segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Alerta: barragens de Santa Cruz e Assu já estão com 70% da capacidade

A avaliação feita pela Defesa Civil do Rio Grande do Norte constatou que as barragens Armando Ribeiro Gonçalves no município de Assu (foto) e Santa Cruz, em Apodi, atingiram 70% da capacidade de armazenamento, faltando 4,5 metros para atingir o primeiro sangradouro.

A situação é de alerta vez que as duas barragens poderão sangrar com a ocorrência de 700 milímetros de chuva. Em Apodi, a Defesa Civil constatou risco de inundação, no caso de transbordamento da barragem, nos distritos de Caboclo, Caraforça, Carpina, Várzea de Salina, Várzea da Carreira, Trapiá I e II, Bamburral, Cipó e Baixa Faixada I e II. Em Apodi existem 12 mil pessoas morando em áreas de risco, segundo a COMDEC.

Nas regiões visitadas, a Defesa Civil constatou problemas que podem contribuir para as inundações. Para corrigi-los, o Governo do Estado está notificando as autoridades responsáveis, prefeituras, órgãos da União e do próprio Estado. Em Apodi, é preciso desassorear os rios Apodi e Umari, retirar entulhos, sedimentos, lixo e outros detritos para repor a capacidade de vazão.

No município de Ipanguaçu, a Defesa Civil constatou erosão na parede externa da barragem do Pataxó, defeito nas comportas, impossibilitando sua abertura para dar vazão às águas e elevado nível das águas.

Em Assu foi constatado erosão na parede externa da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o que mostra a falta de manutenção, riscos de inundação e isolamento nos bairros Lagoinhas e comunidades de Linda Flor, Santo Antonio, Martins, Estevão e Ilha Forte, favela Belo Horizonte.

A Defesa Civil também constatou risco de inundação em cidades que margeiam o rio Piranhas, como Carnaubais, Pendências, Itajá, Alto do Rodrigues, Ipanguaçu, Macau e Porto do Mangue.

Nenhum comentário: