terça-feira, 27 de setembro de 2011

Polícia Civil e Itep ameaçam novas greves

Os agentes e escrivães da Polícia Civil e servidores do ITEP podem paralisar suas atividades. As decisões serão tomadas em Assembleias Extraordinárias das categorias nesta quarta-feira (28), às 18h, e quinta-feira (29), às 16h, respectivamente.

A sinalização dos policiais civis acontece em resposta à postura do governo, que cancelou uma reunião na última terça-feira (21), sem apresentar nova data, demonstrando falta de intenção em cumprir a Decisão Judicial que homologou o Termo de Acordo. Os secretários da Casa Civil, de Planejamento, e da Administração informaram que não tinham nada a debater, uma vez que não tinham recebido os dados fiscais, que poderiam sinalizar para o pagamento do enquadramento da Lei 417/10.

Segundo ressalta a presidente do sinpol, Vilma Marinho, a revolta toma conta da categoria, visto que solicitam há dias audiência com a cúpula do Governo, diante do descumprimento de várias cláusulas do acordo. “Lamentamos a postura intransigente do Governo, que vem praticando um verdadeiro massacre dos servidores públicos estaduais”, criticou.

Já a assembleia dos servidores do Itep avaliará a mobilização que pretendem tomar diante da estagnação do Anteprojeto de Lei do Estatuto do Itep, que deveria trazer ganhos consideráveis às condições de trabalho e valorização dos servidores, luta empreendida há anos pelo Sinpol, sem sucesso devido à falta de vontade política dos gestores de investir naquele serviço cada dia mais sucateado.


Nenhum comentário: