terça-feira, 31 de maio de 2011

Proposta não atende expectativas e greve geral na Uern é decretada

Não adiantou a proposta enviada de última hora pelo Governo do Estado para tentar evitar a greve de professores e servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). As assembleias de ambas as categorias acabam de decretar a paralisação por tempo indeterminado.

Agora são oito categorias em greve: professores da rede estadual, professores da Uern, técnicos da Uern, Polícia Civil, Detran, Idema, Emater e Fundação José Augusto.

Veja cobertura completa na edição de hoje do CORREIO DA TARDE, a partir das 14h30, nas bancas.

Um comentário:

Anônimo disse...

É, LAMENTÁVEL!!!!!!