terça-feira, 28 de junho de 2011

Câmara Municipal de Mossoró produziu mais no primeiro semestre de 2011

A produção legislativa da Câmara Municipal de Mossoró aumentou neste quinto período legislativo, encerrado na manhã de hoje (28), em relação ao período anterior. Foram 2.303 proposições apresentadas pelos vereadores mossoroenses entre fevereiro e junho de 2011 contra 1.676 entre agosto e dezembro de 2010. Entre as proposições apresentadas, foram 99 projetos de lei, 3 projetos de resolução, 32 projetos de decreto legislativo, 336 requerimentos e 1833 indicações. Também foram realizadas seis audiências públicas e três sessões solenes.

O vereador mais atuante foi o próprio presidente da Casa, que apresentou um total de 242 proposições. Em segundo lugar foi o vereador Lahyre Rosado Neto, com 230 proposições. A vereadora Cláudia Regina ficou em terceiro lugar no número de proposições apresentadas. 228 no total. Em seguida aparecem Flávio Tácito (217), Maria das Malhas (211), Genivan Vale (203), Ricardo de Dodoca (191), Manoel Bezerra (186), Zé Peixeiro (179), Claudionor dos Santos (162), Jório Nogueira (107), Chico da Prefeitura (98) e Daniel Gomes (49).

O presidente da Casa, vereador Francisco José Júnior se mostrou contente com os números, e agradeceu aos colegas pelo desempenho, que resulta em uma Câmara mais atuante e em melhorias para a população de Mossoró, inclusive da zona rural. “A Câmara Municipal de Mossoró nunca foi tão atuante. O fato das sessões estarem sendo transmitidas ao vivo pela TV aberta influenciou nesses números, mas acredito que o grande mérito é da maturidade política e do compromisso dos meus colegas para com a população de Mossoró. Nós realizamos audiências públicas para debater problemas de vital importância para a sociedade, como a insegurança, como a geração de emprego e renda através da Estrada do Cajueiro ou da atuação da Petrobras. Além disso, apresentamos indicações, requerimentos e projetos de lei buscando melhorias para a nossa cidade como um todo”, afirmou Francisco José Júnior.

O recesso parlamentar teve início nesta quarta-feira (29) e os trabalhos serão retomados no dia 02 de agosto. Para o próximo período, o presidente da Câmara de Mossoró planeja colocar em prática os projetos “Câmara nas Escolas” e “Câmara nos Bairros”.


2 comentários:

Anônimo disse...

O difícil mesmo é encontrar as lei municipais!

Anônimo disse...

Na capital do Rio Grande do Norte, a população revoltada contra os políticos que nunca fizeram nada, nem vão fazer, saíram às ruas para protestar contra a prefeita de Natal, cujo nome é Micarla, mas tem o apelido carinhoso de “borboleta”. De acordo com informações do correspondente de G17, que está em Natal, os manifestantes, usando inseticidas, fecharam as principais avenidas de Natal para pulverizar o ambiente e pedir a renúncia da borboleta da prefeitura.

Além das manifestações nas ruas de Natal, a juventude natalense montou também acampamento no prédio da Câmara Municipal daquela cidade. Um estudante que participa dos protestos disse que a Casa Legislativa nunca teve serventia, mas desta vez servirá para abrigar as pessoas que acampam no local. O acampamento desfruta de alta tecnologia, com internet wi-fi e transmissão em tempo real da movimentação pelo twitcan.

Procurada pela reportagem de G17, a borboleta voou e não quis dar entrevista.

A Polícia Militar foi chamada para intimidar os manifestantes, mas nada puderam fazer uma vez que o armamento dos policiais do RN serve apenas de enfeite, pois estão enferrujados e não tem munição.