terça-feira, 28 de junho de 2011

Greve dos professores completa dois meses nesta terça-feira

A greve dos professores do Estado completa hoje dois meses. A categoria foi a primeira das dez que estão em greve a paralisar as suas atividades.

Em 28 de abril, os professores decidiram entrar em greve por conta do não-pagamento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários aprovado pela Assembleia Legislativa.

Em assembleia realizada ontem à tarde, a decisão foi a de permanecer com o movimento, não-obstante a ameaça de corte no ponto já para a folha deste mês.

Além dos professores da rede estadual de ensino, também estão em greve os professores da Uern, técnicos da Uern, técnicos da Tributação, Detran, Emater, Idiarn, Polícia Civil, dentre outras.

Um comentário:

Anita disse...

Infelizmente temos um governo que não esta nem aí para a juventude. Imagine se cortar o ponto os professores não pagam a greve. Veja o descaso dessa Governadora..vamos boicotar os candidatos do DEM em 2012.