quinta-feira, 17 de setembro de 2009

MP de Mossoró esclarece acidente envolvendo pintor

Em virtude do acidente registrado na sede da Promotoria Regional de Justiça de Mossoró, o Ministério Público informa que o operário Steffeson Freitas das Neves, 22 anos, foi internado no Hospital Tarcísio Maia e não corre riscos. Ele sofreu uma descarga elétrica na perna direita, enquanto retocava a pintura da fachada do prédio, no momento em que o andaime que usava tocou na rede de energia.

Mês passado, a empresa responsável pelo serviço, Araújo Oliveira, contratada pelo Ministério Público, foi chamada para pintar a frente do prédio. Na ocasião, os engenheiros do Ministério Público solicitaram à Cosern o desligamento da rede de energia, exatamente para evitar acidentes. Desta vez, a empresa foi fazer o retoque sem comunicar à Promotoria Regional, que por sua vez, não teve como tomar a medida preventiva de pedir o desligamento da rede de energia elétrica.

Em uma das cláusulas do contrato firmado entre o Ministério Público e a empresa Araújo Oliveira, está estabelecido que contratada “é responsável pelos danos de qualquer natureza que venham a sofrer seus empregados e terceiros em razão de acidente, de ação ou omissão, dolosa ou culposa, de prepostos da contratada ou quem em seu nome agir”.

Apesar disso, o Ministério Público está prestando toda a assistência ao operário, inclusive destacou um servidor para ficar à disposição da família e atender qualquer necessidade. O funcionário da Promotoria Regional já conversou pessoalmente com o operário, que deve permanecer internado sob cuidados médicos.

Nenhum comentário: