segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Vereador Lahyre Neto “esqueceu” a crise da Casa de Saúde Dix-sept Rosado

O vereador de primeiro mandato Lahyre Neto (PSB) tem se notabilizado por posições radicais contra a administração municipal. Membro da oposição, bota defeito em tudo, o que aliás é uma prática antiga da política. Lahyre Neto apenas dá continuidade à história do seu grupo político.

A deputada Sandra Rosado (PSB), desde que perdeu a campanha pela prefeitura em 1996 por 31 mil votos de maioria, para a hoje governadora Rosalba Ciarlini (DEM), aumentou o tom das críticas aos adversários, chegando bem próximo da insanidade política.

A oposição radical feita pelo seu grupo é tão forte, e por vezes sem propósito, que utiliza uma TV Educativa para fazer proselitismo diariamente, mesmo que isso vá de encontro à política de concessão das televisões educativas.

Essa mesma oposição radical, feita cegamente e na maioria das vezes sem qualquer compromisso com a verdade, “esquece” de olhar para o próprio rabo. O vereador é um exemplo disso. Ele bota defeito em todo o sistema de saúde municipal. Para ele, nada funciona, mesmo que as UPAs salvem vidas diariamente, que a cidade pague com recursos próprios plantões de médicos em várias especialidades – inclusive na Casa de Saúde Dix-sept Rosado, controlada pela sua família com mão-de-ferro.

Ora, caro leitor, o vereador está se utilizando da velha máxima do “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”. A Dix-sept Rosado, mal administrada e enfrentando sérios problemas financeiros, está praticamente inviabilizada. E de quem é a culpa? O vereador bem que poderia responder a essa pergunta. Ou será que ele vai dar de ombros e fingir que não é com ele?





2 comentários:

AlexandreRego disse...

Pedro, Acho que tem um pequeno erro na maioria de Rosalba sobre Sandra Rosado em 1996. A maioria foi de 31.289 e nao 31 como aparece no texto.

Pedro Carlos disse...

Caro Alexandre. Já corrigi. Foi um lapso de digitação. Muito obrigado pela correção. Volte sempre a este endereço. Grande abraço!