quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Rosalba sobre 'rompimento' com Fafá: 'Essa pergunta não merece resposta'

A mídia de propriedade da oposição a Mossoró tentou de todas as formas: insistiu, insistiu, até que terminou ouvindo o que não queria. Depois de ouvir a pergunta absurda sobre se ela estava em processo de rompimento com a prefeita Fafá Rosado, a governadora Rosalba Ciarlini foi curta e grossa: "Estou na casa da prefeita, que me recebeu e essa pergunta não merece resposta".

Desconcertante, no mínimo.


Fafá envia Orçamento previsto de R$ 422 milhões para 2012

A prefeita Fafá Rosado enviou no dia de ontem para a Câmara Municipal de Mossoró a proposta orçamentária do município para o ano de 2012. A prefeita cumpriu assim o prazo constitucional de envio ao legislativo do plano de orçamento anual. A proposta agora passará pela análise dos vereadores e deverá estar apreciada até o final do período legislativo em dezembro.

A lei orçamentária prevê as despesas e receitas do município de Mossoró para 2012, com a destinação dos recursos em observância ao que foi aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Segundo o orçamento enviado ontem pelo Executivo a previsão de receitas para 2012 é de R$ 422.916,628,00. O va lor supera em cerca de R$ 38 milhões as receitas previstas para este ano.

Segundo explicações da secretária de Planejamento do Município, Jaqueline Amaral, a previsão de receita para o ano que vem teve uma projeção de percentual de crescimento maior que a inflação em razão de existirem perspectivas de crescimento dos valores referentes a convênios. “Temos muitos projetos de convênios aprovados para o ano que vem e isso foi projetado positivamente na proposta orçamentária”, explica.

O Poder Executivo prevê gastos com pessoal em 2012, incluindo folha direta e encargos sociais, na ordem dos R$ 177 milhões de reais. A previsão de investimentos é de R$ 73 milhões. Jaqueline Amaral explicou que a participação das receitas próprias no total da arrecadação está prevista para ser de 5,9%, através de ISS e outros tributos arrecadados diretamente pela Prefeitura.


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Rosalba garante: 'Nosso grupo terá candidato próprio e para vencer'


Diante da insistência dos repórteres, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) finalmente falou sobre política em Mossoró. O assunto eleições não passou incólume. Depois de mais uma vez desrespeitar os jornalistas dando declarações evasivas e sem sentido, o ex-deputado Carlos Augusto acabou desmentido pela esposa. Ele, em entrevista ao jornalista Carlos Skarlack, disse à Rádio Difusora que "em política tudo é possível", referindo-se à possibilidade de apoiar a deputada Larissa Rosado. Rosalba o desmentiu logo após: "O nosso grupo terá candidato e será para vencer", disse a governadora, enfática.

Mesmo todo mundo sabendo que Carlos é quem manda no Governo e quem articula as principais ações políticas, a ponto de aparecer em vários encontros da administração sentado à mesa, ele sempre gostou de brincar com os jornalistas e por vezes de desrespeitá-los. Logo após dizer que poderia apoiar Larissa, ele tentou desmentir o que havia dito a Skarlack gritando no meio da entrevista que "eu disse que apoiaria se ele me pedisse", ou seja, algo completamente sem sentido. 

Em meio à saia justa, o que se pode tirar de principal da entrevista, sobre política, é que Rosalba reafirmou aquilo que o restante do grupo tem dito, com seriedade e sem querer brincar com a cara dos jornalistas, como Carlos Augusto adora fazer: o Democratas terá nome próprio na eleição do ano que vem. E que este nome vai vencer a disputa, com o apoio de "todo o grupo", portanto, isso envolve a prefeita Fafá Rosado e o deputado Dr. Leonardo Nogueira.



Fafá agradece a Rosalba parcerias do Governo com a prefeitura



A prefeita Fafá Rosado participou da solenidade de instalação do Governo do Estado em Mossoró, nesta quarta-feira (28/09). A solenidade aconteceu às 17h, em frente ao Casarão Lili Duarte, Centro, sede da Vice-Prefeitura, ocupada temporariamente pelo governo por três dias, durante a celebração da Festa da Liberdade.

No seu discurso, a prefeita Fafá Rosado falou da satisfação para Mossoró receber a estrutura do Governo do Estado, destacando o trabalho da governadora Rosalba Ciarlini em favor do município. “Em tão pouco tempo, a governadora já trouxe tantos benefícios para a nossa cidade”, reconheceu Fafá Rosado.

Para a prefeita, Rosalba Ciarlini tem sido sensível em atender as demandas d e Mossoró. As ações, segundo Fafá Rosado, são realizadas em parceria entre governo e prefeitura. “Uma parceria em favor de Mossoró”, frisou a prefeita. No seu discurso, ela citou duas grandes obras para Mossoró, concretizados com a participação da Prefeitura e agora com o apoio do Governo do Estado.

Uma dessas obras, segundo ela, é a construção do Núcleo de Radioterapia da Liga Mossoroense do Câncer. A Prefeitura já doou R$ 500 mil para as obras e agora o governo estadual assegurou R$ 400 mil para conclusão dos serviços, além de garantir a aquisição de equipamentos, como o acelerador linear, usado no combate ao câncer.

A reforma do estádio Nogueirão, iniciada pela prefeitura, avançará agora com a participação do Governo do Estado. “São exemplos de parcerias, em favor de Mossoró”, reafirmou Fafá Rosado. Já a governadora Rosalba Ciarlini agradeceu a agilidade da prefeita na liberação da sede da vice-prefeitura para instalação do governo, enquanto anunciava os benefícios de sua gestão para o município.


Ao lado de Fafá e Leonardo, Rosalba instala Governo em Mossoró



O endereço da rua Melo Franco, 235, Centro, em Mossoró, é conhecido como o Casarão de Lili Duarte. Mas a partir deste 28 de setembro de 2011 também passou a ser a sede do governo do Estado do Rio Grande do Norte. Mais que um ato administrativo, foi um ato repleto de simbologia e emoção. Tanto para a Governadora, filha da terra, como para os conterrâneos que foram prestigiar o evento.

Acompanhada do vice-governador, Robinson Faria, Rosalba Ciarlini afirmou a emoção em instalar a sede do poder executivo em sua cidade de origem. “Não é a primeira vez que é instalado o governo do Estado em Mossoró, isso já foi feito antes, mas para mim é especial, pois nessa cidade eu nasci, tive meus filhos, trabalhei e dediquei muito do meu suor e empenho”, disse a governadora.

Rosalba Ciarlini, Robinson Faria, a prefeita de Mossoró Fafá Rosado e o deputado Leonardo Nogueira, como representante da Assembléia Legislativa descerraram a placa comemorativa ao centenário do aniversário do ex-governador Dix-Sept Rosado que firmou a instalação do governo na cidade e a sede no Casarão Lili Duarte, onde hoje funciona a vice-prefeitura do município.

“Essa solenidade vai ficar marcada no meu coração”, disse a governadora Rosalba Ciarlini diante do público que foi celebrar junto com ela este momento histórico de ter uma filha da terra governadora do Estado. “Sei das dificuldades. E o povo de Mossoró sabe que sei muito bem com enfrentá-las. E a demonstração está aqui. Neste momento em que festejamos nossa data maior: 30 de setembro, a festa da Liberdade. E o mais importante; venho para trazer obras, convênios e realizações. Este é meu estilo. E Mossoró sabe muito bem disso”, disse a governadora.


