro sem nem saber se era necessário mesmo e ao mesmo tempo também iria ser roubado duplamente. Pelo próprio Governo e depois por seus agentes públicos. Já pensaram nisso?


Muito bonito, hem dona Wilma?


De uma coisa a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) não pode reclamar: nunca na história do Rio Grande do Norte houve tanta denúncia de roubalheira no seu Governo. Todas elas, até hoje, nunca haviam chegado ao gabinete da governadora. Circundaram-na, como uma cobra naja, na espreita, pronta para dar o bote. E eis que o “bote” veio.

A operação Sinal Fechado, em que o Ministério Público prendeu várias pessoas e realizou busca e apreensão em várias residências - inclusive na do ex-governador Iberê Ferreira de Souza -, foi o primeiro dos escândalos que bateu a porta da casa da ex-governadora e não apenas de seus familiares. O “apenas” merece aspas tendo em vista que devido à ligação dos familiares — filho e irmão — já havia suspeita de envolvimento direto da ex-governadora. Porém, na operação de hoje a coisa foi mais grave: os indícios são de que ela teria recebido mais de R$ 1 milhão de propina.

Quer saber tudo sobre a Operação Sinal Fechado, clique NESTE LINK. Mas tape o nariz!!!


Fafá Rosado candidata ao Senado em 2014. Quem duvida?

Quem leu a entrevista de hoje do deputado federal Betinho Rosado (DEM) a um jornal de Mossoró tem a clara certeza de que o parlamentar é grato à prefeita Fafá Rosado e ao seu grupo pelo que fizeram na campanha do ano passado, quando colocaram a sua candidatura à reeleição debaixo do braço e trabalharam exaustivamente por ela. Tanto que a estrutura da candidatura do deputado estadual Leonardo Nogueira, chegou a ser colocada de lado para que o nome de Betinho crescesse. O resultado todo mundo conhece.

Respeito
Betinho já havia dito e reiterou ontem: quem decidirá os rumos da eleição de Mossoró são as suas duas maiores eleitoras, no caso Rosalba e Fafá. Aliás, as duas juntas têm tudo para ir mais longe do que se imagina. Alguém aí já parou para pensar que Fafá pode ser o nome do DEM para o Senado em 2014?

Cenário
Tudo vai depender do cenário que encontrarmos naquela eleição. Alguém acha que o deputado Henrique Alves (PMDB) pode vir a não ser o próximo presidente da Câmara dos Deputados? E que ele pode vir a perder a liderança do PMDB? Não duvide, caro leitor, essa é uma possibilidade mais do que palpável. Com Henrique enfraquecido e a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) podendo sair da campanha municipal fortíssima, até como prefeita de Natal, quem seria capaz de enfrentá-la na disputa pelo Senado? Ou alguém acha que Rosalba vai querer dar uma cadeira a Wilma criando uma adversária de peso para o Governo no futuro? Pense nisso, caro leitor.

Reafirmando
É por essas e outras que reafirmo com todas as letras: a aposentadoria política da prefeita Fafá Rosado só interessa à oposição, não apenas em Mossoró, mas também em nível estadual.


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

OAB põe curso de Direito da Uern entre os melhores do país

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Humberto Fernandes, anuncia que o curso de Direito da Uern está hoje entre os 90 recomendados pela OAB nacional. Ou seja: das 1.300 faculdades de Direito, apenas 90 foram recomendas e dentre elas temos a nossa Uern.

Sem dúvida, uma grande notícia não apenas para Mossoró, mas para todo o Rio Grande do Norte. Humberto, que também é professor da Uern, disse ser este um momento de consagração da sua passagem pela ordem, ele que está em seu segundo mandato.

Preocupação

Enquanto por um lado nós temos muito o que comemorar diante do resultado excelente da Uern temos de nos preocupar também com o baixo resultado dos demais cursos de Direito do Rio Grande do Norte. Hoje, nós temos oito instituições com o curso.

Eximindo a Ufersa, que está com seu curso ainda engatinhando, sem nenhuma turma formada, as demais precisam correr para recuperar a credibilidade. Vale lembrar que além da Uern, a UFRN e a Farn também tiveram seus cursos reconhecidos pela OAB federal.


terça-feira, 22 de novembro de 2011

Governo propõe habilitação gratuita para beneficiários do Bolsa Família no RN


A governadora Rosalba Ciarlini encaminhou nesta terça-feira (22), para a Assembleia Legislativa, três mensagens mensagem para apreciação da Assembleia Legislativa. A primeira é sobre o projeto de Lei Complementar que cria o Programa CNH Popular, que pretende conceder gratuidade na obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para pessoas de baixa renda. As outras duas mensagens são de Projetos de Lei tendo como foco o Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA). Um dos Projetos de Lei propõe o parcelamento dos débitos fiscais relacionados ao tributo. A outra mensagem pede a remissão do crédito fiscal relativo ao IPVA e a Taxa de Licenciamento Anual do Veículo.

De acordo com o texto do projeto, o programa CNH Popular será destinado para pessoas que forem retirar a habilitação pela primeira vez, nas categorias “A” e “B”, ou na hipótese de mudança de categoria, “C”, “D”, ou “E”. O benefício será válido para quem estiver inscrito no Programa Bolsa Família. O objetivo é estimular a empregabilidade, a partir do uso da habilitação como elemento condicionante para o emprego formal.

O projeto compreende a isenção das taxas relativas aos exames clínicos de aptidão física e mental; exame psicológico; licença de aprendizagem de direção veicular; custos com a confecção da primeira Carteira de Habilitação ou da nova CNH, em caso de mudança de categoria; e exame de atualização para a renovação da CNH, também em caso de mudança de categoria. O Estado será o responsável por arcar com as despesas referentes aos cursos teóricos e práticos de direção veicular, ministrados pelos Centros de Formação de Condutores, a partir de convênios com o Detran/RN.

Segundo dados do próprio Departamento de Trânsito, o Rio Grande do Norte possui, atualmente, 567.732 mil condutores habilitados, em um universo de 809.127 veículos cadastrados. Em alguns municípios, o número de licenças para dirigir não atinge 20% da quantidade de automóveis em circulação.


Prefeita recebe reconhecimento do mercado imobiliário com o Troféu Colibri

A prefeita Fafá Rosado recebeu na noite de ontem (21/11), durante a abertura do II Encontro Imobiliário de Mossoró, no Hotel Thermas, o “Trófeu Colibri”. A comenda foi outorgada à gestora mossoroense pelo Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI/RN) em reconhecimento à contribuição de sua administração ao crescimento do setor imobiliário no Município.

O “Troféu Colibri” foi entregue à prefeita Fafá Rosado pelo presidente estadual do Creci, Valdemir Bezerra, autor da proposição. Em seu discurso, a prefeita Fafá Rosado agradeceu a homenagem e reconheceu a importância do setor imobiliária para o desenvolvimento de Mossoró. “Vivemos um grand e momento e construção civil tem participação direta nesse momento’, disse ela.

Para a prefeita Fafá Rosado, o boom desenvolvimentista que a cidade vive atualmente é reflexo do planejamento público aliado ao investimento privado e à força do empresariado mossoroense. “O Troféu me deixa particularmente satisfeita, pois representa o reconhecimento da construção civil, setor que mais cresce e emprega em Mossoró, ao trabalho que estamos realizando”, declarou Fafá.

Os empresários da construção civil e dirigentes de entidades de classe ligadas ao mercado imobiliário citaram no evento, os principais incentivos do Governo Fafá Rosado ao setor, que foram decisivos para que a prefeita recebesse o “Troféu Colibri”. Os novos Plano Diretor de Mossoró e o Códigos de Obras foram mencionados como instrumentos impulsionadores para o crescimento do município.

O presidente do Conselho Regional de Arquitetura, Adalberto Carvalho, agradeceu ao que chamou de “apoio sistemático” da Prefeitura para essa transformação vivida por Mossoró, abrindo as portas da cidade para o progresso. O presidente do Creci, Valdemir Bezerra, afirmou que os investimentos feitos pela Prefeitura transformam Mossoró em um pólo de desenvolvimento no Nordeste.

Ao finalizar o seu discurso, a prefeita Fafá Rosado disse que a parceria com a classe empresarial, o esforço dos trabalhadores e a força do trabalho de categorias como a dos corretores de imóveis têm um papel importante na construção da Mossoró do futuro. “Uma Mossoró desenvolvida, com indicadores sociais e econômicos, com melhor distribuição de renda e qualidade de v ida para as pessoas”, destacou a prefeita, no durante o encontro imobiliário.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Vereadores querem que Fafá permaneça na prefeitura e na vida pública

A iniciativa de vereadores da bancada governista pedindo para que a prefeita Fafá Rosado (DEM) permaneça exercendo o mandato, abolindo de vez as especulações sobre uma suposta renúncia, é mais do que uma simples manifestação política: é um movimento dos parlamentares ouvindo o que o povo de Mossoró tem pedido.

Ora, caro leitor, todas as pesquisas dizem que Fafá não devem renunciar; dez entre dez analistas políticos veem a atitude como o fim da carreira política da atual chefe do Executivo mossoroense. O que os vereadores fizeram não foi nada mais do que levar a ela o seu sentimento, que é o mesmo da população local.

Por eles, Fafá fica na prefeitura e na vida pública.

Em tempo: a reunião aconteceu na noite de hoje, na casa de Fafá, antes dela se deslocar para receber o Troféu Colibri, um reconhecimento do setor imobiliário (veja postagem mais abaixo).


Mossoró deve ter nove partidos com cadeiras na Câmara em 2012

Encontro com o ex-vereador Júlio César Fernandes, que está filiado ao PSD e faz parte da assessoria do vereador Jório Nogueira. Ele alerta para um aspecto interessante: estamos caminhando para termos representação de oito ou nove partidos na Câmara Municipal a partir de 2012.

Projeções
De acordo com as projeções de Júlio — com as quais eu concordo — garantirão cadeiras na próxima eleição os seguintes partidos: DEM, PMDB, PV, PTN, PTB, PSB, PR, PT e PSD. Seria a primeira vez na história da Câmara que uma representação seria tão eclética. É fato, no entanto, que dificilmente essas legendas não terão fôlego para garantir cada uma, no mínimo, uma cadeira no Legislativo.

Distribuição
O blog entende que desses nove partidos, pelo menos três só deverão, a princípio, fazer um vereador: PV, PTN e PR. Os demais, terão, no mínimo, duas cadeiras, inclusive o PT que se for inteligente e não se coligar na proporcional abocanha as duas cadeiras, não tenho a menor dúvida, ainda mais com uma candidatura a pre-feito com envergadura suficiente.

Contas
Vá fazendo as contas, caro leitor: se PR, PTN e PV vão fazer uma cadeira cada um e os demais partidos que terão representação chegarão a no mínimo duas, então já sairíamos da campanha para vereador com 15 cadeiras praticamente definidas. As seis restantes, a meu ver, ficarão entre três legendas: DEM, que acho que fará quatro ou cinco, PMDB, que fará três ou quatro e PTB, que nasceu com envergadura. Não se descarte também o PSD, que está com uma chapa cheia e pode vir a abocanhar a terceira cadeira, já que duas considero que são certas.

Cenário Este cenário, claro, pode mudar até a eleição já que serão feitas coligações. E estas coligações podem acabar por deixar algum partido de fora. Veja o caso do PR, por exemplo: se o partido não se coligar com o PSB, a cadeira que seria certa pode naufragar. Se ficar sozinho, o PR não tem envergadura para eleger um parlamentar.

Mobilização
Não se pode deixar de lembrar também do próprio desenvolvimento da campanha. Partidos que surgem fortes na pré-campanha podem fenecer diante da força dos grandes. O fato é que hoje, a meu ver, não há como negar que teremos sim uma representatividade bastante expressiva, como aliás esta coluna sempre defendeu, desde a anomalia provocada pelo STF que diminiu o número de cadeiras de vereadores em todo o país.

Favor
Sempre fui e continuarei sendo a favor de que a representatividade política seja a maior e mais eclética possível, ainda mais quando se trata de não-aumento dos recursos públicos envolvidos. Que Mossoró saiba escolher seus novos 21 representantes.


Prefeitura de Mossoró começa a instalar a ornamentação natalina


Com o tema “Luzes do Natal”, a Prefeitura de Mossoró, através da Gerência da Cultura, iniciou o trabalho de ornamentação da Cidade para o período natalino. O trabalho é coordenado pelo decorador Paulo Pedroza com a participação de uma equipe formada por trinta pessoas.

Integram a equipe do “Luzes do Natal”, ferreiros, eletricistas, marceneiros e aderecistas. Este ano, segundo informa a gerente da Cultura, Clézia Barreto, a Prefeitura está investindo R$ 300 mil no projeto de decoração natalina, que contemplará diversas ruas, avenidas e espaços públicos.

De acordo com os projetos, estão recebendo a iluminação natalina a Avenida Presidente Dutra, trechos da Avenida Rio Branco, correspondentes ao Corredor Cultural, Rua João da Escóssia, proximidades do West shopping), pontes sobre o Rio Mossoró, entre outras vias públicas.

A decoração também será instalada em praças, prédios históricos, Gabinete da Prefeita (Palácio Rodolfo Fernandes), e na Catedral de Santa Luzia. A iluminação natalina será acionada pela prefeita Fafá Rosado dia 3 de dezembro, por ocasião da abertura das festividades alusivas à Santa Luzia.

Dentro da programação natalina, a Gerência da Cultura promoverá ainda a tradicional chegada de Papai Noel, previsto para o inicio do mês de dezembro. Como ocorre todos os anos, Papai Noel ficará na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do Pax), todas as tardes, das 17h30 às 20h, recebendo para fotografia a família mossoroense e região.


domingo, 20 de novembro de 2011

Jorge do Rosário, da Repav, será homenageado pela Acim


Justíssima a homenagem a ser prestada pela Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM) ao empresário Jorge do Rosário, da Repav Construtora. Destaque em reportagem nacional, Rosário é um dos símbolos do crescimento local.

A comenda do Mérito Industrial Dix-neuf Rosado será entregue a Jorge do Rosário no dia 7 de dezembro, no evento anual da Acim. A Medalha do Mérito Comercial Gabriel Negreiros vai este ano para o empresário Walter Anunciato da Silveira, das Lojas do Papai.


sábado, 19 de novembro de 2011

Governo convoca 209 suplentes dos Bombeiros, mas só 117 irão trabalhar

A governadora Rosalba Ciarlini anunciou no final da tarde de ontem (18), a convocação dos 209 suplentes do último concurso feito para o corpo de Bombeiros da Polícia Militar do RN.

De acordo com a governadora, a publicação com o nome dos suplentes que serão convocados para os exames médicos sai na edição deste sábado (19), do Diário Oficial do Estado. “A Lei de Responsabilidade Fiscal permite as áreas da saúde, educação e Segurança que sejam convocados aprovados em concurso em caso de morte ou aposentadoria, fizemos um levantamento e constatamos que há 117 casos desses”, explicou Rosalba Ciarlini.

Os aprovados passarão agora pela etapa de exame médico, que deverá acontecer em janeiro. Posteriormente acontecem os testes físicos e curso de formação, para então fazerem parte do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar.

“Convocaremos os 209, mas só ficarão aqueles que preencherem as 117 vagas que a corporação dispõe. O treinamento de bombeiro é muito puxado, mas esperamos preencher todas as vagas”, afirmou o Cel BM Dantas, comandante do Copo de Bombeiros.


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Câmara sonda Uern para ser a realizadora de concurso do Legislativo


O presidente da Câmara Municipal de Mossoró (CMM), vereador Francisco José Júnior, foi recebido pelo reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), prof. Milton Marques de Medeiros, na tarde desta sexta-feira (18), para tratar de assuntos relativos à realização do primeiro concurso público da história do legislativo mossoroense.

A visita do presidente teve o objetivo de fazer uma consulta à UERN sobre a possibilidade da instituição ser a realizadora do certame, que será realizado em 2012, oferecendo cargos de níveis médio e superior. Estiveram presentes à reunião ainda o presidente da Comperve/UERN, prof. Egberto Mesquita, e o pró-reitor de administração da UERN, prof. Lauro Gurgel.


Renato Fernandes é um dos ícones do PR; e continuará sendo


O ex-vereador e ex-candidato a prefeito de Mossoró pelo PR, Renato Fernandes, é um dos ícones da legenda no Rio Grande do Norte. Embora sem mandato desde 2008, quando tentou chegar à prefeitura sem sucesso, devido ao seu preparo é sempre lembrado quando há missões que exigem conhecimento técnico e principalmente habilidade política. Não é à toa que Renato é o braço direito do deputado federal João Maia e hoje faz parte da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara dos Deputados, indicado por Maia, de quem tem a confiança e uma convivência fraternal.

Diante de tudo isso, caro leitor, não há porque Renato abrir dissidência aonde não existe qualquer insatisfação. De parte a parte. Portanto, o noticiário neste sentido é infeliz e não tem qualquer embasamento.

Defesa
Hoje conversei com Renato Fernandes e ele me esclareceu alguns pontos a respeito do noticiário em torno do seu nome, esta semana. Sem delongas, deixou claro que o PR poderia se fortalecer na disputa municipal se o partido buscasse uma composição com o PCdoB, com quem formou chapa em 2008 e com o PTB, partido que é comandado hoje por vários ex-suplentes do PR. Daí a se abrir uma dissidência no PR há uma distância enorme.

Pronto
Renato reiterou que não apenas está feliz no PR como irá trabalhar pelo projeto do partido em 2008. Ele defende que a legenda faça alianças como objetivo de manter a cadeira que foi conquistada primeiramente por ele e continua pelo atual vereador do partido, Genivan Vale.


Deputados agora querem R$ 80 mil de verba de gabinete

Na esteira do novo plano de carreira dos servidores da Câmara, os deputados já avaliam aumentar a verba de gabinete para contratar funcionários sem concurso. A ideia inicial é elevar a verba dos atuais R$ 60 mil por mês para R$ 80 mil mensais, um valor que pode representar um gasto extra de R$ 133 milhões por ano. Para se ter ideia, só o aumento proposto no novo plano de carreira vai impactar a folha em R$ 207 milhões por ano, e a Câmara ainda deve R$ 300 milhões de gratificações não pagas a seus 3.500 funcionários efetivos, que ameaçam cobrar a dívida na Justiça.

O relator do Projeto de Lei 2.167/11, Paulinho da Força (PDT-SP), está conversando sobre o aumento da verba de gabinete com os líderes, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e o primeiro secretário, Eduardo Gomes (PSDB-TO). Formalmente, o tema não está no projeto. O texto fala apenas da permissão para que os deputados aumentem os salários de seus colaboradores nos gabinetes para até R$ 11.300, mas sem dinheiro extra para fazer isso. Ou seja, do que jeito que está, há apenas remanejamentos com os mesmos recursos à disposição.

Como mostrou o Congresso em Foco na quarta-feira (16), o novo plano de carreira prevê aumentos de até 39%, um ano e meio depois de a Câmara aprovar um plano com reajustes de até 40%.

COMENTÁRIO: Esse país precisaria ser inventado, se não existisse. Enquanto servidores federais são perseguidos por fazerem greve, no Congresso o dinheiro público é usado ao bel prazer dos parlamentares. E para isso não existe qualquer tipo de punição ou decisão judicial. O povo brasileiro vai cansar um dia de ser tão explorado? Isso só Freud talvez fosse capaz de dizer. Leia a reportagem completa no site do Congresso em Foco (www.congressoemfoco.com.br).



Governo anuncia calendário de pagamento de novembro, dezembro e 13o. salário

R$ 804 milhões é a quantia de recursos que o Governo do Estado do RN vai injetar na economia com o pagamento do funcionalismo público nos meses de novembro, dezembro e mais a 2ª parcela do 13º.

“O governo tem pago aos servidores dentro do mês corrente, nos dois últimos dias úteis. Estamos fazendo isto desde o início do ano e vamos cumprir nos dias 29 e 30 de novembro e 29 e 30 de dezembro. O pagamento da 2ª parcela do 13º será feito no dia 16 de dezembro”, disse a governadora.

Na folha de novembro, o Governo do Estado vai desembolsar R$ 310,3 milhões, e em dezembro R$ 310,3 milhões já a segunda parcela do 13º salário somará mais R$ 183,6 milhões, totalizando R$ 804 milhões na economia do Estado.

"Este anúncio chega em muito boa hora. O comércio vive seu momento de vendas de final do ano e a divulgação do pagamento do funcionalismo tira as incertezas das cabeças dos servidores, e para nós comerciantes, possibilita consolidar nossas vendas”, disse Marcelo Queiroz, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, (Fecomercio/RN), que estava presente no momento em que a governadora fez o anúncio do pagamento na governadoria, no Centro Administrativo.


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Fafá Rosado é homenageada por corretores de imóveis com troféu símbolo da categoria


A prefeita Fafá Rosado foi agraciada com o “Troféu Colibri” outorgado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis, amparado em resolução do colegiado federal de classe. A concessão do troféu, atendendo proposição do presidente do Creci/RN, Valdemir Bezerra de Figueiredo, foi aprovado por unanimidade.

O Troféu Colibri é maior honraria da categoria no Rio Grande do Norte, tendo sido conferida à prefeita Fafá Rosado com parecer da Comissão de Mérito do Creci estadual. A comenda representa o pássaro-símbolo dos corretores de imóveis foi criada para homenagear pessoas que tenham prestado serviços à categoria.

A homenagem simboliza o reconhecimento do Conselho Regional dos Corret ores de Imóveis à contribuição da prefeita Fafá Rosado ao mercado imobiliário potiguar, em especial ao setor imobiliário de Mossoró. O presidente do Creci/RN, Valdemir Bezerra, justifica a outorga da comenda à gestora de Mossoró.

Segundo Valdemir Bezerra, foi na gestão de Fafá Rosado que Mossoró ganhou importantes instrumentos de expansão do setor imobiliário: o Plano Diretor e o Código de Obras. A nova legislação deu à atividade imobiliária as condições adequadas para acompanhar o “boom” desenvolvimentista vivenciado pela cidade. 

O legado administrativo da prefeita Fafá Rosado para o crescimento do mercado imobiliário vai além da normatização do setor e abertura de novas fronteiras para a expansão desse progressista setor econômico. Ela também introduziu incentivos fiscais, atraindo investimentos privados na área da construção civil.

“A prefeita participou efetivamente do processo de isenção das taxas e aceitando de prontidão acordos do projeto habitacional Minha Casa, Minha Vida, colaborando, inclusive, com infraestrutura necessária para viabilizar novos empreendimentos”, reconheceu o presidente do Creci no Estado, Valdemir Bezerra.

Por fim, o presidente do Conselho de Corretores considera “mais do que justo” a deliberação tomada pelo órgão classista, de agraciar Fafá Rosado com o Troféu Colibri, como reconhecimento dos corretores de imóveis do RN pelos destacados serviços prestados pela gestora à corretagem e aos negócios imobiliários.


Robinson faz as contas e anuncia: PSD tem 12 prefeitos


O vice-governador Robinson Faria (PSD) pelo jeito resolveu sacudir a poeira e tentar remontar os cacos do seu grupo político depois do fogo amigo fulminante, capitaneado pelo ex-deputado Carlos Augusto Rosado. Hoje, vai Twitter, ele voltou a enaltecer o poder de fogo da sua legenda em nível estadual.

Pelas contas de Robinson, o PSD tem 12 prefeitos, 209 vereadores e disputará milhares de cadeiras. A expectativa do vice-governador, que deixou o governismo e foi para a oposição, é a de dobrar o número de prefeitos e de vereadores.

Vai precisar de muito jogo de cintura, tendo em vista que será muito perseguido pelo DEM, especialmente pela dupla José Agripino/Carlos Augusto.