Médicos do Estado também aprovam indicativo de greve para o dia 4

Os médicos lotados no estado do Rio Grande do Norte retiraram ontem, em assembleia, indicativo de greve a ser definido no próximo dia 4 de outubro. O indicativo foi motivado pelo posiciuonamento do governo, que depois de um acordo celebrado com a categoria não irá mais transformar o reajuste dos médicos em seu novo piso salarial. Agora já são cinco categorias com indicativo: além dos médicos, Detran, Idema, Fundação José Augusto e servidores da Educação (menos os professores).

Dessa forma o governo reduz os ganhos positivos para os médicos com a implantação do PCCV e deixa de fora médicos que não possuem gratificação alguma e os aposentados. Assim, os médicos reivindicam a real transformação dessa incorporação em um novo piso da categoria e que o direito de recebê-lo se estenda a todos os médicos.

Os médicos reivindicam ainda, o pagamento retroativo do plano. Já que, seguindo o acordo firmado através de documento consolidado entre o sindicato e o Chefe do Gabinete Civil do RN, Paulo de Tarso, a partir de setembro a categoria teria direito a incorporação de 100% da gratificação e o pagamento de um valor retroativo, já que a gratificação foi totalmente incorporada em junho, mas com efeitos financeiros apenas no mês de setembro.

O reajuste de 3% no salário base, referente a progressão salarial garantida por lei através do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos é outra reivindicação da classe. Apesar de última avaliação dos servidores ter sido concluída há mais de seis meses o reajuste ainda não foi implantado. Ou seja, o estado ainda não pagou a mudança de nível equivalente a uma progressão por tempo de serviço, feita mediante avaliação de desempenho.

“O plano garantia aos médicos a instituição de um novo piso salarial para a categoria e o governo do estado agora não que arcar com seus compromissos”, alegou Geraldo Ferreira, presidente do SINMED RN. 

Outra reivindicação dos médicos e que atinge diretamente a população é a melhoria nas condições de trabalho e de atendimento. Durante a assembleia diversos médicos destacaram as dificuldades enfrentadas nos hospitais e em especial a quantidade de doentes espalhados pelos corredores do Walfredo Gurgel.

A assembleia que poderá definir o início de uma nova paralisação dos médicos acontece dia 4 de outubro às 19h30 no Sinmed.


terça-feira, 27 de setembro de 2011

PT de Mossoró não quer ouvir falar em indicar vice do PSB

O PT de Mossoró não quer nem ouvir falar em aliança com o PSB da deputada estadual Larissa Rosado. O partido entendeu que já chega de ser coadjuvante. Ele precisa voltar a ser protagonista e pretende conseguir isso com o reitor da Ufersa, Josivan Barbosa. 

No seu ato de filiação, na quinta-feira (29), a legenda vai usar o discurso da valorização do partido e defender as mudanças implantadas no Brasil pelas gestões dos presidentes Lula e Dilma Rousseff. É fato que não será fácil para o PT vencer a eleição municipal, especialmente porque o nome de Josivan ainda não apareceu como fenômeno nas ruas. Porém, o processo de construção do seu nome está em plena gestação. Se vai emplacar ou não, isso é difícil de dizer.

É fato, no entanto, que se quer voltar a ser protagonista, o PT tem de correr léguas do PSB, que só tem projetos ligados à cozinha da casa de Larissa. E nada mais do que isso.


TSE autoriza criação do PSD, que nasce 'gigante' no RN



Agora é oficial: o PSD foi autorizado a funcionar agora há pouco, pelo Tribunal Superior Eleitoral. Os juízes anunciaram a sua decisão com um placar folgado: 6 x 1. O ministro Marco Aurélio Melo foi o único a votar contra.

O julgamento havia começado na terça-feira passada e foi interrompido pelo pedido de vista do ministro Marcelo Ribeiro (foto), que acabou por votar a favor.

A maioria dos ministros entendeu que a aprovação nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) seria suficiente para garantir a criação da nova legenda.

Criado o novo partido, o PSD se torna "gigante" no Brasil e no Rio Grande do Norte. A legenda nasce com o vice-governador Robinson Faria, seis deputados estaduais, um federal, dezenas de prefeitos e centenas de vereadores, além de ex-prefeitos, ex-vereadores e milhares de lideranças políticas.

É hoje certamente um dos três maiores partidos do Rio Grande do Norte.


Secretário confirma folha de pagamento do Estado sem reajuste para servidores

Em entrevista a Tribuna do Norte de hoje, o secretário de Administração do Estado, Anselmo Carvalho, confirmou: não haverá reajuste no pagamento dos servidores na folha deste mês. O dinheiro estará nas contas nestas quinta e sexta-feiras (29 e 30), mas sem o reajuste referente aos Planos de Cargos, Carreiras e Salários.

O argumento do Governo continua fincado no limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Anselmo garante que o Estado continua neste limite e que não dá para pagar os reajustes, sob pena de descumprir a legislação.

Evidentemente, a atitude do Governo vai colocar mais lenha na fogueira da relação já conflituosa do Estado com os servidores.


Polícia Civil e Itep ameaçam novas greves

Os agentes e escrivães da Polícia Civil e servidores do ITEP podem paralisar suas atividades. As decisões serão tomadas em Assembleias Extraordinárias das categorias nesta quarta-feira (28), às 18h, e quinta-feira (29), às 16h, respectivamente.

A sinalização dos policiais civis acontece em resposta à postura do governo, que cancelou uma reunião na última terça-feira (21), sem apresentar nova data, demonstrando falta de intenção em cumprir a Decisão Judicial que homologou o Termo de Acordo. Os secretários da Casa Civil, de Planejamento, e da Administração informaram que não tinham nada a debater, uma vez que não tinham recebido os dados fiscais, que poderiam sinalizar para o pagamento do enquadramento da Lei 417/10.

Segundo ressalta a presidente do sinpol, Vilma Marinho, a revolta toma conta da categoria, visto que solicitam há dias audiência com a cúpula do Governo, diante do descumprimento de várias cláusulas do acordo. “Lamentamos a postura intransigente do Governo, que vem praticando um verdadeiro massacre dos servidores públicos estaduais”, criticou.

Já a assembleia dos servidores do Itep avaliará a mobilização que pretendem tomar diante da estagnação do Anteprojeto de Lei do Estatuto do Itep, que deveria trazer ganhos consideráveis às condições de trabalho e valorização dos servidores, luta empreendida há anos pelo Sinpol, sem sucesso devido à falta de vontade política dos gestores de investir naquele serviço cada dia mais sucateado.


Macau, Guamaré e Mossoró lideram o ranking de arrecadação dos royalties

O Rio Grande do Norte superou a casa dos R$ 34 milhões no repasse de royalties pagos pela atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural na Bacia Potiguar no mês de setembro.

Segundo os dados, divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o repasse foi de R$ 34,21 milhões neste mês, valor 31% superior a quantia repassada em setembro de 2010, que foi de R$ 26,09 milhões.

Do total repassado este mês, R$ 16,29 milhões foram destinados a 94 municípios, um aumento de 28% com relação a setembro de 2010. O valor recebido pelo Governo do Estado também foi superior chegando a R$ 17,92 milhões, registrando um acréscimo de aproximadamente 34% sobre os R$ 13,38 milhões pagos em setembro de 2010.

Em 2011, o total acumulado dos royalties pagos chega a R$ 283,40 milhões, sendo que destes, R$ 132,93 milhões foram pagos aos municípios e R$ 150,47 milhões ao governo do Estado.

Todos os dados são públicos e divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por meio do portal www.anp.gov.br.

MUNICÍPIOS PRODUTORES/ VALOR PAGO EM SETEMBRO(R$)
1. Macau -  2.480.839,01
2. Guamaré - 2.414.836,23
3. Mossoró -  2.085.936,46
4. Pendências - 1.955.499,29
5. Areia Branca - 746.944,82
6. Apodi - 467.354,87
7. Assu - 411.048,87
8. Governador Dix-Sept Rosado - 369.606,89
9. Alto do Rodrigues - 381.409,15
10. Porto do Mangue - 252.010,93
11. Carnaubais - 352.807,73
12. Caraúbas - 252.167,33
13. Upanema -  226.428,60
14. Felipe Guerra - 163.220,43
15. Serra do Mel - 152.739,06
16. Afonso Bezerra -  4.266,14


Câmara de Mossoró promoverá Sessão Solene da Liberdade nesta quinta-feira (29)

Dentro das comemorações alusivas à liberdade, a Câmara Municipal de Mossoró realiza nesta semana, a Sessão Solene da Liberdade, na qual serão outorgados Títulos de Cidadão Mossoroense, Diplomas de Reconhecimento e Medalhas a personalidades, empresas e instituições de reconhecido trabalho desenvolvido por Mossoró.

A solenidade será abrilhantada com a apresentação cultural do Grupo de Violino Alegria de Viver, formado por pacientes e filhos de pacientes com câncer de Mossoró e Região, ligados à Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCM), e do cantor Waldonys.

A Sessão será realizada na próxima quinta-feira (29) , às 16h, no Teatro Dix-huit Rosado, e é aberta ao público.


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Trabalhadores da Educação do Estado decidem entrar em greve a partir do dia 4

ELIZÂNGELA MOURA
Do Correio da Tarde

A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado (SINTE/RN), realizou assembleia na manhã de hoje com todos os funcionários da educação, como Auxiliares de Serviços Gerais (ASG), Técnicos de nível médio e superior (TED e TNS).

A mobilização por parte das categorias que foram atingidas pelas afirmações do Governo - de não pagamento dos Planos de Carreira a partir deste mês - seguirá até o dia 4 de outubro. Em assembleia na manhã de hoje, esse pensamento foi consolidado em Mossoró. "Nossa assembleia foi bastante participativa e os funcionários deliberaram por um indicativo de greve para o dia 4 de outubro, confirmando o pensamento das demais categorias", disse Rômulo Arnauld, coordenador geral do Sinte em Mossoró.

De acordo com ela, ainda na assembleia foram tiradas outras deliberações, como uma nova assembleia para o dia 05 de outubro, movimentação em Mossoró durante a instalação do Governo na cidade, e ainda buscar audiência junto ao Governo durante esse período em que estará em Mossoró. "Nós vamos aproveitar que o Governo será instalado em Mossoró por 3 dias para tentarmos uma audiência com a governadora Rosalba Ciarlini, porque ainda existe tempo para evitar essa nova onda de greves no estado, para isso, basta o Governo querer", disse.

A coordenadora geral do sindicato da categoria, Fátima Cardoso, participou da assembleia em Mossoró, onde afirmou que "os trabalhadores estão no mesmo ritmo e vêm reafirmando a disposição de enfrentar este momento de luta e se preparam para a greve, caso seja necessário.Hoje, Mossoró aprovou o indicativo de greve para 4 de outubro, que será o primeiro dia útil do mês", destaca.


Bancários decidem por greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (27)

Após cinco rodadas de negociação e um mês e meio depois de entregar a pauta aos banqueiros, restou aos bancários entrarem em greve para forçar os bancos a atender às reivindicações da categoria. A paralisação das atividades tem início nesta terça-feira 27 e será por tempo indeterminado.

“Novamente os donos dos bancos, que tanto ganham às custas dos brasileiros, forçaram a categoria a entrar em greve, diante da falta de resposta às principais necessidades dos trabalhadores”, afirma Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo e uma das coordenadoras do Comando Nacional que negocia com a Fenaban. 

Foram três reuniões para debater emprego, saúde e condições de trabalho, além de remuneração. Depois, outras duas convocadas pelos negociadores da federação dos bancos (Fenaban) para apresentar proposta: primeiro de aumento real 0,37% e, depois, de 0,56%, para salários, PLR e outras verbas. E para as demais reivindicações da categoria, nada.

“Os bancos podem pagar mais. O lucro líquido dos sete maiores do setor, descontadas todas as despesas, cresceu quase 20% nos primeiros seis meses deste ano, chegando aos R$ 26,5 bi”, ressalta Juvandia. “Mas além do reajuste salarial, os bancos estão devendo muito nas contratações e na melhoria das condições de trabalho e de segurança da categoria. Essa dívida é com os bancários e com toda a sociedade”, explica a dirigente.


Fafá envia à Caixa projetos que somam R$ 51 milhões

A prefeita Fafá Rosado encaminhará, na próxima sexta-feira (30) três projetos para a Caixa Econômica Federal e que tratam da erradicação de duas favelas e do saneamento integrado na periferia da zona urbana. Juntos, os projetos somam mais de R$ 51 milhões.

Segundo a prefeita Fafá Rosado, a meta do governo municipal é garantir a melhoria da qualidade de vida da população periférica e disse que até o final de sua administração, todas as ações que a Prefeitura de Mossoró realizar serão nesse sentido.

“Quando a vida das pessoas melhoram, naturalmente existe um crescimento maior em qualquer município, pois ocorre a geração de emprego e renda e, consequentemente, se cons egue um maior índice de desenvolvimento”, analisou a prefeita.

Fafá Rosado informou que, com relação á erradicação de favelas, os projetos que serão encaminhados à Caixa Econômica Federal na próxima sexta-feira beneficiarão famílias residentes nas Favelas do Wilson Rosado e Tramquilim.

“Os projetos relacionados à erradicação de favelas em Mossoró se constituem em grande importância e de relevância social, pois dezenas de famílias deixarão de viver em condições subumanas para ter o direito de morar na casa própria, de alvenaria”, afirmou a prefeita.

Com relação ao saneamento integrado, a prefeita Fafá Rosado disse que se trata de outro projeto de grande alcance social, já que as ações serão desenvolvidas na periferi a do bairro Santo Antônio, atendendo e beneficiando famílias que são obrigadas a conviver com esgotos.

“Infelizmente essa realidade ainda existe na nossa cidade, mas com esse projeto, iremos acabar com esse grande transtornos. Saneamento é saúde e a obra irá, também, possibilitar melhoria na qualidade de vida das famílias que vivem no grande Santo Antônio”, disse Fafá.


domingo, 25 de setembro de 2011

Três categorias do Estado têm indicativo de greve a partir do dia 4

Três categorias de servidores estão com a "bala na agulha": se o Governo não pagar a primeira parcela dos seus respectivos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) no salário deste mês, os trabalhadores da Tributação, Fundação José Augusto e Idema paralisarão suas atividades a partir da terça-feira dia 4 de outubro.

A decisão foi anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Indireta (SINAI).

A Polícia Civil ameaça nova greve já em assembleia nesta quarta-feira (28). Da mesma forma, os trabalhadores da educação, com exceção dos professores, que já tiveram o seu reajuste garantido.

As categorias reclamam que o Governo não cumprirá o que prometeu, que foi justamente começar a pagar os reajustes dos PCCS a partir deste mês de setembro.


Rosalba vai instalar Governo no gabinete de Ruth Ciarlini



A governadora Rosalba Ciarlini  (DEM) vai instalar a sede do Governo do Estado quarta, quinta e sexta-feira que vem, no antigo casarão de Lili Duarte, tombado e hoje sede da vice-prefeitura de Mossoró. A notícia foi dada pelo jornalista César Santos, em nota na sua coluna de hoje do Jornal de Fato. César é o porta-voz do ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido da governadora e seu principal articulador político.

A notícia dada por César abre espaço para várias especulações políticas. A principal delas, entende o blog, é mandar um recado para a prefeita Fafá Rosado: Rosalba quer sim a sua irmã, a vice-prefeita Ruth Ciarlini (DEM) como protagonista nas eleições do ano que vem. O jornalista deixou isso claro: "Foi uma opção pessoal da governadora".

O objetivo do recado de Carlos - que adora se comunicar através de recados, com enigmas que muitas vezes nem ele entende - também seria o de impor a sua própria vontade, que é a de tirar a prefeita Fafá Rosado do poder antes do fim do seu mandato. Com isso, Ruth poderia tentar uma candidatura à reeleição.

O grande problema desse desejo absurdo de Carlos Augusto está na rejeição popular à medida. A grande maioria dos mossoroenses é contra. Além disso, ninguém sabe ainda se Ruth é viável politicamente. Em nenhuma pesquisa ela aparece sequer entre os três primeiros colocados.

É bom lembrar que quem detém o mandato atualmente é Fafá e que ela naturalmente deve ter a preferência para comandar a sua própria sucessão. Ou alguém considera que Fafá vai abandonar a política renunciando a um cargo que o povo lhe confiou? Vai ver é isso que Carlos Augusto quer. Resta saber se o grupo de Fafá vai ser infantil o suficiente para engolir essa corda.


I Cristo Liberta é sucesso de público e de crítica



O I Cristo Liberta, evento evangélico promovido pela prefeitura de Mossoró em parceria com todas as denominações da cidade, foi sucesso de público e de crítica. O blog acompanhou os dois dias e pode afirmar de cátedra: foi um evento espetacular.

Das pregações competentes dos pastores convidados até os shows de artistas locais e dos nacionais Davi Sacer e André Valadão, foi perfeito. E os evangélicos mostraram porque merecem todo o respeito das demais parcelas da população: foram organizados, articulados, fizeram um grande evento, louvaram a Deus em paz e com a certeza de que voltaram para as suas casas com as suas almas ainda mais abençoadas.

Vários pastores que participaram do evento se rasgaram em elogios à prefeita Fafá Rosado e à comissão organizadora, liderada pelo secretário municipal da Cidadania, Francisco Carlos (PV). E não é para menos: a prefeitura acertou em cheio ao reconhecer a necessidade de se investir em um grande evento direcionado a esse público.

Daqui, o blog manda os parabéns a todos e fica na torcida para que o II Cristo Liberta seja ainda maior do que foi o primeiro. Há cálculos que apontam para 80 mil pessoas nos dois dias de evento. Deus seja louvado!




sábado, 24 de setembro de 2011

Comando nacional rejeita nova proposta da Fenaban e greve dos bancários é iminente


Índice de 8% foi a proposta apresentada pela federação dos bancos na reunião dessa sexta-feira 23. O Comando Nacional dos Bancários rejeitou o percentual, considerado insuficiente, além de a proposta não trazer aumento maior para a PLR, nem a valorização do piso. Os negociadores da Fenaban também não trouxeram qualquer resposta para as reivindicações de emprego e melhores condições de trabalho.

Os 8% representam aumento real de 0,56% – diferença de apenas 0,19 ponto percentual em relação à proposta anterior, de 7,8%. O Comando informou à Fenaban que as assembleias que serão realizadas na segunda-feira 26 em todo o Brasil vão organizar a greve por tempo indeterminado a partir do dia 27. Não foi marcada nenhuma nova rodada de negociação.

“Além de apresentarem proposta insuficiente para o índice, não trouxeram nada para a valorização do piso, para melhorar a PLR e as condições de trabalho, principalmente no que se refere ao fim das metas abusivas e empregos, questões fundamentais para os bancários”, afirma a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.


TRT suspende prazos de processos em fase de execução de 4 a 10 de outubro

Ato do presidente Ronaldo Medeiros suspendeu todos os prazos dos processos em fase de execução nas Varas do Trabalho da 21ª Região e na Central de Apoio à Execução (CAEx), entre os dias 04 a 14/10/2011.

Nesse período, será feita a atualização do banco de dados necessário à emissão da Certidão Negativa de Débito Trabalhista (CNDT).

O presidente do TRT-RN também criou uma Força Tarefa, constituída por servidores do tribunal, para auxiliar as Varas do Trabalho de Natal, Mossoró e Macau nesse trabalho.

O atendimento ao público na CAEx também será suspenso neste período.


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Polícia Civil marca assembleia já ameaçando nova greve da categoria

Os agentes e escrivães da Polícia Civil deliberaram na noite desta quarta-feira (21) pelo agendamento de outra Assembleia Extraordinária para quarta-feira da próxima semana (28) que apreciará um indicativo de greve.

A sinalização acontece em resposta à postura de descaso do governo, que cancelou uma reunião agendada para esta terça-feira (21), sem sequer apresentar nova data, o que, para a categoria, demonstra total falta intenção em cumprir a Decisão Judicial que homologou o Termo de Acordo.

A revolta toma conta da categoria, expressada claramente na Assembleia da noite desta terça, visto que após o SINPOL solicitar há dias uma audiência com a cúpula do Governo, através de Ofício, e ter sido marcado o encontro na Sempla, a reunião foi desmarcada somente na hora que deveria acontecer.

Os secretários da Casa Civil, de Planejamento, e da Administração não receberam os representantes dos policiais civis, informando, através de uma servidora, que não tinham nada a debater, uma vez que não tinham recebido os dados fiscais, que poderiam sinalizar para o pagamento do enquadramento previsto pela Lei 417/10 e garantido pelo recente Acordo assinado pelo Governo.

Os policiais civis lamentam a postura intransigente do Governo, que “vem praticando um verdadeiro massacre dos servidores públicos estaduais”. Mesmo tendo recentemente enfrentado a maior greve da história da Policia Civil do RN, diante dessa situação, eles demonstraram disposição para, se preciso for, retomar o movimento paredista e lutar pela garantia de seus direitos: cumprimento da Lei 417/10, retirada dos Presos das DP's, nomeação dos concursados, e demais pontos constantes no Acordo.


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Legislativo de Mossoró realiza primeira edição do projeto Câmara nas Escolas


A Câmara Municipal de Mossoró realizou nesta quarta-feira (21) a primeira edição do Projeto Câmara nas Escolas, cumprindo mais um compromisso de campanha da atual mesa diretora da Casa. A primeira edição do projeto foi realizada na Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho, escola que obteve a primeira colocação entre as escolas públicas estaduais de Mossoró na avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O projeto tem como objetivos despertar a consciência política dos jovens, aproximar os estudantes da dinâmica do trabalho da Câmara Municipal e ouvir dos próprios estudantes e professores da escola, a realidade e dificuldade enfrentadas pela comunidade estudantil. “Nós instalamos a Câmara Municipal na Escola Abel Coelho por ser uma das maiores do nosso município. Sabemos que aqui já existe um trabalho de conscientização política entre os estudantes. Já recebemos visita de estudantes na Câmara e agora estamos fazendo o caminho inverso. Estamos muito satisfeitos com a recepção e acredito que se daqui poderão sair futuros vereadores, como é o caso do vereador Genivan Vale, ex-aluno do Abel Coelho”, afirmou o presidente da Câmara, Francisco José Júnior.

A professora Iratelma Pereira ocupou a Tribuna para falar sobre o trabalho de conscientização política que faz com seus alunos, já tendo levado os alunos para visitar a sede do Poder Legislativo para acompanhar o trabalho dos vereadores. A professora também relatou algumas das dificuldades enfrentadas pelos alunos e servidores da Escola, como a violência e a deficiência do transporte público coletivo, que obriga os estudantes a saírem das aulas antes do término para não perder o ônibus.

O vereador Genivan Vale compartilhou com os alunos, professores e servidores da Escola Abel Coelho, sua emoção em voltar à escola, na condição de vereador, e ressaltou que sua história pode ser repetida por algum dos estudantes. O vereador Jório Nogueira também falou sobre a sua história, afirmando que já havia sido vigia da Escola Abel Coelho, e que hoje está em seu quarto mandato na Câmara Municipal de Mossoró.

A gerente de Educação de Mossoró, professora Ieda Chaves, prestigiou a primeira edição do Projeto Câmara nas Escolas e parabenizou o Poder Legislativo pela iniciativa. “A Câmara está de parabéns. Iniciativas como esta são de grande importância para a formação crítica dos estudantes”, afirmou. O Projeto Câmara nas Escolas será realizado uma vez por mês, e será realizado em instituições de ensinos públicas e privadas, contemplando também as escolas localizadas na zona rural de Mossoró.


Comando orienta assembleias nesta quinta e greve dos bancários a partir de terça (27)

O Comando Nacional dos Bancários considerou insuficiente a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (FENABAN) na quarta rodada de negociação ontem (20), em São Paulo, e decidiu orientar os sindicatos de todo o país a realizarem assembleias nesta quinta-feira (22) para rejeitar a proposta e deflagrar greve nacional a partir da próxima terça-feira (27). Uma nova negociação foi agendada com a Fenaban para sexta-feira (23), a fim de continuar as discussões. Na segunda-feira (26), novas assembleias deverão ser realizadas para definir os rumos do movimento.

Os bancos fizeram uma proposta insuficiente para seus funcionários, pois não contempla a pauta de reivindicações, o que deve levar a categoria para a greve. Em 2010, os bancários realizaram a maior greve da categoria nos últimos 20 anos, com duração de 15 dias e adesão recorde tanto em bancos públicos quanto privados. 

A proposta dos patrões inclui reajuste de 7,8% sobre os salários e as demais verbas (vale-refeição, cesta-alimentação, auxílio creche/baba, dentre outras), o que equivale a apenas 0,37% de aumento acima da inflação medida pelo INPC do período. Os bancários reivindicam reajuste de 12,8% no salário (inflação do período mais aumento real de 5%) e R$ 545 para cada uma dessas verbas.

A reivindicação dos bancários é justa em face dos altíssimos ganhos das empresas. Segundo dados do Dieese, o setor financeiro apresentou o terceiro maior crescimento na economia nacional na comparação entre o segundo trimestre de 2011 com o mesmo período de 2010. Para ter uma ideia, a intermediação financeira cresceu 4,5% no período, enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) do país atingiu 3,1%. 

Outros dados apontam no mesmo sentido. A receita de prestação de serviços (proveniente principalmente das tarifas cobradas dos clientes) acumulada pelos seis maiores bancos no primeiro semestre cresceu 13,73% em relação ao mesmo período de 2010. Foram R$ 36,4 bilhões de em 2011, contra R$ 32 bilhões em 2010.

O Brasil está numa situação econômica muito boa e o setor financeiro está ainda melhor. Mas se por um lado passamos a ser a sétima maior economia do mundo, mantemos vergonhosa posição entre os dez países mais desiguais do planeta. O caminho para mudar essa situação é distribuir renda, e isso passa por aumentos reais de salários para os trabalhadores.


Governo suspende audiência e revolta sindicatos

ELIZÂNGELA MOURA 
Do Correio da Tarde

A audiência que estava marcada para acontecer hoje entre secretários do Governo do Estado e representantes dos sindicatos de várias categorias, não foi realizada.

O encontro foi suspenso, e deixou os presidentes de sindicatos desolados diante da indefinição do Governo sobre cumprimento, ou não, do acordo feito com os trabalhadores para o pagamento do PCCR.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta e Indireta do Rio Grande do Norte (SINAI/RN) Santino Arruda, a situação está complicada e não há mais tempo para negociações. " Esse tempo já passou, e as mobilizações já começaram a acontecer em todo o Estado onde a intenção dos servidores é retomar a greve, caso os Planos não sejam implantados como foi acordado em julho, porque foi feito um acordo sem nenhum tipo de condicionamento, e essa indefinição por parte do Governo tem deixado os servidores revoltados", disse Santino Arruda.

Para a coordenadora geral do Sindicato dos trabalhadores em educação (SINTE/RN) Fátima Cardoso, não há motivo que justifique o retrocesso. "O documento assinado não condicionava a nenhum limitador, ou seja, a Lei de Responsabilidade Fiscal não pode ser usada como motivo para o descumprimento do acordo como está sendo. Essa é a razão de nossa decisão em afirmar que a quebra do acordo será o responsável pela greve. Como não existe impessoalidade, a responsável será a governadora Rosalba Ciarlini", disse. 

Já o presidente do sindicato dos técnicos administrativos do RN (SINTERN), João Luiz, diz que se até o final do dia não ocorrer uma resposta por parte do Governo, os técnicos irão votar a greve em assembleia, que já está com um indicativo previsto para o dia 3 de outubro. "Essa atitude do Governo é inadmissível. Não podemos de forma alguma aceitar que isso possa continuar acontecendo, já passou do limite, e a partir de amanhã nós já temos uma série de assembleias, onde os servidores vão decidir se retomam ao movimento grevista ou não, só depende deles, porque o Governo teve três meses de negociação e ainda continua condicionando o pagamento, coisa que as categorias não aceitam mais", destacou o sindicalista. 

Procurado por nossa equipe de reportagem, o secretário estadual de administração Anselmo Carvalho, disse que a reunião foi suspensa porque o tribunal de contas não havia mando o documento com indicadores. "Nós não recebemos o documento com os novos indicadores, e por isso não tínhamos nada de novo para conversar com os sindicatos. Quero destacar que a gente só pode fazer as coisas dentro da Lei", disse.

Ainda segundo Anselmo Carvalho, os sindicatos sabem das condições do Governo e não repassam a situação para as categorias. "Eles não estão agindo com transparência, porque sabem de nossas condições, sabem que só podemos trabalhar de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal e ainda assim não explicam para as categorias, e isso é incorreto.

De acordo com ele, caso voltem a greve, será uma questão meramente política. "Creio que não existe motivos para retorno a greve, é uma decisão precipitada e se ocorrer será por política dos próprios sindicatos", finalizou o secretário de administração.


Partido Verde reúne militância em Mossoró no próximo sábado


O Partido Verde de Mossoró realizará uma reunião com a militância municipal  no próximo sábado, a partir das 9h, no plenário da Câmara Municipal. O presidente do diretório pevista local, secretário da Cidadania, Francisco Carlos, anunciou que todos os pré-candidatos a vereador da legenda estarão presentes.

"Será uma reunião para discutirmos os rumos do partido. Não será uma convenção, mas não temos dúvida de que a juventude aguerrida do PV e os nossos militantes marcarão presença", anunciou.

Francisco Carlos é pré-candidato a prefeito de Mossoró e espera ser o escolhido para enfrentar a candidatura da oposição. "Meu nome está à disposição e o PV será forte no pleito do ano que vem", garantiu.


Associação diz que PMs se sentem 'enrolados' pelo Governo

As entidades representativas da Polícia Militar, dentre elas a Associação dos Cabos e Soldados, participaram de reunião com o secretário de Administração e Recursos Humanos, José Anselmo de Carvalho Júnior, na tarde de ontem (20). A expectativa era receber uma resposta a proposta de subsídio apresentada ao governo. Mas segundo o secretário de Administração, a proposta apresentada é impraticável e que não há uma contraproposta definida para apresentar a categoria, pedindo mais uma semana para preparar essa proposta e marcando uma nova reunião para o dia 27 de setembro.

No Dia do Soldado, 25 de agosto, a governadora garantiu que acatava as reivindicações da categoria e o subsídio seria aplicado de forma parcelada e que estava aberto o canal de negociação com a equipe econômica. Esse mesmo discurso foi reiterado no dia 07 de setembro, no Quartel do Comando Geral.

“A tropa está indignada, revoltada e não suporta mais ser enrolada. O fato do governo ainda não ter contraproposta, apesar de ter recebido a proposta de subsídio em março de 2011, demonstra uma tentativa nítida de ganhar tempo e, acima de tudo, de desvirtuar uma luta que não se resume apenas ao subsídio, mas também ao estatuto e código de ética. Nossa posição é de fortalecer o diálogo e exaurir o canal de negociação, mas as atidudes do governo tem colocado em cheque a negociação. Nos quartéis a palavra mais ouvida é a paralisação das atividades. Ontem, ratificamos que não aceitaremos que o valor do salário do soldado seja inferior a R$ 3.500”, afirma o Cabo Jeoás, presidente da ACS PM/RN.


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Governo e Judiciário voltam a se estranhar no RN

O Governo Rosalba Ciarlini (DEM) se sentiu contrariado ao receber do Poder Judiciário uma proposta orçamentária maior do que a executada em 2011. O Executivo queria que o Tribunal de Justiça subdimensionasse a sua expectativa de receita de modo a ajudar na economia geral que o Estado pretendia fazer. O TJ não atendeu e mandou a proposta diante daquilo que vai precisar para poder funcionar a contentol. O Estado, então, reagiu e enviou além da proposta original do Tribunal uma alternativa para que os deputados da Assembleia Legislativa apreciassem. Trocando em miúdos: jogou a batata quente nas mãos dos parlamentares. Na tarde de hoje, essa batata já começou a assar.

A presidente do TJ, desembargadora Judite Nunes, reuniu uma equipe de desembargadores e foi pressionar os deputados. Ela explicou aos deputados que o Judiciário vai precisar de mais R$ 113 milhões em cima do orçamento deste ano. As justificativas são plausíveis: neste ano de 2011, o orçamento já se esgotou no início de setembro, precisando de suplementações para que a Justiça não parasse. Além disso, o TJ pretende fazer concurso para juiz. Hoje, há pelo menos 100 vagas necessárias para cobrir todas as comarcas do Estado, especialmente as do interior.

Essa não é a primeira vez que Executivo e Judiciário se estranham. E pelo jeito, a relação não tem data para melhorar.


Juiz condena presidente estadual do PP em esquema de corrupção

O juiz Ivanaldo Bezerra condenou sete pessoas envolvidas em um esquema de corrupção no Detran durante o ano de 2002, nas gestão do então governador Fernando Freire.

Foram punidos com prisão o presidente estadual do PP, Sérgio Andrade, o procurador do Estado Welbert Accioly, o ex-diretor do Detran Valter Sandi, o ex-diretor Administrativo do órgão, Antonio Patriota, Jaelson de Lima, Rogério Jussier Ramalho e o ex-coordenador Financeiro Joumar Batista Câmara. Eles são acusados de integrarem um esquema de corrupção no Detran com fraudes em processos licitatórios.

Os sete foram condenados por peculato, falsidade material, falsidade ideológica e inexegibilidade indevida de licitação, entre outros crimes. No caso de Sérgio Andrade ele foi condenado a 9 anos e seis meses de reclusão e 4 anos e 10 meses de detenção.

Fonte: Blog Panorama Político/jornalista Anna Ruth


Polícia Civil marca audiência para esta quarta e ameaça nova greve

Os diretores do SINPOL/RN se reúnem com a cúpula do Governo do Estado às 10h desta quarta- feira (21). O encontro acontece em resposta a um pedido formulado pelo sindicato, através de ofício, e contará com os secretários do Gabinete Civil, Planejamento e Administração, quando serão informados detalhadamente sobre o descumprimento de várias cláusulas do Acordo firmado no Tribunal de Justiça. 

A presidente do SINPOL/RN, Vilma Marinho, observa que esta reunião é de extrema importância, já que o fechamento da folha de pagamento sem a previsão da 1ª parcela do acordo judicial trouxe grande transtorno à categoria, e a audiência com a cúpula do governo terá como objetivo principal tratar desse ponto, além dos demais constantes no termo.

A diretora jurídica do SINPOL, Renata Pimenta, adianta que aproveitará o ensejo para cobrar posicionamento do governo do estado quanto à convocação dos 509 concursados da polícia civil, além de apresentar outros problemas que surgiram nos últimos tempos, como fechamento das delegacias no período noturno.

Diante disso, a diretoria do SINPOL/RN já convocou toda a categoria para uma assembleia extraordinária a ser realizada no mesmo dia, às 18h, no auditório de sua sede, em Cidade Alta. Na ocasião, os agentes e escrivães receberão todas as notícias trazidas dessa reunião.


Tribunal Regional Eleitoral cassa prefeito e vice de Icapuí

De no blog A Cidade de Icapuí (www.acidadedeicapui.com.br):

Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) cassou, na tarde de ontem, o mandato do prefeito do município de Icapuí, a cerca de 200 quilômetros da Capital, José Edilson da Silva (PSDB), conhecido como Irmão Edilson, e do vice, Heverton Costa Silva. O Tribunal julgou procedente Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) por abuso de poder político e econômico, proposta em dezembro de 2008, pelo deputado estadual Dedé Teixeira (PT) e o advogado Orlando Rebouças, candidatos a prefeito e vice nas eleições de 2008. Da decisão, ainda cabe recurso.

O relator do caso, juiz Raimundo Nonato, votou pela cassação do prefeito e vice e foi acompanhado pelos demais integrantes da Corte Eleitoral, o jurista Cid Marconi, a desembargadora Iracema do Vale, o juiz federal João Luís Nogueira Martins e o juiz de direito Heráclito Vieira de Sousa Neto. Com a decisão, o presidente da Câmara Municipal da cidade assumirá o cargo de prefeito, após a publicação da decisão no Diário Oficial da Justiça Eleitoral e enquanto não é realizada nova eleição, de acordo com a lei orgânica de Icapuí.

O Pleno do TRE-CE confirmou o entendimento do Ministério Público Eleitoral no Ceará (MPE/CE). O objeto da AIME foi a alegação de abuso de poder político e econômico por parte do prefeito Irmão Edilson que, enquanto prefeito de Icapuí, contratou 484 servidores públicos temporários, sem concurso público e sem qualquer critério de seleção, no primeiro semestre eleitoral de 2008, com o objetivo de beneficiar a sua candidatura à reeleição. Irmão Edilson venceu a eleição por 269 votos.

Em seu voto o relator, juiz Raimundo Nonato citou relatório do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) que narrou desvios de recursos da ordem de quase R$ 600 mil do Instituto de Previdência dos Servidores de Icapuí (Icaprev) para saldar a folha de pagamento de servidores contratados fora do período eleitoral. “Restou configuradas contratações irregulares e tendenciosas, que não se revestiram da real demonstração de necessidade do serviço público”, afirmou.

Para o advogado do deputado Dedé Teixeira, André Costa, “o TRE-CE corretamente e seguindo a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, reconheceu a existência do abuso do poder econômico entrelaçado com o abuso do poder político por causa da contratação de 484 servidores temporários através de 683 contratos celebrados, sem qualquer justificativa legal, no período pré-eleitoral, com potencialidade de desequilibrar a disputa eleitoral em outubro de 2008.”


Cláudia Regina cobra Correios sobre constantes atrasos


A vereadora Cláudia Regina apresentou requerimento à direção dos Correios, solicitando informações sobre as medidas adotadas pelo órgão, para melhorar o atendimento ao público, especialmente no seu setor de distribuição, que atualmente funciona em duas agências, localizadas no Centro e no bairro Boa Vista. O atendimento dos Correios junto à população tem sido motivo de constantes reclamações em todo estado. Em Mossoró, esse número tem sido alarmante.

É fácil encontrar um cidadão com alguma reclamação contra a autarquia. Diariamente são vistas muitas pessoas que foram obrigadas a deixar suas casas para procurar suas correspondências nos setores de distribuição das agências. Essa situação se agrava com a greve da categoria: hoje apenas 35% dos serviços oferecidos pelos correios na cidade estão em funcionamento.

"Além do piso R$ 1.635,00 os grevistas reivindicam a contratação de novos funcionários, pois o número atual é insuficiente para atender a toda população, gerando uma grande sobrecarga e consequentemente queda na qualidade do serviço”, disse a vereadora.

Segundo informações da direção dos Correios, a cidade de Mossoró conta com um total de 58 carteiros, o que equivale a uma média de um carteiro para um grupo de mais de 4 mil residentes.


PMDB estará com Fafá para onde ela for

Um aspecto importante foi pouco difundido pela mídia depois do encontro do PMDB na última sexta-feira. É que o partido está fechado com a prefeita Fafá Rosado e é com ela que a legenda continuará andando e com quem firmará aliança para 2012.

Por que o blog chegou à essa conclusão? Ora, caro leitor, o PMDB é da base de Fafá, tem nos seus quadros alguns dos principais auxiliares e ontem recebeu o líder da sua bancada, o vereador Claudionor dos Santos.

Além disso, o Democratas, partido de Fafá, que é também o partido da governadora Rosalba Ciarlini, acena com a possibilidade de abrir espaço na chapa majoritária para o PMDB. Portanto, o último lugar aonde o PMDB estará em 2012 é ao lado da oposição. Ele vai estar com Fafá para onde Fafá for e disso não tenho a menor dúvida.


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Larissa tem menor intenção de votos do que em 2008 e ainda comemora?

Está dada a explicação para a publicação de uma pesquisa “exclusiva” por parte de um blog local, cujo titular vive atolado em dívidas com a Justiça. Só para lembrar: uma pesquisa custa mais de R$ 15 mil, portanto, dinheiro que o tal blogueiro garante que não tem quando é hora de pagar as dívidas de quem o cobra. Pois bem. O motivo para a publicação da tal pesquisa é a queda brusca que a candidatura de oposição enfrenta. Ora, caro leitor, faz quanto tempo que a candidata Larissa Rosado é o nome do PSB para a disputa? Desde 2008. Apesar disso, ela não consegue disparar e nem fica a frente dos candidatos governistas somados.

A tendência do eleitorado, de acordo com pesquisas internas do grupo da prefeita Fafá Rosado, mostram que Larissa é a mais rejeitada e é a que tem menor potencial de crescimento. Ao mesmo tempo, ela nunca consegue crescer mais do que o percentual que teve em 2008 quando foi derrotada pela segunda vez seguida pelo grupo que comanda a prefeitura de Mossoró. Naquele pleito ela chegou a 37,44% dos votos. Hoje, com supostos 33% solta foguetões para mostrar que vai tudo bem.

Trocando em miúdos: a “favorita” Larissa encomendou a pesquisa com um único objetivo, que é o de tentar evitar que o descrédito em seu nome alcance ainda maiores índices. Um detalhe que a tal pesquisa não revelou é que mais de dois terços não sabem quem será o próximo prefeito. Portanto, a prefeita “de férias” não tem outro interesse na divulgação dos números a não ser o de evitar que sua candidatura naufrague antes mesmo da campanha começar.

A pergunta que o blog faz é bem simples: se Fernando Bezerra que tinha 65% em 2002 não foi para o segundo e Garibaldi que tinha 60% em 2006 perderam a eleição, por que comemorar ter apenas um terço das intenções de voto quando outras pesquisas mostram que esse número é ainda menor? Tire suas conclusões, caro leitor.


domingo, 18 de setembro de 2011

Agripino e Henrique são os únicos potiguares entre os mais influentes do Congresso

Entre os 100 "Cabeças" do Congresso, há 62 deputados e 38 senadores. Os dois partidos com maior número de parlamentares na elite são o PT, com 27 nomes, detentor de maior bancada na Câmara dos Deputados e o PMDB, segunda maior bancada, com 14. Na terceira posição em número de parlamentares está o PSDB, com 13 nomes. Do Rio Grande do Norte, estão na lista apenas o senador José Agripino e o deputado federal Henrique Eduardo Alves, o primeiro presidente nacional do DEM e o segundo líder da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados.

 Além dos "Cabeças", desde a sétima edição da série, o DIAP divulga levantamento incluindo na publicação um anexo com outros parlamentares que, mesmo não fazendo parte do grupo dos 100 mais influentes, estão em plena ascensão, podendo, mantida essa trajetória, estar futuramente na elite parlamentar.

Do Rio Grande do Norte, na lista dos parlamentares em ascensão apenas a deputada federal Fátima Bezerra (PT).

Para ver a lista completa dos 100 parlamentares mais influentes, clique NESTE LINK.

Para ver os influentes em ascensão, clique NESTE LINK.


sábado, 17 de setembro de 2011

Presidente nacional do PMDB lança chapa Alex/Ruth para 2012


"Eu acho que já tenho a chapa: Alex (prefeito) e Ruth Ciarlini (vice)". A proposta partiu do presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp, ao discursar no Encontro regional do partido nesta sexta-feira (16/09), no auditório do Garbos Hotel.

Implicações políticas e jurídicas à parte, Valdir Raupp fez um apelo ao DEM para encampar a sua proposta, tendo o PMDB na cabeça de chapa. "Chegou a hora aqui em Mossoró de se lançar um candidato a prefeito pelo PMDB e o vice do DEM", defendeu o dirigente peemedebista.

Para Valdir Raupp, a chapa Alex-Ruth Ciarlini seria um tipo de compensação ao PMDB pelo partido ter apoiado a eleição da governadora Rosalba Ciarlini, sem nada pedir em troca aos democratas.

Já o presidente estadual do PMDB, Henrique Alves, foi mais comedido. Referiu-se a declaração de Raupp como um "abacaxi pra descascar". Evitou falar em nomes, mas afirmou está na torcida pela presença do PMDB na chapa majoritária.

- Torço, sim, para a presença do PMDB nessa chapa - enfatizou Henrique Alves, defendendo a união entre os partidos aliados, em torno da definição de uma chapa que seja forte, e que tenha amplas condições de sair vencedora na eleição de 2012.

Deu no blog do Gutemberg Moura: www.gutembergmoura.com.br


Tudo de ruim mandam para Mossoró

Depois desse presídio federal  que construíram em Mossoró tudo de ruim mandar para cá agora. Como se não bastasse Fernandinho Beira-Mar e Cia. LTDA, agora vieram 16 presos que estavam em Alcaçuz, um presídio estadual. Ora, caro leitor, como entender que esses caras que teriam mandado tocar fogo em seis ônibus na capital não irão agir daqui? Deveriam ter mandado para o Paraná, Rondônia. Logo aqui para nós?

Veja abaixo a listas das "peças boas":

Lázaro Luiz de França - Márcio de Souza Vítor - Edson Gonçalves de Macedo - Carpinely Silva Lourenço - Alexandro Teodósio da Silva Pessoa - Elias Ferreira de França - Severiano dos Ramos Feliciano Simão - João Maria Silva de Oliveira - Vandeílson Xavier de Araújo - Márcio César Corsino Freire - Nelrivan Rodrigues Medeiros - Alexandre Thiago Silva da Costa - Gilberto Lopes de Moura - Josenildo Augusto da Silva - Francisco Jackson Oliveira Lucena - Bruno da Silva Reis


Casa de Saúde Dix-sept Rosado/Apamim a um passo da intervenção judicial

DENISE SANTOS
Do Correio da Tarde

O juiz da 2ª Vara do Trabalho de Mossoró, Dario de Aguiar Filho, decidiu em favor da Ação Civil Coletiva ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho, onde é enfocada a situação de inadimplência e dificuldade econômica financeira da Associação de Assistência e Proteção a Maternidade e a Infância de Mossoró - Apamim. No despacho o juiz atesta que há comprovação do descumprimento e inobservância, por parte da Apamim, de obrigações trabalhistas e descumprimento de Termos de Ajustes de Conduta (TAC).

A justiça comprovou ainda a existência de responsabilidades perante a Justiça Federal e também de ações em curso perante a Justiça Estadual, constante de levantamento que totalizam débitos da ordem R$ 6.162.978,29 (Seis milhões cento e sessenta e dois mil, novecentos e setenta e oito reais e vinte e nove centavos). "Presente essa peculiaridade, esse Juízo empreendeu a abertura de canais que viabilizassem o conhecimento do caso a quem ao final incumbe à administração e a solução da difícil situação da saúde pública, a administração do município de Mossoró e do Estado do Rio Grande do Norte", diz o despacho. 

O documento expedido com a data de ontem 15 de setembro de 2011, determina que no prazo de 15 dias o Município e o Estado informem a justiça "... de forma detalhada a totalidade de partos realizados a cada mês no Hospital Maternidade Dix-sept Rosado, de outras intervenções cirúrgicas, de atendimentos em UTI, bem como de outros esclarecimentos que se afiguram como relevantes quanto ao funcionamento da entidade hospitalar e que indique o nome de um representante da secretaria de saúde e dois técnicos especializados em gestão hospitalar, para eventual composição de uma Comissão Especial de Acompanhamento e Assessoramento do interventor e, por último, o nome de um especialista em administração hospitalar de unidade de grande porte, apara eventual desempenho da função de administrador judicial".

 O documento expedido pela justiça pede intima ainda o Coronel Comandante do Hospital da Polícia Militar de Mossoró, Erasmo Firmino da Silva pedindo que o mesmo indique um nome de algum oficial médico com experiência em administração de entidade hospitalar de grande porte para auxiliar na busca de soluções para o problema da Apamim. Para Luiz Avelino, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Laboratórios e Pesquisas e Análises Clínicas, Casas e Cooperativas de Saúde, Hospitais Particulares e dos Técnicos em Radiologia de Mossoró (Sintrahpam), o despacho representa uma grande vitória para a categoria que há quase 10 anos tem seus direitos trabalhistas descumpridos.

"Essa ação civil coletiva foi bastante positiva por que a justiça reconheceu as ilegalidades cometidas pela direção da Casa de Saúde Dix-sept Rosado com seus funcionários. Acreditamos que essa auditoria que será feita por essa comissão será a redenção dos trabalhadores. Consideramos que os problemas da Apamim são meramente administrativos e precisam urgentemente de solução", disse Luiz Avelino. De acordo com o procurador do Trabalho de Mossoró, Gleydson Gadelha, a ação civil coletiva decorre de uma investigação realizada na Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e a Infância de Mossoró, Apamim, sobre irregularidades trabalhistas e os freqüentes atrasos no cumprimento da folha de pagamento daquela instituição.

 A ação foi motivada por denúncias dos funcionários à Associação que alegam atraso no pagamento e nas férias da categoria. Em julho, uma liminar pedia o afastamento da direção da Casa de Saúde e ainda requeria o não atraso dos salários e verbas trabalhistas; a nomeação de um gestor especializado para o cargo.

 O documento exige ainda que a nova direção também apresente à Justiça um relatório preliminar com toda a situação financeira do estabelecimento e ainda arrecadar todos os livros da entidade. Na tentativa de analisar a situação trabalhista dos servidores, exige também uma análise da situação de cada empregado.